Spurs (1-2) @ Suns (3-1) – Derrota polêmica

90×121

Na noite desta quinta-feira (16), jogando fora de casa, o San Antonio Spurs perdeu para o Phoenix Suns por 121 a 90 em seu primeiro duelo com um time de NBA na fase de preparação para a temporada 2014/2015 da NBA. A equipe texana viajou sem Patrick Mills, Kawhi Leonard e Tiago Splitter, machucados, e sem Manu Ginobili, Tim Duncan e Gregg Popovich, poupados, causando a ira da franquia da casa. Veja os principais pontos da partida.

Bonner teve chance como titular (Reprodução/nba.com/suns)

Raiva dos mandantes

Dono do Suns, Robert Sarver pegou o microfone para se desculpar com os fãs presentes no US Airways Center pelo time que o Spurs colocou em quadra. Segundo o dirigente, não foi essa a equipe pelo qual pagaram para assistir. Além disso, prometeu um brinde para quem mandasse um e-mail a ele com o ingresso. Pop consegue causar polêmica até mesmo na pré-temporada…

Dragic fez grande jogo (Reprodução/nba.com/suns)

Erros e mais erros

Com os desfalques, o Spurs começou o jogo com Tony Parker, Danny Green, Kyle Anderson, Matt Bonner e Aron Baynes como titulares. E até mesmo os jogadores que têm uma chance remotíssima de começar a temporada regular no elenco – o armador Bryce Cotton e os alas-pivôs JaMychal Green e Josh Davis – receberam uma oportunidade para mostrar serviço. O uso de muitos quintetos incomuns acarretou em um grande número de desperdícios de posses: foram 24, contra apenas 14 do Suns. Parker, Anderson e Cory Joseph, com quatro cada, lideraram a equipe neste fundamento e foram exemplos da noite ruim do time.

Aproveitando a chance

Entre os jogadores que não têm espaço na rotação e que receberam uma chance de entrar em quadra contra o Suns, quem mais aproveitou a ocasião foi o ala Austin Daye.

Vindo do banco, o camisa #23 mostrou precisão nos arremessos e deixou a quadra com 17 pontos (6-9 FG, 3-5 3 PT, 2-2 FT) e seis rebotes em 20:21 minutos, sendo o cestinha do time.

Baixinhos velozes

No jogo, o Spurs teve a primeira oportunidade de ver o novo Suns em ação. Com o trio de baixinhos Goran Dragic, Eric Bledsoe – titulares – e Isaiah Thomas – reserva -, a equipe do Arizona colocou muita velocidade e, por vezes, chegou a usar os três juntos em quadra. No total, os armadores somaram 51 pontos e 17 assistências. Equipe que promete!

Destaques do jogo

San Antonio Spurs

Austin Daye – 17 pontos e 6 rebotes

Aron Baynes – 11 pontos, 5 rebotes e 2 roubos de bola

Cory Joseph – 10 pontos, 5 assistências, 3 rebotes e 3 roubos de bola

Marco Belinelli – 10 pontos, 4 rebotes e 3 assistências

Phoenix Suns

Goran Dragic – 20 pontos, 6 assistências e 3 roubos de bola

Markieff Morris – 17 pontos e 7 rebotes

Eric Bledsoe – 16 pontos, 6 assistências, 2 roubos de bola e 2 tocos

Isaiah Thomas – 15 pontos, 5 assistências e 4 rebotes

Anúncios

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil, seu maior orgulho na carreira jornalística. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é redator do UOL. Cobriu o basquete olímpico na Olimpíada de 2016 pelo LANCE!. Trabalhou também para Basketeria e mob36.

Publicado em 17/10/2014, em Pré-Temporada, Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s