Arquivo diário: 10/12/2014

Spurs (15-6) vs Knicks (4-19) – Temporada regular

San Antonio Spurs vs New York Knicks – Temporada Regular

Data: 10/12/2014

Horário: 23h30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Após a surpreendente derrota para o Utah Jazz, o San Antonio Spurs não tem descanso e volta à quadra para enfrentar o instável time do New York Knicks. Os comandados de Gregg Popovich enfrentarão uma das equipes de pior campanha na NBA, tendo boa chance de se recuperar do último revés e manter o foco nos líderes da Conferência Oeste. Tony Parker, poupado do último compromisso, pode ser reforço importante para o duelo.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – Boris Diaw

C – Tim Duncan

Fique de Olho – Um dos melhores jogadores do time na temporada, Tim Duncan será essencial contra um garrafão fraco e que não tem oferecido muita resistência. Chance de mais um jogo com brilho para o veterano ala-pivô, astro da equipe de San Antonio.

PG – Jose Calderón

SG – Iman Shumpert

SF – Carmelo Anthony

PF – Quincy Acy

C – Samuel Dalembert

Fique de Olho – Um dos principais cestinhas da NBA, Carmelo Anthony vive uma das piores fases de sua carreira, mas segue letal quando mal marcado. Mesmo cercado de críticas, continua capaz de comandar um ataque com facilidade. Olho nele!

Anúncios

Spurs (15-6) @ Jazz (6-16) – Derrota em Utah

96×100

O San Antonio Spurs perdeu a chance de impor a décima derrota consecutiva ao Utah Jazz, na noite desta terça-feira (9), na casa do adversário. O time texano foi derrotado pelo placar de 100 a 96, perdendo pela primeira vez em dois anos para o time de Salt Lake City. Na temporada passada, os quatro confrontos foram vencidos por Tim Duncan e companhia. Para esquecer a derrota, o time de preto e prata encara o New York Knicks nesta quarta-feira.

Duncan foi o destaque do Spurs (Reprodução/nba.com/spurs)

Não há o que falar dele

Mesmo com a derrota, o ala-pivô Tim Duncan teve mais uma daquelas atuações incríveis. O camisa 21, pelo quarto jogo seguido, conseguiu dois dígitos em pelo menos dois fundamentos. Foi quarto duplo-duplo (ou triplo-duplo) consecutivo, dessa vez com anotado 23 pontos e 14 rebotes. The Big Fundamental acertou dez arremessos em 16 tentativas, pegou quatro rebotes ofensivos e distribuiu quatro tocos. Nada mal, não é?

Enquanto isso, nada de Tiago Splitter no banco, ainda se recuperando de lesão. Além de Duncan e de Boris Diaw, outro titular, Matt Bonner e Aron Baynes foram os homens de garrafão do time. O Red Rocket fez cinco pontos o australiano, dois.

Leonard foi bem outra vez (Reprodução/nba.com/spurs)

Ausência

Desfalque sentido foi o do armador Tony Parker. Sem um substituto direto de peso, sempre que o francês fica fora do jogo, o Spurs sente a uma diminuição na produtividade. O armador reserva Cory Joseph não teve uma boa atuação, não distribuindo nenhuma assistência e anotando apenas sete pontos. Na última temporada, contra o Jazz, Parker teve médias de 20 pontos e 7,3 assistências por exibição.

Outra ausência foi a do treinador Gregg Popovich nos momentos decisivos. O técnico da equipe de San Antonio foi expulso ainda no terceiro quarto e não pôde orientar a sua equipe no fim do confronto.

Créditos

Apesar de talentoso, o time de Utah está tendo muita dificuldades nesta temporada. Esta foi apenas a sexta vitória da equipe. No entanto, as coisas se mostraram diferentes desde o princípio, quando eles conseguiram ir para o intervalo em vantagem sobre o advesário.

Normalmente, o segundo quarto sempre é o pior para o Jazz, e a segunda metade do jogo é sempre com a equipe atrás no placar. Na noite de terça, no entanto, eles conseguiram jogar organizadamente e pontuaram nas últimas cinco posses, enquanto o Spurs perdia a bola ou não conseguia mudar o placar quando a tinha a bola em suas mãos.

“Eu acho que eles foram muito agressivos. Pacientes. Eles executaram bem e foram melhores que nós em praticamente todas as facetas do jogo”, disse Gregg Popovich.

.Destaques da partida

San Antonio Spurs

Tim Duncan – 23 pontos, 14 rebotes e 4 tocos

Kawhi Leonard – 16 pontos, 5 rebotes, 5 assistências e 5 roubos de bola

Marco Belinelli – 13 pontos e 4 rebotes

Danny Green – 13 pontos

Manu Ginobili – 10 pontos e 8 assistências

Utah Jazz

Derrick Favors – 21 pontos e 8 rebotes

Gordon Hayward – 20 pontos e 7 rebotes

Alec Burks – 14 ponos e 4 assistências

Enes Kanter – 12 pontos e 15 rebotes