Spurs (1) vs Mavericks (0) – Emoção desnecessária

90×85

Com um pouco mais de emoção do que o necessário, o San Antonio Spurs venceu o Dallas Mavericks por 90 a 85, neste domingo (20), no AT&T Center, e largou na frente para a disputa da série, válida pela primeira rodada dos playoffs da Conferência Oeste. Após um começo de jogo excelente, a equipe vacilou e venceu apenas graças às atuações acima da média de Tim Duncan e Tony Parker. Vamos ao que de melhor aconteceu no duelo:

Parker foi o destaque do time no começo do jogo (NBAE/Getty Images)

Avassalador

Com uma defesa incrível e um ataque afiado, o Spurs fez 21 pontos e levou apenas 12 no primeiro período de jogo. A diferença considerável foi construída principalmente devido à atuação ofensiva de Parker, que, no início do duelo, destruiu todas as tentativas de defesa do adversário. Os nove pontos de distância acabaram sendo decisivos para o resultado final.

Duncan foi o grande nome do Spurs (NBAE/Getty Images)

Tem alguém aí?

Tendo em vista a superioridade, parecia que o jogo entre Spurs e Mavs tinha tudo para terminar com bela vitória dos donos da casa. Engano de todos. O time de Dallas reagiu com uma partida magistral de seu banco de reservas e foi para o intervalo com surpreendente vantagem de um ponto no placar até aquele ponto.

Papéis invertidos

Um dos grandes desequilíbrios da série é a força dos bancos de reservas. Antes do jogo começar, era apontada a vantagem do Spurs no quesito, já que os reservas de Gregg Popovich lideram a NBA em pontuação e acerto de arremessos. Já no adversário, a situação era preocupante no setor. Pois as posições se inverteram e o Mavericks foi quem teve ajuda decisiva de sua segunda unidade. Foram 46 pontos feitos pelos suplentes do adversário, enquanto os do alvinegro anotaram apenas 23 – destaque negativo para Marco Belinelli, que saiu zerado de quadra ao tentar quatro arremessos e não converter nenhum.

Dupla afiada

Em determinado momento do terceiro quarto, Tim Duncan se chocou com o ala-armador adversário Monta Ellis e foi para o banco sentindo dores no joelho. Preocupação que virou alívio quando o ala-pivô voltou às quadras e liderou o Spurs à vitória. Quando, no último período, o Mavericks chegou a abrir dez pontos de vantagem, foi sob o comando do ala-pivô que o alvinegro brilhou. No total, foram 27 pontos feitos pelo veterano.

Outros destaques

Além dos 21 pontos de Tony Parker, ficam o bom desempenho de Kawhi Leonard e, principalmente, o trabalho defensivo de Boris Diaw, que exerceu ótima marcação sobre Dirk Nowitzki, que terminou a partida com apenas 11 pontos anotados, como pontos positivos.

De novo em casa

Após a vitória com sustos, o Spurs volta a enfrentar o Mavericks, de novo no AT&T Center, na próxima quarta-feira (23), às 21h00 (horário de Brasília).

Justa homenagem

É bem verdade que Gregg Popovich não costuma ser muito animado na hora de dar entrevistas. Mas, pouco antes do começo do último período, mesmo com o duelo bem difícil, ele não perdeu a chance de homenagear Craig Sager. O repórter de quadra da TNT, uma lenda dentro da NBA, está com leucemia e foi substituído por seu filho, Craig Sager Jr.. E Pop, além de dar uma bela entrevista, diferente do que sempre acontece, parabenizou o garoto e ainda homenageou o repórter veterano. Entre outras, soltou: “Queremos você de volta rápido, prometo que serei bonzinho com suas perguntas”. Bonita homenagem que você pode assistir, com áudio totalmente em inglês, abaixo, acima do compacto da partida:

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Tim Duncan – 27 pontos e 7 rebotes

Tony Parker – 21 pontos, 6 assistências e 4 rebotes

Kawhi Leonard – 11 pontos e 10 rebotes

Tiago Splitter – 8 pontos, 11 rebotes e 2 roubos de bola

Dallas Mavericks

Devin Harris – 19 pontos e 5 assistências

Dirk Nowitzki – 11 pontos e 8 rebotes

Sobre Leonardo Sacco

É jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero. Cravou a opção pelo jornalismo no estouro do cronômetro, quando criou o Spurs Brasil em uma madrugada de domingo para segunda. Escreve para o Yahoo! Esportes e dá seus pitacos no @leosacco.

Publicado em 20/04/2014, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 13 Comentários.

  1. Só com o Big 3 não dá, se o Spurs quer ser campeão Green e Belinelli terão que jogar muito mais. Enfim, o importante por agora é que a vitória veio, GO SPURS GO

  2. Meus parabéns pela cobertura dos playoffs,é de altíssimo nivel,nem preciso recorrer a outros lugares.Hoje foi mais difícil do que deveria,mas esse ano nao acredito que há equipe melhor que os Spurs.GO SPURS GO.

  1. Pingback: Splitter é elogiado por marcação em Nowitzki no jogo 1 | Spurs Brasil

  2. Pingback: Spurs é o quinto time mais popular da NBA no Google | Spurs Brasil

  3. Pingback: Spurs (1-0) vs. Mavericks (0-1) – 1ª rodada dos playoffs | Spurs Brasil

  4. Pingback: Patrick Mills fica em nono na eleição para o MIP | Spurs Brasil

  5. Pingback: Spurs (1-1) vs Mavericks (1-1) – Surra merecida | Spurs Brasil

  6. Pingback: Spurs (1) vs. Mavericks (1) – 1ª rodada dos playoffs | Spurs Brasil

  7. Pingback: Spurs (1) @ Mavericks (2) – 1ª rodada dos playoffs | Spurs Brasil

  8. Pingback: Spurs (2) vs Mavericks (2) – Primeira rodada dos playoffs | Spurs Brasil

  9. Pingback: Spurs (3) @ Mavericks (2) – Primeira rodada dos playoffs | Spurs Brasil

  10. Pingback: Spurs (3) vs Mavericks (3) – Primeira rodada dos playoffs | Spurs Brasil

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s