Arquivo diário: 31/03/2014

Spurs (58-16) @ Pacers (52-23) – Passeio gringo

103×77

O San Antonio Spurs não teve dificuldades para superar o Indiana Pacers, fora de casa, e ampliar ainda mais sua liderança geral na NBA. Com a vitória por 103 a 77, conquistada nesta segunda (31), o time texano chegou ao seu 58º triunfo na temporada, o 18º de maneira consecutiva, estabelecendo um novo recorde. Fazendo um primeiro e um último quarto impecáveis, o alvinegro não teve dificuldades para superar o adversário, que segue sua sina negativa nos últimos jogos. Vamos ao que de melhor aconteceu na partida:

Parker abusou da velocidade para furar a defesa adversária (Foto: NBAE/Getty Images)

Vitória gringa

O Spurs oube aproveitar de maneira efetiva os estrangeiros do plantel. O melhor deles foi o armador francês Tony Parker, que colaborou com 22 pontos. Compatriota dele, o ala-pivô Boris Diaw saiu do banco para anotar 14, enquanto o australiano Patty Mills voltou a pontuar bem ao deixar a quadra com dez. Outro gringo, o italiano Marco Belinelli foi o único com atuação abaixo do esperado ao anotar sete pontos, um a mais do que o argentino Manu Ginobili.

Veteranos tem tido o tempo de quadra controlado (Foto: NBAE/Getty Images)

Rotação afiada

Gregg Popovich vem adotando uma tática inteligente de limitar o tempo de quadra da maioria dos jogadores – principalmente os veteranos. Manu Ginobili ficou em quadra por apenas 17 minutos, enquanto Tim Duncan não passou de meia hora.

Com isso, a colaboração do banco foi efetiva. Pontuando bem, os reservas seguraram a barra nos poucos momentos em que o Pacers esboçou qualquer reação durante o confronto.

Defesa forte

Principal característica do time nos quatro títulos já conquistados, a defesa exímia voltou a aparecer em San Antonio. Diante dos melhores marcadores da NBA, os texanos mostraram sua força principalmente com o sempre eficiente Kawhi Leonard, que grudou em Paul George e limitou o craque adversário a apenas 16 pontos no duelo.

Rebotes ganham jogos

Uma das grandes dificuldades do Spurs ao longo dos últimos anos tem sido agarrar rebotes. E no duelo dos times, a equipe de San Antonio se deu melhor que Indiana no quesito. Destaque para os 15 ressaltos obtidos no garrafão ofensivo, decisivos para aumentar a vantagem.

Recorde crescente

Com a vitória diante do Pacers, o Spurs chegou ao 18º triunfo consecutivo e aumentou o recorde da franquia em jogos de temporada regular. Para seguir na série positiva, o time volta à quadra na próxima quarta-feira, de volta ao AT&T Center, onde recebe o Golden State Warriors, equipe que luta para seguir na briga pelos playoffs.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 22 pontos

Boris Diaw – 14 pontos

Kawhi Leonard – 13 pontos e 11 rebotes

Tim Duncan – 9 pontos, 6 rebotes, 4 assistências e 3 bloqueios

Indiana Pacers

Paul George – 16 pontos, 6 rebotes e 5 assistências

Lance Stephenson – 15 pontos

Bertans está de volta às quadras

Um dos prospectos ligados ao San Antonio Spurs que segue seu plano de desenvolvimento na Europa está de volta à atividade. Afastado das quadras desde junho do ano passado, quando sofreu uma lesão no joelho esquerdo, o ala letão Davis Bertans já disputou quatro partidas neste mês por sua equipe atual, o Partizan Belgrade, da Sérvia.

Bertans está de volta às quadras (Arhiva VN)

Bertans estreou na temporada no dia 20, quando enfrentou o Maccabi Tel Aviv, pela Euroliga, e deixou a quadra com dois pontos (1-7 FG, 0-3 3 PT), dois rebotes e uma assistência em 15:30 minutos. Depois, no dia 24, entrou em ação contra o Budućnost Voli, pela Liga Adriática, e anotou nove pontos (2-5 FG, 2-4 3 PT, 3-4 FT) e um rebote em 27 minutos.

Em seguida, no dia 28, Bertans voltou a entrar em ação pela Euroliga, dessa vez contra o Lokomotiv Kuban, e fez seu melhor jogo desde a lesão: foram 20 pontos (8-12 FG, 4-7 3 PT), um rebote e uma roubada de bola em 19:56 minutos. O site americano Project Spurs encontrou um vídeo com os melhores momentos do ala na partida.

O letão ainda voltou a jogar nesta segunda-feira (31), contra o Cedevita, pela Liga Adriática, e obteve 14 pontos (3-7 FG, 2-5 3 PT, 6-6 FT), dois rebotes e uma assistência em 23 minutos.

Bertans, ala de 21 anos e 2,08m, foi selecionado pelo Indiana Pacers na 42ª escolha do Draft de 2011 e trocado para o Spurs na transação que enviou George Hill para Indianápolis.

Spurs (57-16) @ Pacers (52-22) – Temporada Regular

San Antonio Spurs @ Indiana Pacers – Temporada Regular

Data: 31/03/2014

Horário: 20h00 (Horário de Brasília)

Local: Bankers Life Fieldhouse

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,54 (favorito) @ Pacers 2,49

O San Antonio Spurs viaja até o Bankers Life Fieldhouse para enfrentar o Indiana Pacers em duelo que opõe os dois líderes de conferência e equipes em fases completamente distintas. Enquanto o alvinegro vem de série histórica com 17 vitórias seguidas em jogos de temporada regular e, se triunfar, pode alcançar a melhor sequência de toda a sua história, o adversário já balança e, com derrotas inesperadas, vê sua posição no Leste ser ameaçada pelo Miami Heat.

Confrontos na temporada (0-1)

07/12/2013 – Spurs 100 vs 111 Pacers

No único duelo entre as equipes na temporada, melhor para o Pacers, que na época vivia impressionante fase com apenas duas derrotas em 20 jogos. Com 28 pontos, o ala Paul George foi cestinha da partida e decisivo para a vitória.

PG – Tony Parker

SG – Danny Green/Marco Belinelli

SF – Kawhi Leonard

PF – Tim Duncan

C – Tiago Splitter

Fique de Olho – Contra uma das melhores defesas da liga, o Spurs terá que contar com a ótima fase do ala-armador italiano Marco Belinelli, um dos melhores jogadores do time na temporada e letal em suas bolas de longa distância.

PG – George Hill

SG – Lance Stephenson

SF – Paul George

PF – David West

C – Roy Hibbert

Fique de olho Candidato ao prêmio de jogador que mais evoluiu na temporada, o ala-armador Lance Stephenson é forte nos dois lados da quadra e costuma ficar livre quando o adversário prefere focar sua defesa no ótimo Paul George.