Arquivo diário: 13/03/2015

Spurs (40-24) vs Cavaliers (42-25) – Vacilo fatal

assinatura SA Br''125×128 

A sequência de seis triunfos do San Antonio Spurs acabou da forma mais amarga possível. Os atuais campeões foram derrotados pelo Cleveland Cavaliers, na prorrogação, por 128 a 125, nesta quinta-feira (12), no AT&T Center. Em jogo com “pegada” de playoff, a equipe da casa jogou fora uma vitória quase certa no tempo regulamentar e assistiu Kyrie Irving bater o seu recorde de pontos na carreira e comandar a virada dos visitantes. Vamos aos destaques:

Spurs vs Cavaliers 3/12/15

Parker e Irving travaram um duelo à parte. No fim, melhor para o visitante (NBAE/Getty Imagem)

Um grande jogo 

Foi um prato cheio para o fã de basquete. Duelos entre Kawhi Leonard e LeBron James, Tony Parker e Kyrie Irving e, sobretudo, do jogo coletivo do alvinegro contra o individualismo dos visitantes, garantiram o espetáculo em quadra, que foi marcado pelo equilíbrio. Com a pontaria certeira, chutando perto da casa dos 60%, os donos da casa mantiveram, por quase todo o segundo tempo, uma curta vantagem na casa dos sete pontos. Porém, graças a uma noite inspirada de seu armador, o Cavs reagiria, e o duelo só seria definido nos segundos finais…

Spurs vs Cavaliers 3/12/15

Kawhi esteve inspirado, mas falhou no final (NBAE/Getty Images)

Do céu ao inferno em dois lances-livres

Um lance-livre. Foi o que separou o Spurs da vitória no tempo regulamentar e Leonard de uma atuação praticamente perfeita na noite desta quinta-feira. Inspirado, o camisa #2 fez uma ótima marcação em LeBron durante o jogo e saiu de quadra beirando um triple-double, com 24 pontos (7-13 FG e 5-10 3PT), dez rebotes e sete assistências. O lance capital, que alteraria as manchetes do dia seguinte, viria no minuto derradeiro: com o alvinegro liderando por três pontos e restando três segundos no relógio, o ala tinha dois lances-livres à sua disposição, precisando converter apenas um para deixar o jogo em duas posses de bola e comemorar o triunfo. Mas, para tristeza do AT&T Center, o jogador desperdiçou os dois arremessos e viu, na sequência, Irving converter um tiro de três no estouro do cronômetro e forçar a prorrogação.

Sobrenatural

Assim podemos definir a atuação de Irving na noite de 12/03/2015 no AT&T Center. Nem Tony Parker nem Danny Green conseguiram segurar o armador adversário, que esteve imparável e foi o coração do ataque do Cavs. Após empatar o jogo e sair do tempo regulamentar com 43 pontos, o astro anotou mais 14 na prorrogação e bateu seu recorde na carreira, fechando a partida com incríveis 57 pontos (20-32 FG e 7-7 3PT).

James também veio quente para o tempo extra: com Leonard pendurado com cinco faltas, o camisa #23 do Cavs foi perfeito nos cinco minutos derradeiros, anotando oito dos seus 31 pontos na partida na parcial e brecando qualquer chance de reação dos atuais campeões.

Pontos positivos

A vitória não veio, mas parece que o elenco da equipe de San Antonio vai, finalmente, reencontrando o seu bom e velho basquetebol. Parker mais uma vez foi preciso nos arremessos de média distância e agressivo nas infiltrações, saindo de quadra como cestinha do Spurs, com 31 pontos (15-23 FG) e seis assistências. Tim Duncan também brilhou, acertando sete de seus dez arremessos que executou no jogo, garantindo 18 pontos, além de pegar dez rebotes, distribuir seis assistências e dar quatro tocos. Já Green chegou aos 24 pontos. Ao final do jogo, o técnico Gregg Popovich lamentou as chances desperdiçadas e a derrota, mas tratou de exaltar outra boa atuação do time:

“Tivemos duas ou três chances para fechar o jogo, mas não conseguimos. Derrota decepcionante, mas é (apenas) um jogo e vamos nos recuperar”, afirmou Pop, que já pensa no duelo com o Minnesota Timberwolves, no domingo à noite, mais uma vez em San Antonio.

 Destaques da partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 31 pontos, 5 rebotes e 6 assistências

Kawhi Leonard – 24 pontos, 10 rebotes e 7 rebotes

Danny Green – 24 pontos

Tim Duncan – 18 pontos, 10 rebotes e 6 assistências

Boris Diaw – 9 pontos e 3 rebotes

Cleveland Cavaliers

Kyrie Irving – 57 pontos, 4 assistências, 4 roubos e 3 rebotes

LeBron James – 31 pontos, 6 assistências e 5 rebotes

Tristan Thompson – 12 pontos e 9 rebotes