Spurs (4-3) @ Warriors (5-2) – O campeão voltou

113×100

No segundo back-to-back da temporada, o San Antonio Spurs finalmente mostrou o basquete que o levou ao título da NBA neste ano. Na madrugada de terça para quarta-feira (12), somente um dia depois de vencer o Los Angeles Clippers, a equipe texana, ainda na Califórnia, venceu o Golden State Warriors, um dos melhores times deste início de campeonato, por 113 a 100. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Tim Duncan fez história no jogo (Reprodução/nba.com/spurs)

Histórico

Por se tratar de um back-to-back, existia a expectativa de que Tim Duncan pudesse ser poupado pelo técnico Gregg Popovich. Porém, o ala-pivô não só entrou em quadra como fez história mais uma vez pelo Spurs. Ao deixar a quadra com 12 pontos, 13 rebotes, três assistências e duas roubadas de bola, The Big Fundamental chegou à marca de 14 mil ressaltos coletados na história da NBA, se tornando apenas o 11º jogador a atingir essa marca.

Parker levou a melhor sobre Curry (Reprodução/nba.com/spurs)

Mais dois astros

Assim como Duncan, Manu Ginobili também poderia ser poupado por se tratar de um back-to-back. Mas o ala-armador argentino foi para o jogo e, saindo do banco de reservas, contribuiu para a vitória com 17 pontos, cinco assistências e duas roubadas de bola. Mas o grande destaque do jogo foi Tony Parker. Em duelo particular de armadores contra Stephen Curry, o francês obteve 28 pontos e sete assistências, contra 16 pontos, seis rebotes e cinco assistências do astro adversário.

Big Three!?

Ainda é cedo para dizer que o grupo de astros do Spurs não é mais um Big Three, e sim um Fantastic Four? Contra o Warriors, Kawhi Leonard, atual MVP das finais, fez mais um excelente jogo, deixando a quadra com 19 pontos e seis rebotes. Três das quatro vitórias que o time texano tem na temporada foram conquistadas depois do ala se recuperar de uma infecção no olho direito.

Excelente começo

Aproveitando-se da lesão de Patrick Mills, Cory Joseph faz, até aqui, sua melhor temporada com a camisa do Spurs. Contra o Warriors, foram 11 pontos, quatro assistências e duas roubadas de bola em apenas 19:56 minutos, com cinco arremessos de quadra convertidos em sete tentados. Até aqui, o armador canadense apresenta média de oito pontos em 16,8 minutos por exibição no campeonato.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 28 pontos e 7 assistências

Kawhi Leonard – 19 pontos e 6 rebotes

Manu Ginobili – 17 pontos, 5 assistências e 2 roubos de bola

Tim Duncan – 12 pontos, 13 rebotes, 3 assistências e 2 roubos de bola

Cory Joseph – 11 pontos, 4 assistências e 2 roubos de bola

Golden State Warriors

Klay Thompson – 29 pontos, 5 rebotes e 4 assistências

Harrison Barnes – 22 pontos e 8 rebotes

Stephen Curry – 16 pontos, 6 rebotes e 5 assistências

Marreese Speights – 11 pontos

Anúncios

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil, seu maior orgulho na carreira jornalística. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é redator do UOL. Cobriu o basquete olímpico na Olimpíada de 2016 pelo LANCE!. Trabalhou também para Basketeria e mob36.

Publicado em 12/11/2014, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 6 Comentários.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s