Tem uma garota no banco

Vestiario Feminino

Nesta semana, uma novidade tomou conta dos noticiários esportivos. Um time da NBA, pela primeira vez, contratou uma mulher. Não para o elenco de jogadores, mas para o cargo de assistente técnica. Esse time é o San Antonio Spurs e essa mulher é Becky Hammon.

O atual campeão da NBA foi pioneiro na ação. Essa é a primeira vez que uma franquia da liga masculina emprega uma mulher, que passa a fazer parte da folha salarial da equipe, para a função de assistente técnica. O Cleveland Cavaliers, na temporada 2001/2002, teve Lisa Boyre em seu banco, mas como voluntária. Hammon será a primeira contratada.

Quem acompanha o Vestiário Feminino já sabia que a ala-armadora havia passado um tempo com Gregg Popovich para aprender com o grande técnico um pouco da função de treinador, dando sinais de que já pensava além de sua carreira nas quadras.

Em 2013, Hammon passara por uma lesão que a obrigara a ficar afastada dos jogos, mas não da academia, e muito menos da bola laranja. Enquanto se recuperava, teve umas aulas com o comandante do Spurs, que a acolheu junto à sua comissão técnica. A jogadora foi bem recebida pelo time e ganhou um feedback muito positivo.

Atrás de Gregg Popovich e ao lado de Tony Parker, Becky Hammon, agora, faz parte do time deles - literalmente (Billy Calzada/San Antonio Express)

Há pouco mais de duas semanas, a jogadora anunciou que se aposentaria ao final da temporada de 2014 da WNBA. Após 16 anos de vida profissional na liga norte-americana, Hammon deixa um legado que o Vestiário Feminino começou a relatar há duas semanas (no último domingo, a coluna não foi publicada por motivos pessoais) e continuará nas demais.

A contratação de uma das principais jogadoras do basquete feminino mundial é uma porta aberta para um dilema que tem sido quebrado já há algum tempo. A presença de mulheres no ambiente de trabalho, principalmente em posições de liderança, deixou de ser tabu para virar realidade, mas as barreiras têm sido derrubadas em etapas. E o esporte é um dos ambientes onde elas ainda precisam de muito mais liberdade.

Para quem acompanha a WNBA, e principalmente para os torcedores do San Antonio Stars e admiradores de Hammon – que não necessariamente torcem para a franquia texana – saber que a jogadora que teve uma trajetória tão cheia de percalços chegou a um dos mais altos níveis do basquete mundial é motivo de muito orgulho.

Esse é apenas mais um capítulo da história tão inspiradora da garota que saiu de South Dakota para a maior liga de basquete do mundo e uma das franquias mais admiradas do universo da bola laranja. O Vestiário Feminino e o Spurs Brasil ficarão muito felizes em acompanhar sua trajetória entre os homens.

Becky Hammon e Gregg Popovicch durante um dos treinos do San Antonio Spurs. A equipe texana acabou a temporada como campeã, será que com a jogadora que se aposenta da armação nessa temporada o feito se repete? (Business Insider)

Anúncios

Publicado em 10/08/2014, em San Antonio Silver Stars, Vestiário Feminino. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s