Dia de festa

Vestiario Feminino

Neste sábado (19), o Jogo das Estrelas da WNBA aconteceu em Phoenix, na casa do Phoenix Mercury. Leste e Oeste se encontraram em duelo eletrizante, com direito a prorrogação e placar parelho. Nessa festa, o San Antonio Stars tinha uma representante, Danielle Robinson.

Danielle Robinson fez parte do elenco do Oeste do All-Star Game da WNBA (Phoenix Mercury)

Danielle Robinson fez parte do elenco do Oeste do All-Star Game da WNBA (Phoenix Mercury)

Com atuação discreta de 13 minutos e seis pontos, a armadora do time texano começou irreconhecível, mas depois passou a ter uma representação maior no jogo. Apesar da baixa pontuação, teve uma bela jogada após cruzar toda a quadra com a bola e marcar dois pontos com uma bandeja realizada entre duas adversárias.

O Jogo das Estrelas deste ano foi, de fato, especial. Com um dos melhores elencos, contou com uma surpresa inesperada. Shoni Schimmel, a novata do Atlanta Dream, surpreendeu a todos com sua atuação de 29 pontos. Foi eleita a MVP do duelo especial.

Outro nome especial foi o de Érika de Souza. Essa, não pelo seu rendimento no jogo, mas pelo que representa para o basquete brasileiro e para a WNBA. Substituindo Elena Delle Donne, a pivô foi titular do elenco do Leste e anotou oito pontos.

Elenco do Leste, campeão do All-Star Game da WNBA (Phoenix Mercury)

Elenco do Leste, campeão do All-Star Game da WNBA (Divulgação/Phoenix Mercury)

A presença do Jogo das Estrelas na cidade de Phoenix foi muito importante, pois esse é um local onde o basquete é fortemente presente, tanto na NBA quanto na WNBA. Na liga feminina, especialmente, a franquia tem feito por merecer. Com a melhor campanha do Oeste (18 vitórias e 3 derrotas), o esquadrão comandado por Sandy Brondelo tem um dos elencos mais fortes do campeonato e uma das torcidas mais apaixonadas dos Estados Unidos.

O jogo das Estrelas de 2014 da WNBA contoi com enterrada de Britney Grinner não só durante o treino, mas também no jogo (Phoenix Mercury)

O Jogo das Estrelas contou com enterrada de Britney Grinner não só durante o treino (Divulgação/Phoenix Mercury)

O Phoenix Mercury também já se tornou campeão da WNBA em duas oportunidades (2007 e 2009), ou seja, tem história. Além disso, fora de quadra, é uma das equipes que mais se esforça para levar entretenimento e novidades específicos para o público. O site é completo e as redes sociais da franquia nunca deixam a desejar.

A festa foi bonita. Apesar dos desafios individuais não terem acontecido (desafio de habilidades e de três pontos), o jogo e tudo o que o envolveu foi muito legal. Vale muito a pena para os outros que acontecerem.

Enquanto isso, o Stars teve um único jogo na semana, contra o Tulsa Shock. O placar final foi de 95 a 90 com atuação de destaque por parte de Sophia Young, que marcou 16 pontos e acertou os seus seis arremessos de quadra. Com o resultado, a equipe continua com a terceira colocação da Conferência Oeste.

Na terça-feira, ambos os times se reencontram. Na sexta, o Stars tem o Minnesota Lynx como adversário, seguido do Indiana Fever, em confronto que ocorre no sábado.

Anúncios

Publicado em 21/07/2014, em San Antonio Silver Stars, Vestiário Feminino. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s