Arquivo diário: 19/03/2014

Spurs (50-16) @ Lakers (22-44) – Temporada Regular

San Antonio Spurs @ Los Angeles Lakers – Temporada Regular

Data: 19/03/2014

Horário: 23h30 (Horário de Brasília)

Local: Staples Center

TV: ESPN

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,07 (favorito) @ Lakers 8,47

Primeira equipe da NBA a alcançar 50 vitórias na temporada, o San Antonio Spurs vem embalado por dez triunfos consecutivos, maior marca do momento em toda a liga. Mas, além dos bons resultados, o time texano tem jogado seu melhor basquete da temporada e tido atuações convincentes. Ao desmantelado Los Angeles Lakers, que já nada mais almeja na temporada, resta tentar oferecer o máximo de resistência possível. Porém, é difícil acreditar que a equipe angelina possa aprontar uma “zebra”, mesmo jogando diante de sua torcida.

Confrontos na temporada (2-0)

01/11/2013 – Spurs 91 x 85 Lakers

No segundo jogo da temporada, o Spurs jogou em sem Tim Duncan e mesmo assim não teve muitas dificuldades para bater um Lakers que já não contava com seu astro Kobe Bryant. Destaque para os 24 pontos de Tony Parker e os 20 de Manu Ginobilli, melhores em quadra.

14/03/2014 – Spurs 119 x 85 Lakers

Vitória tranquila do Spurs no AT&T Center. Contra um frágil e desmantelado Lakers, os texanos nem sequer precisaram de seus titulares por muito tempo em quadra. Tony Parker e Tim Duncan, por exemplo, atuaram por 14 e 15 minutos, respetivamente.

Aron Baynes

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – Tim Duncan

C – Tiago Splitter/Aron Baynes

Fique de Olho – Em uma partida que não deve ter um alto grau de dificuldade para o alvinegro de San Antonio, jogadores que costumam ter poucas chances  na rotação devem ter uma boa oportunidade para mostrar serviço. No duelo contra o mesmo Lakers na última semana, Baynes jogou por 18 minutos e se saiu bem, com 12 pontos e oito rebotes.

Kendall Marshall

PG – Kendall Marshall

SG – Jodie Meeks

SF – Wesley Johnson

PF – Ryan Kelly

C – Pau Gasol

Fique de Olho – Sem ter o que ainda disputar na temporada, o Lakers utiliza o restante dos jogos dos jogos como um “vestibular”, de olho em quem pode ser mantido para 2014/2015. E um que deve estar passando pelo crivo é Kendall Marshall. O armador estava sem time no início do campeonato, foi contratado de maneira emergencial no final de dezembro pelo time – que na ocasião estava desfalcado de todos seus jogadores da posição –  e atualmente é o vice-líder da NBA em assistências por jogo, com média de 9,4.

Anúncios

Leonard se inspira em lendas para evoluir ofensivamente

assinatura SA Br

Que Kawhi Leonard, em somente três temporadas, se tornou um dos grandes defensores da NBA, a maioria das pessoas já sabe. Entretanto, de acordo com reportagem do jornal americano San Antonio Express-News, o jovem ala do San Antonio Spurs vem sendo estimulado pelo técnico Gregg Popovich para aprimorar seu jogo no ataque, visando se preparar para um futuro próximo, em que poderá assumir um papel de protagonista no time texano. Com o auxílio do seu treinador, o camisa #2 vem buscando inspiração em grandes nomes do passado, como Michael Jordan, Scottie Pippen e Bruce Bowen.

Pop acha que Leonard deve arriscar mais no ataque (NBAE/ Getty Images/ D. Clarke Evans)

Aos 22 anos de idade, Kawhi Leonard já se tornou peça indispensável no esquema de Gregg Popovich. Uma prova disso é o fato da equipe não ter perdido uma partida sequer desde o retorno do camisa #2 após uma lesão na mão que o afastou das quadras em fevereiro – neste período, os texanos acumularam seis derrotas em 14 compromissos.

Fadeaway era uma das marcas de MJ (SI)

Entretanto, ocasionalmente o técnico Gregg Popovich cita, em tom bem-humorado, a necessidade de Leonard ser mais agressivo no ataque, local da quadra onde o jogador oscila dentro das partidas. Diante disso, o comandante resolveu mostrar a ele videos de lendas da posição, que podem auxiliar na evolução do seu jogo.

“Dar uma ideia do que existe e do que pode ser absorvido, mostrando que ele pode aspirar qualquer coisa. Isso que buscamos com o filme”, explicou Pop, em relação ao seu discípulo, ressaltando que trata-se de um aprendizado que “leva tempo”.

Leonard, por sua vez, diz que está aos poucos tentando pegar algumas técnicas. Os famosos fadeaways de Michael Jordan, por exemplo, têm recebido atenção especial do jogador, que já vem treinando especificamente essa técnica com a comissão técnica de San Antonio.

“Este movimento está ficando mais natural para mim. Quando estou mano a mano, com duas ou três fintas eu consigo arremessar e converter”, conta Leonard.

A leitura de jogo de Scottie Pippen, sobre o momento certo de arriscar um arremesso ou passar a bola a um companheiro, é outro ponto que o camisa #2 do Spurs vem observando.

Chuta Kawhi! (NBAE/Getty Images)

Chuta Kawhi! (NBAE/Getty Images)

“Eu tenho que avaliar as oportunidades que recebo e ver a situação da partida. Se o time fosse meu, eu não pararia de chutar”, brinca o novo xodó da torcida do Spurs.

Já do ex-spur Bruce Bowen, que tem sua camisa aposentada no teto do AT&T Center, ele espera receber conselhos mais pontuais, já que o ex-jogador possuía características semelhantes ao seu jogo, com a defesa sendo o ponto forte.

“Eu tenho 22 anos. Mais cedo ou mais tarde, (o ataque) vai acontecer para mim e jogarei diferente”, conclui Leonard, que, com a proximidade das prováveis aposentadorias de peças importantes do time, deverá ter a chance de assumir um protagonismo que, até então, ele não experimentou.