Spurs (1) vs Mavericks (1) – Surra merecida

92×113

A derrota do San Antonio Spurs para o Dallas Mavericks por 113 a 92, nesta quarta-feira (23), tem mais efeitos do que se imagina. Além de perder o mando de quadra, o alvinegro toma um choque de realidade e deixa a luz amarela acesa. O duelo está empatado, mas a equipe poderia estar com déficit de dois jogos, uma vez que o primeiro também foi marcado por apatia dos comandados de Gregg Popovich. Vamos ao principais pontos da partida.

Manu Ginobili bem que tentou… (NBAE/Getty Images)

Sem defesa, sem vitória

O grande pecado do Spurs foi não defender. Ou, pior, achar que o bom trabalho de Tiago Splitter em Dirk Nowitzki seria o bastantte. De novo o adversário achou alternativas ofensivas, principalmente com sua dupla de armadores. Sem defesa, o time da casa não teve chances.

Duncan não conseguiu render (NBAE/Getty Images)

E o fôlego?

Novamente, o time começou muito bem. Abriu sete pontos de vantagem para o adversário, mas ficou para trás de novo. E dessa vez não teve pique para correr atrás nos últimos minutos. Nem a ótima atuação ofensiva de Manu Ginobili no ataque – pelo menos na questão da pontuação – ajudou a melhorar. Entrar no jogo acordado e assim se manter é uma boa ideia.

Preço alto

Danny Green e Tiago Splitter são titulares por mérito e por conta de suas qualidades. No caso do ala-armador, as bolas de longa distância; no caso do pivô, por sua ótima defesa, principalmente em Nowitzki. Mas enquanto o camisa #4 atrapalha muito o sistema defensivo e pouco faz no ataque, o brasileiro ajuda na defesa, mas é quase nulo ofensivamente. O preço a se pagar para ter os donos no quinteto inicial é esse. Vale a pena?

Erros, erros e mais erros…

Tudo isso posto, o que fez a diferença realmente foram os turnovers. Por jogo, o Spurs cometeu, em média, na temporada regular, 14 erros de ataque. Na derrota diante do Mavericks, foram nada menos que 22. Fator que fez com que o time chutasse apenas 64 bolas na cesta adversária – para efeito de comparação, a equipe de Dallas arremessou 92.

Agora é acordar

Popovich terá como missão acordar um elenco que parece fadado ao erro nessa série. Foram dois jogos com o time quase dormindo em boa parte do tempo. Até o próximo duelo, no final de semana, o treinador tem tempo para corrigir os erros e retomar a série positiva diante de um adversário que na temporada regular era presa fácil.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Manu Ginobili – 27 pontos e 4 assistências

Tony Parker – 12 pontos e 3 assistências

Tim Duncan – 11 pontos, 7 rebotes e 2 tocos

Dallas Mavericks

Monta Ellis – 21 pontos, 3 assistências, 3 rebotes e 3 roubos de bola

Shawn Marion – 20 pontos, 5 rebotes e 3 roubos de bola

Devin Harris – 18 pontos, 5 assistências e 4 rebotes

Dirk Nowitzki – 16 pontos, 5 rebotes e 2 roubos de bola

Sobre Leonardo Sacco

É jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero. Cravou a opção pelo jornalismo no estouro do cronômetro, quando criou o Spurs Brasil em uma madrugada de domingo para segunda. Escreve para o Yahoo! Esportes e dá seus pitacos no @leosacco.

Publicado em 23/04/2014, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 10 Comentários.

  1. O time está jogando igual no inicio da temporada, muito mal. Muitos TO, baixo aproveitamento dos arremessos, erros na rotação, medo de arremessar, etc. Se continuar assim pode até passar do Dallas, mas não vai longe. POP tem que ressuscitar o time pós all-star; esse é o Spurs que pode ser campeão.

  2. Caramba, acho muito infeliz questionar o custo-beneficio de splitter, com outro marcador Dirk faz a festa, splitter tem sido o melhor marcador de um dos melhores jogadores da LIGA. Já Green sumiu, e mills e bellineri estão devendo. O ploblema não está no garrafão , mas sim, no perímetro, tanto defensivamente qto ofensivamente.

  3. Cara esse é o ano, ou Spurs acorda agora ou já era. Os caras do Dallas estão mais atrevidos e confiantes, os do Spurs parecem que estão com medo de errar, aí então erram. Parece que um fica esperando pelo outro fazer alguma coisa, aí então ninguém faz nada, aí vem um cara que mal eu ouvi falar e faz uma festa na defesa do Spurs.
    Os caras do Spurs se acostumaram tanto a serem poupados, que ainda estão se poupando, agora para que eu não sei ?

  4. Splitter é quase nulo no ataque, mas funciona bem na defesa.
    Belineli e Green desde o finalzinho da temporada regular errando os chutes de fora, com Mills com melhor aproveitamento do que eles.
    Viver do Duncan com quase 40 e Parker com mais de 30 e lampejos do Manu também chegando nos 40 fica bem difícil. Até quando vemos os outros times fisicamente.

  5. goldenspurs

    Esse começo de série contra o Dallas não está sendo o que esperávamos visto que os derrotamos todas as vezes na temporada regular mas estou confiante em uma reação, o Pop certamente vai dar um sacode na galera pra ver se acordam. Temos que fazer a revanche e ganhar de Miami na final. Ótimo site, acompanho a muito tempo mais só agora resolvi comentar. Abraços a todos do site.

  1. Pingback: Spurs (1) vs. Mavericks (1) – 1ª rodada dos playoffs | Spurs Brasil

  2. Pingback: Spurs (1) @ Mavericks (2) – 1ª rodada dos playoffs | Spurs Brasil

  3. Pingback: Spurs (2) vs Mavericks (2) – Primeira rodada dos playoffs | Spurs Brasil

  4. Pingback: Spurs (3) @ Mavericks (2) – Primeira rodada dos playoffs | Spurs Brasil

  5. Pingback: Spurs (3) vs Mavericks (3) – Primeira rodada dos playoffs | Spurs Brasil

Deixe uma resposta para Espora Cancelar resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s