Spurs (40-23) vs Raptors (38-26) – O campeão voltou?

117×107

Na noite desta terça-feira (10), o San Antonio Spurs venceu o Toronto Raptors por 117 a 107, no AT&T Center, mesmo sem poder contar com Manu Ginobili, doente, e chegou ao seu sexto triunfo seguido, melhor marca atual da NBA empatada com a do Indiana Pacers. Com o resultado, a equipe texana ultrapassou o rival Dallas Mavericks e assumiu a sexta colocação na Conferência Oeste. Sinais de que o atual campeão enfim reencontrou o seu melhor basquete? Vamos, a seguir, aos destaques do confronto:

Mais uma ótima partida de Leonard (Reprodução/nba.com/spurs)

Comandante do show

É inegável que o bom momento do Spurs coincide com o retorno do basquete de alto nível de Tony Parker. Contra o Raptors, o armador francês atuou de maneira agressiva desde o início e deixou a quadra com 23 pontos e nove assistências. Enquanto o astro mantiver a fase positiva, a equipe texana pode sonhar com vôos mais altos no campeonato.

Parker está em boa fase (Reprodução/nba.com/spurs)

Novo astro

Outro nome importantíssimo para o bom momento no Spurs é Kawhi Leonard. Contra o Raptors, o jovem ala anotou 24 pontos, 11 rebotes e cinco roubadas de bola, igualando a melhor marca de sua carreira no último fundamento. Trata-se do quinto jogo seguido do camisa #2 com 20 ou mais pontos. Aliás, Parker e Leonard anotaram, cada um, 20 ou mais pontos nas últimas três partidas, algo que não acontecia com dois jogadores da equipe texana desde janeiro de 2013.

Histórico

Contra o Raptors, Danny Green acertou cinco dos seis arremessos de três que tentou e deixou a quadra com 19 pontos e seis rebotes. Com isso, o ala-armador chegou a 565 bolas de longa distância convertida com a camisa do Spurs, ultrapassando Sean Elliott e assumindo a quarta colocação na história da franquia. O líder é Manu Ginobili, com 1.260.

Susto

Nos minutos finais da partida, Tim Duncan teve de ir para os vestiários com dores no cotovelo esquerdo após choque com Tiago Splitter. Porém, de acordo com o técnico Gregg Popovich, a lesão não foi grave e não preocupa. Resta saber se o ala-pivô estará recuperado a tempo para o jogaço de quinta-feira, contra o Cleveland Cavaliers de LeBron James, no AT&T Center. Diante do Raptors, The Big Fundamental anotou 12 pontos e 13 rebotes.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 24 pontos, 11 rebotes e 5 roubos de bola

Tony Parker – 23 pontos e 9 assistências

Danny Green – 19 pontos e 6 rebotes

Tim Duncan – 12 pontos e 13 rebotes

Marco Belinelli – 10 pontos

Toronto Raptors

Kyle Lowry – 32 pontos, 5 assistências, 4 rebotes e 2 roubos de bola

DeMar DeRozan – 21 pontos, 4 assistências e 3 rebotes

Amir Johnson – 16 pontos, 14 rebotes e 3 assistências

Anúncios

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil, seu maior orgulho na carreira jornalística. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é redator do UOL. Cobriu o basquete olímpico na Olimpíada de 2016 pelo LANCE!. Trabalhou também para Basketeria e mob36.

Publicado em 11/03/2015, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s