Spurs (20-14) vs Pelicans (16-16) – Ano novo, velho ídolo

95×93

O San Antonio Spurs começou 2015 repetindo um panorama que sua torcida está acostumada a ver desde 1997: vencendo uma partida graças a Tim Duncan. Nesta quarta-feira (31), no último compromisso do ano passado, o time texano recebeu o New Orleans Pelicans no AT&T Center e, graças a The Big Fundamental, que viveu noite histórica, superou o adversário por 95 a 93 após prorrogação. Vamos, a seguir, aos principais pontos do duelo.

Tim Duncan é uma lenda viva (Reprodução/nba.com/spurs)

Duncan decisivo

Quando Anthony Davis consertou bandeja errada de Tyreke Evans, abrindo dois pontos de vantagem para o Pelicans com uma enterrada restando apenas 0,7 segundos para o fim do tempo regulamentar, parecia que o Spurs sofreria mais uma derrota no difícil mês de dezembro. Porém, Boris Diaw cobrou o lateral após pedido de tempo de Gregg Popovich e, depois de Omer Asik bater na bola na tentativa de cortá-la, Tim Duncan contou com a sorte para acertar o tapinha que levou o jogo à prorrogação, vencida pelos texanos por 11 a 9.

Ginobili fez grande jogo (Reprodução/nba.com/spurs)

Duncan histórico

Tim Duncan deixou a quadra com 16 pontos, dez rebotes, cinco assistências e três tocos em 35:42 minutos. Com isso, o ala-pivô chegou a 14.250 rebotes na carreira, passando Walt Bellamy e se tornando o décimo maior da história no quesito, e obteve seu double-double de número 814 na carreira, empatando com Karl Malone na quinta posição de todos os tempos. Uma verdadeira lenda viva em ação!

Ajuda importante

Com Tony Parker e Kawhi Leonard machucados, Duncan precisaria da ajuda de Manu Ginobili para o Spurs vencer. E isso aconteceu! O argentino deixou a quadra com 26 pontos, sete rebotes e três assistências, sendo o cestinha do confronto. Além disso, o ala-armador foi responsável por sete dos 11 pontos da equipe texana na prorrogação.

Rotação curiosa

Por se tratar de um back-to-back, já que o Spurs havia perdido para o Memphis Grizzlies, na casa do adversário, na noite anterior, Gregg Popovich adotou uma estratégia curiosa para manter seus jogadores descansados. O técnico montou dois times: o titular teve Cory Joseph, Danny Green, Kyle Anderson, Matt Bonner e Tim Duncan, e a segunda unidade veio com Patrick Mills, Manu Ginobili, Marco Belinelli, Boris Diaw e Tiago Splitter. Assim, o treinador simplesmente trocava seus cinco atletas na metade de cada quarto, impedindo que alguém ficasse muito tempo seguido em quadra. Importante para todos suportarem a prorrogação.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Manu Ginobili – 26 pontos, 7 rebotes e 3 assistências

Tim Duncan – 16 pontos, 10 rebotes, 5 assistências e 3 tocos

Marco Belinelli – 10 pontos e 2 roubos de bola

New Orleans Pelicans

Anthony Davis – 21 pontos, 12 rebotes e 4 roubos de bola

Ryan Anderson – 18 pontos e 11 rebotes

Tyreke Evans – 15 pontos, 3 assistências, 3 rebotes e 2 roubos de bola

Anúncios

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil, seu maior orgulho na carreira jornalística. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é redator do UOL. Cobriu o basquete olímpico na Olimpíada de 2016 pelo LANCE!. Trabalhou também para Basketeria e mob36.

Publicado em 01/01/2015, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. Meu Deus como edificil esta temporada kk, felizmente conseguimos sair com a vitória.Tim Duncan é uma lenda, ele realmente não tem limites.
    Go Spurs

  1. Pingback: Spurs (20-14) vs Wizards (22-10) – Temporada Regular | Spurs Brasil

  2. Pingback: Spurs (55-26) vs Pelicans (39-42) – Temporada Regular | Spurs Brasil

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s