Arquivo diário: 27/03/2014

Spurs (55-16) vs Nuggets (32-40) – Inevitável

108×103

Na noite desta quarta-feira, o San Antonio Spurs venceu o Denver Nuggets em casa pelo placar de 108 a 103. As duas equipes voltam a se enfrentar nesta sexta (28), no Colorado. A vitória texana foi o último prego no caixão dos visitantes, agora matematicamente fora dos playoffs desta temporada após participarem dos dez últimos. Veja, a seguir, como foi o jogo:

Duncan foi o cestinha do jogo (NBAE/Getty Images)

Poupar? Que nada!

Quem esperava o Spurs poupando jogadores importantes quebrou a cara. O técnico Gregg Popovich não quis saber de conversa e iniciou o jogo com o quinteto habitual: Tony Parker, Danny Green, Kawhi Leonard, Tim Duncan e Tiago Splitter. Entre os titulares, quase todos jogaram ao menos 25 minutos – a exceção foi Danny Green, que saiu machucado no minuto final do terceiro período. O time texano chegou a liderar por 24 pontos, mas permitiu ao Nuggets reduzir para quatro. Mas isso já era tentar evitar o inevitável. O alvinegro venceu o jogo por 108 a 103 e deu a última martelada no caixão para a desclassificação do oponente.

Quatro dos cinco titulares terminaram o jogo com dez pontos ou mais. A exceção foi Kawhi Leonard, que fez oito. As equipes voltam se enfrentar nesta sexta-feira (28), em Denver.

Green saiu machucado, mas foi só um susto (NBAE/Getty Images)

Foi só um susto

Danny Green deu um susto na partida. No minuto final do terceiro período, o ala sentiu o que seria uma entorse no pé direito. Felizmente, o ala-armador passou por ressonância na tarde dessa quinta e não foi constatada nenhuma lesão, confirmando-o assim para a viagem a Denver.

Apesar do problema, o camisa #4 do Spurs terminou o jogo com 16 pontos (5-9 3PT), dois rebotes e um roubo de bola em 17 minutos.

Duncan e seus double-doubles

Tim Duncan foi poupado durante a vitória sobre o Golden State Warriors, o que foi o suficiente para o veterano. The Big Fundamental voltou a brilhar contra o Nuggets e, mais uma vez, terminou o jogo com duplos dígitos em pontos e rebotes.O ala-pivô deixou a quadra com 29 pontos, 13 rebotes (11 deles defensivos) e cinco assistências.

Quinze vitórias e contando…

Com o triunfo em cima do Nuggets, o Spurs chegou à sua 15ª vitória consecutiva neste campeonato. Além de ocupar o primeiro lugar da Conferência Oeste, com campanha de 55 triunfos e 16 derrotas, o time texano pode bater um recorde da própria franquia de partidas seguidas com resultados positivos: na temporada 1995/1996, a equipe de San Antonio chegou à marca de 17 jogos sem perder. Os próximos oponentes do alvinegro são o próprio Denver Nuggets, New Orleans Pelicans e Indiana Pacers… Será que rola?

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Tim Duncan – 29 pontos, 13 rebotes e 5 assistências

Danny Green – 16 pontos

Manu Ginobili – 10 pontos e 7 assistências

Tony Parker – 10 pontos, 6 assistências e 4 rebotes

Tiago Splitter – 10 pontos, 5 assistências e 4 rebotes

Denver Nuggets

Aaron Brooks – 25 pontos e 8 assistências

Kenneth Faried – 24 pontos e 10 rebotes

Timofey Mozgov – 14 pontos e 11 rebotes

Quincy Miller – 11 pontos e 4 rebotes