Arquivo diário: 10/03/2015

Spurs (39-23) vs Raptors (38-25) – Temporada Regular

San Antonio Spurs vs Toronto Raptors – Temporada Regular

Data: 10/03/2015

Horário: 21h30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Na TV: SporTV 2

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,31 (favorito) vs Raptors 3,47

Vindo de cinco vitórias consecutivas – a última delas sobre o Chicago Bulls -, o San Antonio Spurs recebe o Toronto Raptors, que venceu apenas duas de suas últimas dez partidas, para tentar manter a boa fase. Gregg Popovich, técnico da equipe texana, deve ter todo o elenco à disposição – incluindo o ala Kyle Anderson, chamado de volta do Austin Spurs no início da semana. Os visitantes também não têm baixas previstas para o confronto.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

Confrontos na temporada (0-1)

08/02/2015 – Spurs 82 @ 87 Raptors

Mesmo sem desfalques, o Spurs começou a Rodeo Road Trip de maneira negativa ao ser derrotado pelo placar de 87 a 82 para o Raptors no Canadá. O destaque do time texano naquele confronto foi Tim Duncan, com 12 pontos, 12 rebotes e cinco assistências.

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard/Kyle Anderson

PF – Tim Duncan

C – Tiago Splitter

Fique de Olho – Enquanto não tem espaço na rotação do time de San Antonio, Kyle Anderson vem mostrando na D-League ao longo da temporada 2014/2015 que é uma aposta válida para o futuro. Em 19 jogos pelo Austin Spurs, o ala tem médias de 22,2 pontos, 9,1 rebotes e 4,9 assistências em 40,9 minutos por exibição. Na NBA, entrou em quadra 27 vezes e obteve, em média, 2,6 pontos, 2,5 rebotes e uma assistência em 12,6 minutos por partida.

PG – Kyle Lowry

SG – DeMar De Rozan

SF – Terrence Ross/Bruno Caboclo

PF – Amir Johnson

C – Jonas Valanciunas

Fique de Olho – Bruno Caboclo vive situação parecida com a de Kyle Anderson: foi draftado como projeto para o futuro. Porém, deu o azar de jogar em uma das 13 equipes que dividem a filiação com o Fort Wayne Mad Ant, da D-League e, tendo de competir por espaço com prospectos menos crus, obteve médias de 3,4 pontos e 1,9 rebotes em só 8,9 minutos por exibição nos sete jogos que fez até aqui na Liga de Desenvolvimento. Na NBA, atuou quatro vezes, apresentando, em média, dois pontos e 0,5 rebotes em 3,9 minutos por partida.