Spurs (1) vs Thunder (0) – Vitória maiúscula

 

122×105

Primeiro jogo das finais da Conferência Oeste e vitória para o alvinegro texano. Nesta segunda-feira (19), o San Antonio Spurs deu mais um passo importante em direção à decisão da NBA e o tão sonhado título, vencendo o Oklahoma City Thunder por 122 a 105 em seus domínios e dando aos seus torcedores uma boa exibição e esperanças de que este realmente seja o ano da equipe. Confira, a seguir, os principais pontos da partida.

Kawhi Leonard, Tim Duncan e Tiago Splitter, fundamentais para a vitória (NBAE/Getty Images)

O fator Kawhi

Há três anos, quando o jogador foi selecionado no Draft pelo Spurs, após troca com o Indiana Pacers que deixou muitos torcedores com um ponto de interrogação na cabeça, ninguém imaginava o quão importante Kawhi Leonard seria para uma equipe já repleta de astros. Em um elenco com três futuros membros do Hall da Fama, o tímido ala da cidade de San Diego já deixou de ser coadjuvante após tão pouco tempo para se tornar um dos protagonistas não só de seu time, mas de toda a liga. Nesta segunda, outra atuação suprema do garoto, que teve a difícil tarefa de marcar Kevin Durant, MVP da temporada regular. A grande verdade é que ele não fez o trabalho sozinho, já que Gregg Popovich acabou rodando alguns outros jogadores na marcação do astro adversário, mas o camisa #2 se destacou com roubadas de bolas em momentos cruciais e jogadas de puro atleticismo dos dois lados da quadra.

Ibaka fará falta

Tim Duncan foi efetivo ao fazer jogadas próximo à cesta (NBAE/Getty Images)

Na prévia feita pela equipe do Spurs Brasil, vários blogueiros, inclusive este, apontaram a ausência do ala-pivô Serge Ibaka como um fator que fragilizaria muito o time adversário. Na partida desta segunda, esta ausência pôde ser observada, com a equipe de Oklahoma cedendo muitos pontos na área pintada e tendo o trabalho ofensivo focado nos sobrecarregados Kevin Durant e Russell Westbrook. Apesar do ala-pivô não ser considerado um jogador extraordinário, seu papel é fundamental para o Thunder, já que o congolês é muito bom protegendo o aro com tocos e arremessos contestados, e ajuda a desafogar o ala e o armador com seu confiável arremesso de média distância. Dor de cabeça das grandes para o técnico Scot Brooks, que terá de se virar para ajustar sua equipe para os próximos confrontos.

Apagão, um velho fantasma

Outra vez, o temido apagão do terceiro quarto fez com que torcer para o Spurs não seja bom para pessoas com problemas cardíacos.

Após construir uma boa vantagem, o alvinegro deixou que seus adversários tomassem a liderança na volta dos vestiários, após uma série de posses ofensivas desperdiçadas, resultando em pontos de contra-ataque. Aliás, olho no contra-golpe do Thunder, talvez principal arma da equipe, que defensivamente busca quebrar a linha de passe do adversário, e tem em Westbrook uma arma mortífera contra defesas desajustadas na transição. O armador, que até o segundo quarto vinha apagado, se aproveitou dos erros da equipe texana para incendiar o jogo. Por sorte e competência dos mandantes, a correria do oponente foi neutralizada, e a vantagem voltou para o lado texano.

O bom e velho banco

Fator diferencial, mais uma vez, o banco de reservas do Spurs teve outra grande contribuição. Além dos destaques óbvios como Manu Ginóbili e toda a sua experiência, ou Boris Diaw, que deitou e rolou quando o técnico do Thunder tentou colocar sua equipe numa formação smallball, destaco o pivô Aaron Baynes, que entrou em momento difícil da partida e conseguiu cavar uma falta de ataque, contestar arremessos, e executar com perfeição o pick-and-roll com o argentino, puxando o pivô da equipe adversária para fora do garrafão e abrindo espaços para que o ala-armador infiltrasse e desequilibrasse.

Próxima parada

Sem muito tempo para descansar após o primeiro confronto, na quarta, às 21h30 (de Brasília), as duas equipes voltam a se duelar no AT&T Center, casa do Spurs, em uma partida que mais uma vez promete um grande espetáculo para os torcedores.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Tim Duncan – 27 pontos e 7 rebotes

Manu Ginobili – 18 pontos e 3 assistências

Kawhi Leonard – 16 pontos, 6 rebotes e 3 roubos de bola

Danny Green – 16 pontos, 4 rebotes e 2 roubos de bola

Tony Parker – 14 pontos e 12 assistências

Oklahoma City Thunder

Kevin Durant – 28 pontos, 9 rebotes e 5 assistências

Russell Westbrook – 25 pontos e 7 assistências

Derek Fisher – 16 pontos e 2 rebotes

Reggie Jackson – 13 pontos e 2 assistências

Anúncios

Sobre Bruno Lorscheiter Alves

Jornalista amador, apaixonado por esportes, basquete e lógico, San Antonio Spurs.

Publicado em 20/05/2014, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 8 Comentários.

  1. O parker ensinou esse “spin” para bandeijar e o kawhi resolveu fazer sobre mvp da temporada.
    esse garoto tá jogando muito, desde os jogos contra o portland jogando muito no ataque e na defesa.
    bom ver o green se impondo. diaw mandando muito bem também!
    eles sem ibaka forçam westbrook e durant a quase não errar na frente, e olho no fisher, que já me fez chorar, e mesmo no formol continua acertando suas bolas de três.

  2. Cara o Thunder parecia a kriptonita do SPURS, mas… com certeza não é.
    Eu tenho que dizer depois desse jogo saiu a pulga que eu tinha atrás da orelha.
    Se o Ibaka estive lá com certeza teria sido mais difícil. Em certos momentos deu aquele friozinho, mas o SPURS jogando determinado todo mundo funcionando e contribuindo não tem chances para ninguém, se continuar assim o titulo é nosso, GO SPURS GO!!!

  3. goldenspurs

    O fato é: o Thunder teve a bunda chutada na partida de ontem. Sem mais.

  4. Isso que a arbritagem inverteu várias faltas a favor do OKC…mas deu boa, tem que manter! Ibaka faz mta falta, mas é assim mesmo…..

  1. Pingback: Spurs (1) vs Thunder (0) – Finais de Conferência | Spurs Brasil

  2. Pingback: Spurs (2) @ Thunder (0) – Finais de Conferência | Spurs Brasil

  3. Pingback: Spurs (2) @ Thunder (1) – Finais de conferência | Spurs Brasil

  4. Pingback: Spurs (3) @ Thunder (2) – Finais de conferência | Spurs Brasil

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s