Spurs (51-16) @ Lakers (22-45) – Deu trabalho

125×109

O San Antonio Spurs teve mais trabalho que o esperado, mas confirmou o favoritismo diante do Los Angeles Lakers, em partida disputada nesta quarta-feira (19). Depois de um jogo equilibrado nos três primeiros períodos, o texanos deslancharam no último quarto e ficaram com a vitória no Staples Center, pelo placar de 125 a 109. Vamos aos destaques do duelo.

Parker foi o cestinha do jogo, com 25 pontos (Foto: NBAE/Getty Images)

Sem relaxar

Se no último encontro entre as equipes Tim Duncan, Manu Ginobili e Tony Parker não atuaram mais que 15 minutos cada, desta vez o Big Three não teve folga e precisou ficar muito tempo em quadra para garantir o triunfo. Eles atuaram, respectivamente, por 32, 33 e 22 minutos.

Pegado

Os 16 pontos de vantagem no placar final podem passar a impressão de um jogo fácil e tranquilo, mas não foi exatamente assim. Durante os três primeiros quartos, embora com o Spurs sempre na liderança, o Lakers permaneceu “na cola”. No intervalo, por exemplo, os texanos lideravam o placar pela vantagem mínima, 58 a 57. Somente no quarto e último período o time visitante se impôs, vencendo a parcial por 11 pontos de diferença (33 a 22).

Kawhi mostrou força ofensiva (Foto: NBAE/Getty Images)

Gente grande

Se inspirando em grandes nomes do passado, Kawhi Leonard teve atuação chave no confronto. Sem nenhuma grande ameaça no perímetro rival para marcar, o jovem, de 22 anos de idade, se soltou no ataque e foi o segundo cestinha da equipe, com 22 pontos. Ele ainda preencheu as estatísticas com dez rebotes, quatro assistências, dois roubos de bola e um bloqueio.

Trabalho coletivo

O Spurs é, possivelmente, a equipe com jogo mais coletivo em toda a NBA. E deu mais uma demonstração disso no Staples Center. Dos 50 arremessos convertidos, 34 saíram de assistências, um índice de 68%. O Lakers, por exemplo, somou 19 assistências em 39 arremessos certeiros, o equivalente a 48,7%.

Além disso, sete jogadores anotaram dez pontos ou mais: Tony Parker (25), Kawhi Leonard (22), Danny Green (16), Manu Ginobili (13), Tim Duncan (12), Tiago Splitter (10) e Marco Belinelli (10).

11 e contando

A vitória marcou o 11º triunfo consecutivo da equipe, a maior sequência do momento na NBA. E tudo indica que esse número ainda pode aumentar. O próximo compromisso do Spurs será com o Sacramento Kings, nesta sexta-feira (21), fora de casa.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 25 pontos e 5 assistências

Kawhi Leonard – 22 pontos, 10 rebotes e 4 assistências

Danny Green – 16 pontos (3-5 3PT)

Tim Duncan – 12 pontos, 16 rebotes e 6 assistências

Los Angeles Lakers

Xavier Henry – 24 pontos

Pau Gasol – 22 pontos, 10 rebotes e 6 assistências

Ryan Kelly – 14 pontos e 6 rebotes

Anúncios

Sobre Victor Moraes

Formado em Jornalismo no ano de 2012 pela Universidade Metodista de São Paulo. Fanático por esportes, sobretudo o basquete, passou pela redação do Diário Lance!, trabalhou na Liga Nacional de Basquete e no extinto Basketeria. Se orgulha de fazer parte da equipe do Spurs Brasil desde a criação em 2007.

Publicado em 20/03/2014, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s