Arquivo diário: 23/01/2015

Spurs (27-17) vs Lakers (12-31) – Temporada Regular

San Antonio Spurs vs Los Angeles Lakers – Temporada Regular

Data: 23/01/2015

Horário: 23h30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,05 (favorito) vs Lakers 10,59

Após conseguir quatro vitórias consecutivas e falhar na noite de quinta-feira, quando perdeu para o Chicago Bulls na casa do adversário, o San Antonio Spurs volta a seus domínios para enfrentar o enfraquecido Los Angeles Lakers. A equipe da Califórnia, além de estar fazendo fraca campanha nesta temporada, possivelmente perdeu seu maior astro, Kobe Bryant, por conta de uma lesão no ombro semelhante à que Patrick Mills teve em 2014.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

Confrontos na temporada (1-1)

15/11/2014 – Spurs 93 @ 80 Lakers

Os texanos viajaram até a califórnia e não tiveram dificuldades para derrotarem um dos Lakers mais fracos de todos os tempos. A partida foi marcada por mais uma marca histórica de Tim Duncan. Com seus 13 pontos na partida, o ala-pivô ultrapassou a barreira dos 25 mil na liga, entrando para um seleto grupo composto por ninguém menos do que Michael Jordan, Kareen Abdul-Jabbar, Wilt Chamberlain e também Kobe Bryant.

13/12/2014 – Spurs 110 vs 112 Lakers

O Spurs foi derrotado na prorrogação pelo Lakers em jogo eletrizante realizado no AT&T Center. Em quadra, não se viu a ampla superioridade do atual campeão, que jogou desfalcado de Kawhi Leonard (contusão na mão), mas sim a determinação de um elenco limitado, que fez sua melhor partida na temporada e que contou com uma noite “abençoada” do ala-armador Nick Young para alcançar sua sétima vitória neste campeonato.

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – Tim Duncan

C – Tiago Splitter

Fique de Olho – Após perder boa parte da temporada, Kawhi Leonard, que voltou a atuar na vitória sobre o Portland TrailBlazers, vem fazendo a diferença. Desde que pisou novamente em quadra, o ala vem mantendo ótimas médias de 16,3 pontos e oito rebotes por exibição. Com ele em ação, a franquia texana conseguiu 18 vitórias e apenas oito derrotas, um aproveitamento de 70%. Já com sua ausência, o time sofreu dez derrotas e obteve apenas sete vitórias, aproveitamento de 41%. Para efeito de comparação, caso o camisa #2 não jogasse mais neste campeonato e a equipe mantivesse realmente o aproveitamento que vem tendo até agora sem o garoto, o alvinegro não se classificaria para os playoffs mesmo se pertencesse à Conferência Leste, considerada por muitos a mais fraca da NBA.

PG – Ronnie Price

SG – Kobe Bryant/Wayne Ellington

SF – Wesley Johnson

PF – Ed Davis

C – Jordan Hill

Fique de Olho – Por conta da possível ausência de Kobe Bryant, que pode até perder todo o resto do campeonato, Wayne Ellington tem a difícil tarefa de manter o mesmo nível que o já cinco vezes campeão da NBA, o Black Mamba, apresenta. O reserva do Lakers mantém, nesta temporada, médias de 7,4 pontos e 2,8 rebotes em 19,6 minutos por jogo,

Anúncios

Spurs (27-17) @ Bulls (28-16) – Atípico

81×104

Noite para ser esquecida. Nesta quinta-feira (22), o San Antonio Spurs visitou o Chicago Bulls e, sem dar mostras do ataque envolvente que guiou a equipe texana ao título no ano passado e que voltou a aparecer neste campeonato com os retornos de Tony Parker e Kawhi Leonard, acabou atropelado pelo adversário. Confira, a seguir, os principais pontos do confronto.

Spurs não foi páreo para o Bulls (Reprodução/nba.com/spurs)

Sem criatividade

No primeiro quarto, Manu Ginobili acertou lindo passe por trás das costas para Patrick Mills converter bandeja. Acontece que foi a ÚNICA assistência do ala-armador argentino, um dos mais criativos jogadores do Spurs. O líder na estatística foi justamente o australiano, com quatro. O armador titular Tony Parker obteve apenas três. No total, foram 17 passes decisivos do time texano, contra 13 desperdícios de posse. Mostra de que a equipe não conseguiu imprimir seu envolvente ataque, cheio de passes, contra o Bulls nesta quinta.

Leonard voltou a se destacar (Reprodução/nba.com/spurs)

Dominados

Mesmo sem contar com Joakim Noah, que está machucado, o Bulls construiu boa parte de sua vitória no garrafão. A dupla titular do time da casa, formada por Taj Gibson e Pau Gasol, somou 27 pontos, 26 rebotes e seis tocos. Enquanto isso, Tim Duncan e Tiago Splitter, que iniciaram mais uma vez como pivôs do quinteto inicial do Spurs, obtiveram, juntos, dez pontos, 14 rebotes e nenhum toco. Aí fica difícil…

Antigo pesadelo…

Em meio a uma atuação irreconhecível, o Spurs, infelizmente, voltou a mostrar um defeito que os torcedores do time estão cansados de ver: o apagão no terceiro quarto. Depois de ir para os vestiários perdendo por apenas 46 a 40, o time texano sofreu 31 pontos no terceiro período, marcou apenas 20 e chegou a ver o Bulls abrir 25 pontos de vantagem. Foi ali que o técnico Gregg Popovich resolveu desistir do jogo e repousar seus principais jogadores.

Pelo menos isso!

Dois pontos positivos podem ser tirados da derrota para o Bulls. O primeiro é o descanso dado aos jogadores, já que, com a partida praticamente decidida no terceiro quarto, Pop resolveu preservar seus titulares de olho no jogo desta sexta-feira, no AT&T Center, contra o Los Angeles Lakers. Kawhi Leonard, com 27:02 minutos, foi quem mais jogou pela equipe de San Antonio. E o segundo quesito a ser comemorado foi justamente a atuação do camisa #2, que voltou a se destacar ao anotar 16 pontos e quatro rebotes contra o Bulls.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 16 pontos e 4 rebotes

Patrick Mills – 12 pontos e 4 assistências

Cory Joseph – 11 pontos

Chicago Bulls

Derrick Rose – 22 pontos, 5 assistências e 2 roubos de bola

Jimmy Butler – 17 pontos e 4 rebotes

Taj Gibson – 15 pontos, 9 rebotes e 4 tocos

Aaron Brooks – 15 pontos, 4 rebotes e 3 assistências

Pau Gasol – 12 pontos, 17 rebotes e 2 tocos

Tony Snell – 12 pontos e 3 rebotes