Spurs (58-16) @ Pacers (52-23) – Passeio gringo

103×77

O San Antonio Spurs não teve dificuldades para superar o Indiana Pacers, fora de casa, e ampliar ainda mais sua liderança geral na NBA. Com a vitória por 103 a 77, conquistada nesta segunda (31), o time texano chegou ao seu 58º triunfo na temporada, o 18º de maneira consecutiva, estabelecendo um novo recorde. Fazendo um primeiro e um último quarto impecáveis, o alvinegro não teve dificuldades para superar o adversário, que segue sua sina negativa nos últimos jogos. Vamos ao que de melhor aconteceu na partida:

Parker abusou da velocidade para furar a defesa adversária (Foto: NBAE/Getty Images)

Vitória gringa

O Spurs oube aproveitar de maneira efetiva os estrangeiros do plantel. O melhor deles foi o armador francês Tony Parker, que colaborou com 22 pontos. Compatriota dele, o ala-pivô Boris Diaw saiu do banco para anotar 14, enquanto o australiano Patty Mills voltou a pontuar bem ao deixar a quadra com dez. Outro gringo, o italiano Marco Belinelli foi o único com atuação abaixo do esperado ao anotar sete pontos, um a mais do que o argentino Manu Ginobili.

Veteranos tem tido o tempo de quadra controlado (Foto: NBAE/Getty Images)

Rotação afiada

Gregg Popovich vem adotando uma tática inteligente de limitar o tempo de quadra da maioria dos jogadores – principalmente os veteranos. Manu Ginobili ficou em quadra por apenas 17 minutos, enquanto Tim Duncan não passou de meia hora.

Com isso, a colaboração do banco foi efetiva. Pontuando bem, os reservas seguraram a barra nos poucos momentos em que o Pacers esboçou qualquer reação durante o confronto.

Defesa forte

Principal característica do time nos quatro títulos já conquistados, a defesa exímia voltou a aparecer em San Antonio. Diante dos melhores marcadores da NBA, os texanos mostraram sua força principalmente com o sempre eficiente Kawhi Leonard, que grudou em Paul George e limitou o craque adversário a apenas 16 pontos no duelo.

Rebotes ganham jogos

Uma das grandes dificuldades do Spurs ao longo dos últimos anos tem sido agarrar rebotes. E no duelo dos times, a equipe de San Antonio se deu melhor que Indiana no quesito. Destaque para os 15 ressaltos obtidos no garrafão ofensivo, decisivos para aumentar a vantagem.

Recorde crescente

Com a vitória diante do Pacers, o Spurs chegou ao 18º triunfo consecutivo e aumentou o recorde da franquia em jogos de temporada regular. Para seguir na série positiva, o time volta à quadra na próxima quarta-feira, de volta ao AT&T Center, onde recebe o Golden State Warriors, equipe que luta para seguir na briga pelos playoffs.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 22 pontos

Boris Diaw – 14 pontos

Kawhi Leonard – 13 pontos e 11 rebotes

Tim Duncan – 9 pontos, 6 rebotes, 4 assistências e 3 bloqueios

Indiana Pacers

Paul George – 16 pontos, 6 rebotes e 5 assistências

Lance Stephenson – 15 pontos

Anúncios

Sobre Leonardo Sacco

É jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero. Cravou a opção pelo jornalismo no estouro do cronômetro, quando criou o Spurs Brasil em uma madrugada de domingo para segunda. Escreve para o Yahoo! Esportes e dá seus pitacos no @leosacco.

Publicado em 31/03/2014, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 5 Comentários.

  1. Eduardo Prado

    Cara, eu acredito que depois dessas últimas 3 temporadas ninguém mais no universo poderá falar que os Spurs são um time chato de se ver jogar!!! Acredito piamente que este é o melhor time da NBA não só na temporada mas nas últimas 3, que a beleza do seu jogo seja algo único, especial mesmo, e que sejamos privilegiados de poder vê-los jogar. Os Spurs ganharem o título não é apenas uma questão de justiça, mas uma necessidade história para a NBA, o basquete como modalidade esportiva, como valor, como arte, merece isso!!!

  2. E vamos que vamos. O time está passando segurança. Será que esse ano chegamos lá?

  3. Esse ano, acredito eu, tá mais complicado de chegar nas finais do que no ano passado, porém se chegarmos lá, a final vai ser mais fácil. Enfim… O grande desafio pro time vai ser ganhar a conferência mesmo.

  4. Uma coisa a ser estudada esse time, sem trazer nenhum reforço de peso… o aumento de produção depois do All star game esta de encher os olhos, sem duvida pra entrar pra historia.

  1. Pingback: Spurs (58-16) vs Warriors (46-28) – Temporada Regular | Spurs Brasil

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s