Spurs (4) @ Blazers (1) – Que venham as finais

104×82

Na noite desta quarta-feira (14), o San Antonio Spurs recebeu o Portland Trail Blazers no AT&T Center e garantiu a vaga nas finais da Conferência Oeste ao vencer o jogo por 104 a 82. O time alvinegro agora espera pela decisão entre Los Angeles Clippers e Oklahoma City Thunder, que se encaram nesta quinta, na Califórnia. Vamos aos destaques da partida.

Aldridge e o Blazers não resistiram ao Spurs (NBAE/Getty Images)

Rest In Peace, Blazers

O Blazers se mostrou uma equipe forte ao terminar a temporada regular na quinta colocação da disputada Conferência Oeste e ao superar o Houston Rockets na primeira rodada dos playoffs. Porém, Damian Lillard, LaMarcus Aldridge e companhia não foram capazes de repetir a sequência de vitórias contra o segundo rival texano na pós-temporada. Conseguiram evitar um varrida, mas não seguraram o Spurs no AT&T Center. Danny Green e Kawhi Leonard foram os responsáveis pelo último prego no caixão dos visitantes.

O jogo começou até que equilibrado. As equipes trocavam pontos e chegou um momento em que o Blazers chegou a liderar o placar. Mesmo com a baixa de Tony Parker, que atuou por apenas dez minutos antes de deixar a quadra com dores musculares, o time texano mostrou superioridade e, o mais importante, que a defesa e as bolas de três voltaram a funcionar.

Green for three! (NBAE/Getty Images)

Leonard & Green

Os alas titulares do Spurs não desempenharam um bom papel no jogo 4 da série. Mas podemos dizer que eles se redimiram na noite do jogo 5. Os camisas #2 e #4, respectivamente, além da ótima defesa em cima dos jogadores do Blazers, foram os maiores pontuadores da partida. Leonard terminou o jogo com 22 pontos, sete rebotes e cinco roubos de bola, enquanto Green deixou a partida com 22 pontos e nove rebotes. Os dois alas fundamentais para o time e devem manter a boa atuação da partida para a franquia ter sucesso contra Clippers ou Thunder.

Sem Parker, sem problema!

Tony Parker, sem dúvida nenhuma, é fundamental para o tão desejado quinto título texano. Mas, na ausência do francês, também estamos bem representados. Patty Mills surpreendeu a todos nessa temporada e, no jogo 5, não foi diferente. O titular saiu de jogo no segundo quarto com dores na coxa esquerda e o australiano foi quem o substituiu.

O jogo alvinegro pode parecer mais lento por um momento, mas o camisa #8 consegue fazer bem o papel dele. Ele anotou 18 pontos e ainda contribuiu com três roubos de bola.

Parker declarou que os exames realizados na coxa revelaram apenas uma lesão grau 1, e não chega a ser preocupante. Além disso, o francês disse que está pronto para as finais do Oeste.

“Está tudo bem, não é ruim. Não é tão ruim quanto a que sofri nas finais do ano passado. Aquela era grau 2. Essa é grau 1. Então, eu devo estar bem para segunda”, disse o armador. Vale lembrar que, se o Thunder vencer o Clippers, o duelo começa na segunda. Caso os californianos forcem o jogo 7, a primeira partida das finais do Oeste será na quarta.

Descanso necessário

Levando em conta os sete jogos contra o Dallas Mavericks e logo em seguida enfrentar o Blazers, é mais do que justo que o Spurs ganhe um tempo de descanso. Isso é importante tanto para a recuperação de Parker, que vai ser fundamental em um duelo contra Chris Paul ou Russell Westbrook, como para os outros jogadores do elenco.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 22 pontos, 7 rebotes e 5 roubos de bola

Danny Green – 22 pontos e 9 rebotes

Patty Mills – 18 pontos e 3 assistências

Tim Duncan – 16 pontos, 8 rebotes e 3 assistências

Portland Trail Blazers

LaMarcus Aldridge – 21 pontos e 10 rebotes

Damian Lillard – 17 pontos e 10 assistências

Wesley Matthews – 14 pontos

Sobre Sergio Neto

Jornalista esportivo desde 2012, ano em que passou a integrar a equipe do Spurs Brasil. Tem passagens por ESPN, Band e Estadão Esportes. Fanático por basquete desde criança e pelo San Antonio Spurs desde a era das "Torres Gêmeas". Ex-redator de NBA no The Playoffs (theplayoffs.com.br/nba).

Publicado em 15/05/2014, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 6 Comentários.

  1. GO SPURS GO!!

  2. goldenspurs

    Nosso Spurs esta voando baixo, quero muito ver uma revanche na final contra o Miami para atropelarmos esses malas. Mas antes teremos que despachar OKC ou Clippers que estão fazendo uma bela série.

  3. alison dezzottti

    Spurs ta jogando certinho..mas okc me da um friozinho na barriga!mas vamos que vamos!obs:quando o Parker se machucou me caguei kkkk bora la pra cima de okc ou lac!go spurs!

  4. Eu não sabia de nada, era inoncente, achava que o Leonard era o jogador do futuro da franquia e que estavam preparando ele para ser a nova estrela da companhia, mas ele é o presente da nossa equipe, tá jogando MUITO.
    Parker já está até esperando o OKC.
    Prefiro pegar o clippers. Durant e, principalmente, o Westbrook sempre “dão a vida” contra a gente.

  5. Concordo, queremos uma revanche contra o Heat. Fico feliz com a evolução do Splitter este ano. Muita coisa que ele tem feito não é contabilizado, como o simples fato de atrapalhar um lançamento ou fazer a parede para o Parker arremessar, como em muitos jogos. Vamos lá Spurs! Go! Go!

  1. Pingback: Parker não vai jogar a Copa do Mundo | Spurs Brasil

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.