Spurs (19-13) vs Rockets (21-8) – Mills e Green

110×106

Luz no fim do túnel para o San Antonio Spurs! A equipe alvinegra, que triunfou em apenas três dos seus últimos dez jogos, venceu neste sábado (27) o difícil clássico texano contra o Houston Rockets por 110 a 106, no AT&T Center, mesmo sem contar com os lesionados Tony Parker e Kawhi Leonard. Os destaques do time da casa foram a volta de Patrick Mills e a boa atuação de Danny Green. Vamos, a seguir, aos principais pontos da partida.

Green voltou a ser destaque pelo Spurs (Reprodução/nba.com/spurs)

Danny Star

Ninguém tem lidado tão bem com os desfalques de Parker e Leonard e o consequente aumento da responsabilidade quanto Danny Green. Movido para a posição 3 por conta da entrada de Marco Belinelli no quinteto titular, o camisa #14 mais uma vez foi o cestinha do Spurs, anotando 24 pontos, cinco roubadas de bola, quatro rebotes e três assistências. Cada vez mais, o coadjuvante tem assumido papel de protagonista no alvinegro.

Patty, enfim, está de volta! (Reprodução/nba.com/spurs)

Patty Thrills

Enfim recuperado de uma lesão no ombro direito, Patrick Mills fez sua primeira partida na temporada neste sábado, contra o Rockets. Saindo do banco de reservas, o armador australiano atuou por 20:18 minutos e anotou oito pontos (3-8 FG, 0-4 3 PT, 2-2 FT), quatro rebotes, uma assistência e um toco, além de cinco desperdícios de posse e uma falta durante o clássico. Bem vindo de volta, Bala!

Porém…

Apesar da festa pelo retorno, Mills terá de suar bastante para recuperar seus minutos na rotação quando Parker retornar de sua lesão. Isso porque Cory Joseph faz a melhor temporada de sua carreira e, contra o Rockets, foi, ao lado de Green, um dos principais coadjuvantes do Spurs em quadra. Foram 14 pontos, seis rebotes, quatro assistências e uma roubada de bola para o armador canadense.

Big Two

Sem Parker e Leonard, o Spurs precisa, mais do que nunca, que Tim Duncan e Manu Ginobili joguem bem para que o time tenha uma chande de sair de quadra vitorioso. Durante o clássico contra o Rockets, isso felizmente aconteceu. Foram 16 pontos, oito rebotes, três assistências, três roubadas de bola e dois tocos para The Big Fundamental e 15 pontos, cinco rebotes, quatro assistências e duas roubadas de bola para o ala-armador argentino.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Danny Green – 24 pontos, 5 roubos de bola, 4 rebotes e 3 assistências

Tim Duncan – 16 pontos, 8 rebotes, 3 assistências, 3 roubos de bola e 2 tocos

Manu Ginobili – 15 pontos, 5 rebotes, 4 assistências e 2 roubos de bola

Cory Joseph – 14 pontos, 6 rebotes e 4 assistências

Houston Rockets

James Harden – 28 pontos, 5 assistências e 2 roubos de bola

Corey Brewer – 25 pontos

Dwight Howard – 24 pontos e 17 rebotes

Anúncios

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil, seu maior orgulho na carreira jornalística. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é redator do UOL. Cobriu o basquete olímpico na Olimpíada de 2016 pelo LANCE!. Trabalhou também para Basketeria e mob36.

Publicado em 29/12/2014, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s