Arquivo mensal: março 2015

Spurs (47-26) @ Heat (34-39) – Temporada Regular

San Antonio Spurs @ Miami Heat – Temporada Regular

Data: 31/03/2015

Horário: 21h00 (Horário de Brasília)

Local: American Airlines Arena

Na TV: Space

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,34 (favorito) @ Heat 3,28

Depois de uma série perfeita em casa, na qual venceu Oklahoma City Thunder, Dallas Mavericks e Memphis Grizzlies em sequência, o San Antonio Spurs se solidificou na sexta posição na Conferência Oeste e já começa a sonhar com vôos mais altos. Nesta terça-feira, a equipe texana visita o Miami Heat, na reedição da final do ano passado, apenas três jogos atrás do segundo colocado. Para o duelo, o alvinegro deve ter como única baixa o ala Kyle Anderson, que segue atuando pelo Austin Spurs na D-League. O time visitante, por sua vez, tem Josh McRoberts e Chris Bosh como baixas e Shabazz Napier, Dwyane Wade, Luol Deng, Michael Beasley, Chris Andersen e Hassan Whiteside como dúvidas.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

Confrontos na temporada (1-0)

28/11/2014 – Spurs 98 vs 85 Heat

No último jogo antes da Rodeo Road Trip, o Spurs venceu o Heat no AT&T Center no primeiro reencontro oficial das duas equipes desde as finais do ano passado. Kawhi Leonard, 24 pontos, quatro rebotes, três assistências e três roubadas de bola, foi o destaque do confronto.

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – Tim Duncan

C – Tiago Splitter

Fique de Olho – Kawhi Leonard certamente tem boas memórias de duelos contra o Miami Heat, já que foi eleito o MVP das últimas finais, momento que, talvez, marcou sua solidificação como jogador mais importante do time atual. Na temporada, o ala é o cestinha do Spurs e tem médias de 16,1 pontos, 7,4 rebotes e 2,2 roubos de bola em 32 minutos por exibição.

PG – Goran Dragic

SG – Dwyane Wade

SF – Henry Walker

PF – James Ennis

C – Udonis Haslem

Fique de Olho – Diante das ausências confirmadas de Josh McRoberts e Chris Bosh e das possíveis de Chris Andersen e Hassan Whiteside, Udonis Halsem pode ter de, sozinho, segurar a bucha de conter o garrafão do Spurs. Será que ele dá conta? Na temporada, o atleta tem médias de 4,1 pontos e quatro rebotes em 15,6 minutos por exibição.

Anúncios

Spurs (47-26) vs Grizzlies (50-24) – Sai da frente!

 103×89

Na hora certa, o San Antonio Spurs tem crescido. Cada vez mais entrosado e deixando para trás as lesões que o assolaram no começo da temporada, o time segue vencendo e subindo na tabela. Jogando diante da sua torcida, passou tranquilo pelo Memphis Grizzlies, 103 a 89, neste domingo e criou fôlego para lutar bem pelas primeiras colocações da Conferência Oeste para, quem sabe, entrar na pós-temporada com mando de quadra. Com outra partida muito boa de Kawhi Leonard, o alvinegro mostrou ter o antídoto para uma das melhores defesas da NBA – e isso sem mudar seu estilo. Vamos ao que de melhor aconteceu no duelo.

Leonard foi o grande destaque da partida (Reprodução/nba.com/spurs)

De novo ele

É chover no molhado, mas Kawhi Leonard merece mais e mais elogios. O ala vem subindo de produção na hora certa e mais uma vez se saiu bem como primeira opção ofensiva, mostrando melhora cada vez mais significativa em sua seleção de arremessos. Com mais jogadas direcionadas a ele, o camisa #2 ainda mostrou evolução nos arremessos de meia distância, que vinham sendo seu ponto fraco em algumas partidas.

Tiago Splitter fez bom jogo (Reprodução/nba.com/spurs)

Jogo ganho no perímetro

Não é novidade para ninguém que o Grizzlies aposta em suas torres no garrafão para vencer jogos. O Spurs, sabendo disso, deixou que Marc Gasol e Zach Randolph fossem os melhores em quadra do adversário, se limitando a marcar muito bem o perímetro adversário. Não à toa, o ótimo armador Mike Conley saiu de quadra com 11 arremessos tentados e apenas dois convertidos. Dentro da área pintada, o alvinegro também soube marcar bem o adversário, tendo como sinal disso os quatro erros de ataque cometidos pelo pivô espanhol do oponente.

Onde estão as torres gêmeas?

Se no ataque os pivôs do time de Memphis foram bem, na defesa não se pode dizer o mesmo de Randolph e Gasol. E muito por conta da ótima atuação de Tiago Splitter. O pivô brasileiro parece cada vez mais à vontade no esquema do Spurs e, quando solicitado, tem correspondido bem no ataque do alvinegro.

Além da inteligência habitual para o corta luz e para ajudar a construir jogadas, ele ainda está indo bem ao atacar a cesta. Foram 15 pontos, com 66% de aproveitamento nos arremessos.

Tranquilidade?

O Spurs, depois de uma semana muito difícil, irá para a semana de Páscoa um pouco mais tranquilo. Viaja para a Flórida, onde enfrenta o oscilante Miami Heat e, logo depois, o inexperiente Orlando Magic. Depois disso, volta para casa para enfrentar o fraco time do Denver Nuggets, que não almeja mais nada na temporada. Fácil? Bom, então se prepare para o domingo de Páscoa: nada menos do que o líder geral da NBA, o Golden State Warriors.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 25 pontos e 10 rebotes

Tiago Splitter – 15 pontos e 8 rebotes

Tim Duncan – 10 pontos

Memphis Grizzlies

Zach Randolph – 20 pontos e 13 rebotes

Marc Gasol – 16 pontos

Spurs (46-26) vs Grizzlies (50-23) – Temporada regular

San Antonio Spurs vs Memphis Grizzlies – Temporada regular

Data: 29/03/2015

Horário: 20h00 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Cotação no Apostas Online: Spurs 2,08 @ Grizzlies 1,76 (favorito)

Com cinco vitórias nos últimos seis jogos, o San Antonio Spurs testa seu bom momento diante do Memphis Grizzlies, equipe que lidera a Divisão Sudoeste, da qual o próprio time texano faz parte. Pautado em boa defesa e jogo dentro do garrafão, o conjunto adversário sempre engrossa para o alvinegro, que joga sem desfalques. Uma vitória diante do oponente significa, além da manutenção da boa fase, confirmação da caminhada para as 50 vitórias e, mais do que isso, manutenção na luta por mando de quadra na primeira rodada dos playoffs.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

Confrontos na temporada (1-2)

05/12/2014 – Spurs 107 @ 101 Grizzlies

Em partida marcada pelo quarto triplo-duplo da carreira de Tim Duncan, os texanos souberam anular bem o garrafão adversário e saíram com o resultado positivo, mesmo fora de casa.

18/12/2014 – Spurs 116 vs 117 Grizzlies

Em jogo de três prorrogações, bolas espíritas e algumas falhas por ambos os lados, o Grizzlies conquistou a vitória em cima do Spurs, em partida realizada no Texas.

30/12/2014 – Spurs 87 @ 95 Grizzlies

Fechando um mês no qual enfrentou o Grizzlies três vezes (!!!), o Spurs fez outro jogo apertado diante do oponente, mas, jogando longe de seus domínios, acabou sucumbindo para a atuação excelente da dupla adversária Mike Conley e Marc Gasol.

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – Tim Duncan

C – Tiago Splitter

Fique de Olho – Em ascendente e cada vez mais com papel decisivo no Spurs, Kawhi Leonard será essencial para ajudar a parar o ótimo Mike Conley e, ainda, terá sua chance de pontuar diante de uma equipe que tem na marcação de garrafão seu forte defensivo.

PG – Mike Conley

SG – Tony Allen

SF – Courtney Lee

PF – Zach Randolph

C – Marc Gasol

Fique de Olho – Para muitos, o melhor pivô da NBA. Com um prêmio de melhor defensor da temporada nas costas, Marc Gasol é inteligente, sabe passar a bola e defende como poucos. No ataque, pontua muito bem e preocupa os adversários. Será, basicamente, o melhor agente livre da próxima temporada. Será que o Spurs pode ser seu destino?

Ginobili não deve disputar a Copa América

De acordo com reportagem do site americano Project Spurs, Manu Ginobili, astro do San Antonio Spurs, não deve defender a seleção da Argentina na Copa América deste ano. A competição será disputada em Monterrey, no México, entre os dias 25 de agosto e 6 de setembro, e vai dar duas vagas para a Olimpíada do Rio de Janeiro, que acontecerá em 2016.

Ginobili em ação na Olimpíada de 2016 (Reprodução/london2012.fiba.com)

Segundo o site argentino Telediario Digital, a informação da ausência de Ginobili na competição internacional foi dada por Sergio Hernandez, técnico da seleção dos hermanos.

“Ginobili não vai para Monterrey. Tenho autoridade para dizer que ele não fará parte deste torneio. Ele está atravessando uma longa temporada na NBA, e esse é um momento importante na carreira dele”, disse Hernandez, a um programa de rádio.

Esse será o segundo ano consecutivo em que Ginobili não atua pela seleção. Em 2014, ele foi desfalque após veto do Spurs e não pôde disputar a Copa do Mundo masculina.

Spurs (46-26) vs Mavericks (45-28) – Revanche

94×76

Somente três dias depois de perder para o Dallas Mavericks fora de casa, o San Antonio Spurs voltou a enfrentar o rival nesta sexta-feira (27), agora no AT&T Center, e dessa vez saiu de quadra vitorioso. Com o resultado, a série entre os texanos na temporada regular terminou empatada por 2 a 2, e o alvinegro abriu 1,5 jogos de vantagem sobre o oponente na sexta colocação da Conferência Oeste. Confira o que de principal aconteceu no duelo.

Diaw foi o destaque da partida (Reprodução/nba.com/spurs)

Gordinho saliente

Com grande eficiência nos arremessos, um ala-pivô europeu foi o cestinha de Spurs x Mavs. Mas se engana quem pensa que falo de Dirk Nowitzki. Com 19 pontos (8-11 FG, 3-4 3 PT), três rebotes e três assistências, Boris Diaw deu mais uma prova de que voltou a jogar em alto nível e foi o destaque da partida. Enquanto isso, o alemão deixou a quadra com apenas sete pontos (3-9 FG, 1-1 3 PT e 0-1 FT), cinco rebotes e quatro assistências.

Kawhi manteve a rotina de ladrão (Reprodução/nba.com/spurs)

Mãos para o alto, novinha!

Talvez o melhor jogador do Spurs na atual temporada, superando a importância do Big Three, Kawhi Leonard deixou a quadra com 12 pontos (4-13 FG, 1-4 3 PT, 3-4 FT), seis rebotes, três assistências e uma roubada de bola em 31:42 minutos. Como isso, o ala chegou a 17 partidas seguidas com pelo menos um roubo de bola. O camisa #2 do alvinegro é o líder da NBA no fundamento, com média de 2,2 por exibição.

Lesão do algoz

Um dos maiores carrascos do Spurs na temporada, Monta Ellis teve de deixar a partida mais cedo nesta sexta. Restando 6:43 para o fim do terceiro período, o ala-armador do Mavs foi para os vestiários com dor no joelho direito e não retornou mais. O astro da equipe de Dallas deixou a quadra com somente dez pontos (5-10 FG, 0-3 3 PT) em 23:07 minutos de jogo.

Sem descanso

Se engana quem pensa que a sequência de pedreiras do Spurs acabou. A equipe agora enfrenta o Memphis Grizzlies, segundo colocado na Conferência Oeste, no domingo, com transmissão ao vivo do Sports+, e o Miami Heat, que briga por uma vaga nos playoffs do Leste, na terça-feira, com transmissão ao vivo do Space. Vale lembrar que o confronto marca a reedição da última final da NBA. Não tá fácil pra ninguém, amigo!

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Boris Diaw – 19 pontos, 3 rebotes e 3 assistências

Danny Green – 14 pontos, 4 assistências e 4 rebotes

Tiago Splitter – 13 pontos, 7 rebotes e 3 assistências

Kawhi Leonard – 12 pontos, 6 rebotes e 3 assistências

Tony Parker – 12 pontos, 6 rebotes e 4 assistências

Dallas Mavericks

Tyson Chandler – 10 pontos e 14 rebotes

Monta Ellis – 10 pontos