Arquivo diário: 16/06/2014

Spurs (4) vs Heat (1) – Somos todos campeões

104×87

O San Antonio Spurs é, enfim, pentacampeão da NBA. Depois de bater na trave inúmeras vezes nos últimos anos, o time alvinegro venceu o Miami Heat por 104 a 87 neste domingo (15), fechando a série decisiva em apenas cinco jogos, impondo o incontestável placar de 4 a 1. Com cinco títulos, a franquia texana é a quarta maior vencedora da história da liga americana, atrás de Boston Celtics (17), Los Angeles Lakers (16) e Chicago Bulls (seis).

Eis o time campeão da NBA (Foto: NBAE/Getty Images)

Big Three para sempre 

Triste acreditar que, a cada segundo que passa, a era mais vencedora do time que aprendemos a amar fica mais perto do fim. Mais uma vez, tivemos a oportunidade de ver, em quadra, três dos maiores jogadores da história do Spurs mostrando seu talento em quadra. Manu Ginobili foi o grande responsável por manter o alvinegro no jogo depois que o Heat abriu 16 pontos ainda no primeiro quarto, e terminou a partida com 19 pontos, quatro assistências e quatro rebotes. Tim Duncan foi o porto seguro de sempre dos dois lados da quadra, anotando 14 pontos, oito rebotes e dois tocos. E Tony Parker começou muito mal, mas se recuperou a tempo de obter 16 pontos na partida. Históricos!

O primeiro brasileiro campeão da liga (NBAE/Getty Images)

E depois?

Se a era do Big Three se aproxima de um fim, já temos um pilar para sustentar a franquia no futuro. O nome dele é Kawhi Leonard, o MVP das finais de 2014. Neste domingo, o ala foi o cestinha do Spurs, com 22 pontos, e o líder em rebotes, com dez. Terminou a série com médias de 17,8 pontos e 6,4 rebotes em 33,4 minutos por exibição. Tudo isso tendo a missão de defender LeBron James, para muitos o melhor jogador de basquete do planeta. Sem dúvidas, o protagonista do alvinegro texano em um futuro não tão distante.

Brasil tem campeão

O domingo não é só inesquecível para o Spurs, como também promete ficar marcado como histórico para o basquete brasileiro. Titular em toda a temporada regular, Tiago Splitter se tornou o primeiro jogador nascido no país a ser campeão da NBA. Foi a terceira vez que um brazuca chegou à final da liga profissional americana, e as outras duas também envolveram a equipe de San Antonio.

Em 2007, Anderson Varejão, pelo Cleveland Cavaliers foi derrotado pela franquia texana; e, no ano passado, o próprio Splitter havia batido na trave contra o Heat. Vingança!

Spurs Brasil é campeão

Fundado oficialmente no dia 11/02/2008, o Spurs Brasil finalmente teve a alegria de cobrir pela primeira vez um título do Spurs. Desde então, foram 4.158 posts, pouco mais de 11,7 mil comentários e de 931 mil visualizações até que chegasse o dia que todos nós sonhávamos e que tantas vezes bateu na trave. Oportunidades não faltaram!

No ano de criação do blog, veio a derrota para o Los Angeles Lakers na final da Conferência Oeste. Depois, em 2009, após boa campanha na temporada regular, o revés para o Dallas Mavericks logo na primeira rodada dos playoffs. Um ano depois, logo depois de dar o troco no rival local, a varrida do Phoenix Suns na semifinal de conferência.

Os anos seguintes chegaram concorrem à cobertura mais frustrante da história do Spurs Brasil. Em 2011, após liderar o Oeste na temporada regular, o time texano sofreu a histórica e vexatória derrota para o Memphis Grizzlies na primeira rodada dos playoffs. Em 2012, a frustrante derrota de virada para o Oklahoma City Thunder após 20 vitórias seguidas. E, no ano passado, a fatídica série em que o título escapou por segundos contra o Miami Heat.

Mesmo assim, com tantas frustrações seguidas, o blog nunca chegou nem perto de morrer. E é com orgulho que posso dizer isso sobre o projeto que, em 2008, começou tão modestamente para mim. Por isso, agradeço especialmente a dois grupos. Primeiramente, obrigado à dedicação de Bruno Alves, Glauber da RochaJuliano Medeiros, Leonardo Sacco, Renan Belini, Roberta Rodrigues, Sergio Neto, Victor Moraes, Vinicius Esperança, meus atuais companheiros de blog, e a todos que já passaram por aqui. Se não fossem por vocês, jamais teria conseguido levar o Spurs Brasil até onde ele está hoje.

Além disso, claro, não posso deixar de agradecer a fidelidade dos nossos leitores. Gostamos de escrever sobre o Spurs, mas não seria a mesma coisa se não existisse tanta gente interagindo conosco no blog, no nosso Twitter, na nossa fanpage no Facebook e no nosso Fórum de Discussão. Podem ter certeza que, nesses mais de seis anos, não houve alegria maior do que escrever sobre o título da equipe texana para vocês. Obrigado a todos!

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 22 pontos e 10 rebotes

Manu Ginobili – 19 pontos, 4 assistências e 4 rebotes

Patrick Mills – 17 pontos

Tony Parker – 16 pontos

Tim Duncan – 14 pontos, 8 rebotes e 2 tocos

Miami Heat

LeBron James – 31 pontos, 10 rebotes, 5 assistências e 2 tocos

Chris Bosh – 13 pontos e 7 rebotes

Dwyane Wade – 11 pontos e 3 rebotes

Anúncios