Spurs (13-5) @ Nets (8-9) – Fim da sequência

93×95

Na noite desta quarta-feira (3), o San Antonio Spurs voltou a sentir o gosto amargo da derrota. Após oito vitórias consecutivas na temporada, a equipe texana visitou o Brooklyn Nets e acabou derrotada por 95 a 93 na prorrogação. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Não foi o jogo que eles queriam ver (Kathy Willens/AP Photo)

Reação insuficiente

O Spurs pode tirar algo positivo da derrota para o Nets: o poder de reação. A equipe texana chegou a estar perdendo por 15 pontos de diferença no terceiro quarto, mas, com boa atuação na parte final do tempo regulamentar – especialmente no quarto período, vencido por 30 a 20 -, conseguiu levar a partida para a prorrogação. Uma pena que não foi o bastante…

Parker não fez bom jogo (Alex Goodlett/Getty Images)

Danny Clutch

Após uma primeira participação nos playoffs abaixo da crítica em 2012, quando acertou apenas 17,4% dos arremessos de três pontos na série contra o Oklahoma City Thunder, Danny Green viu surgirem dúvidas sobre seu poder de decisão. Hoje recordista em bolas de longa distância em finais de NBA, o ala-armador mostrou que deixou os questionamentos para trás.

Contra o Nets, foi dele o tiro do perímetro que empatou o jogo e o levou para a prorrogação. O camisa #14 deixou a quadra com 20 pontos, dez rebotes, três tocos e duas roubadas de bola e foi o cestinha do Spurs na partida contra o Nets.

Amassou o aro

Se Green teve bom desempenho nos arremessos (7-14 FG, 6-11 3 PT), o mesmo não pode se dizer de seus companheiros.

O Spurs converteu apenas 35,6% (36-101) dos tiros de quadra que tentou. Nem mesmo os titulares Tim Duncan (5-18), Kawhi Leonard (4-16) e Boris Diaw (0-6) acertaram a mão.

Hablas español?

Tiago Splitter e Mirza Teletovic foram companheiros de equipe no Saski Baskonia entre 2006 e 2010. Enquanto o Spurs sente falta do brasileiro, o Nets utilizou o bósnio como titular no lugar do poupado Kevin Garnett e não se arrependeu. Foram 26 pontos e 15 rebotes do ala-pivô, que deixou a quadra como cestinha do confronto.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Danny Green – 20 pontos, 10 rebotes, 3 tocos e 2 roubos de bola

Manu Ginobili – 15 pontos, 6 rebotes e 5 assistências

Tim Duncan – 14 pontos, 17 rebotes e 3 tocos

Kawhi Leonard – 12 pontos e 13 rebotes

Brooklyn Nets

Mirza Teletovic – 25 pontos e 15 rebotes

Deron Williams – 19 pontos, 9 assistências e 3 rebotes

Brook Lopez – 16 pontos, 15 rebotes, 3 assistências e 2 tocos

Bojan Bogdanovic – 14 pontos e 8 rebotes

Anúncios

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil, seu maior orgulho na carreira jornalística. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é redator do UOL. Cobriu o basquete olímpico na Olimpíada de 2016 pelo LANCE!. Trabalhou também para Basketeria e mob36.

Publicado em 04/12/2014, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 5 Comentários.

  1. O vídeo é do primeiro jogo entre os 2, está errado hehe

  2. Acho que na foto não é o Teletovic…

  1. Pingback: Spurs (13-5) @ Grizzlies (15-3) – Temporada regular | Spurs Brasil

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s