Arquivo diário: 17/03/2014

Spurs (50-16) vs Jazz (22-45) – 50 outra vez

104×96

O San Antonio Spurs alcançou sua décima vitória seguida ao superar o Utah Jazz pelo placar de 122 a 104, neste domingo (16), no AT&T Center. De quebra, pelo 15º ano consecutivo, os texanos alcançaram a marca de 50 triunfos na temporada, recorde na história da NBA. O time segue com a melhor campanha do torneio, ocupando a liderança da Conferência Oeste, com dois jogos de vantagem sobre o Oklahoma City Thunder. Vamos aos destaques da partida:

Manu foi decisivo na vitória tranquila do Spurs (NBAE/Getty Images/D. Clarke Evans)

Hermano inspirado e confiante

Mantendo o ritmo das últimas partidas, Manu Ginobili exibiu seu repertório de jogadas plásticas e comandou o triunfo diante do Jazz. O camisa #20 terminou como cestinha da equipe de San Antonio com 21 pontos, mostrando um aproveitamento excelente nos arremessos de quadra, convertendo oito em 11 tentativas (72,7%).

Ao final da partida, Ginobili alegou que vem jogando de forma mais agressiva nos últimos compromissos e boas esperanças aos seus fãs. “Estou me sentindo forte e saudável novamente. Estou tentando usar isso”, confessou o argentino.

Splitter anotou um duplo-duplo (NBAE/Getty Images/D. Clarke Evans)

Team is Everything

A equipe de Gregg Popovich mais uma vez mostrou a força do coletivo, com sete jogadores alcançando dígitos duplos de pontuação. Destaque para o pivô brasileiro Tiago Splitter, que conseguiu um double-double ao anotar 14 pontos e apanhar dez rebotes em 23 minutos, e para o francês Tony Parker, que marcou 18 pontos e distribuiu duas assistências em 26 minutos.

Tim Duncan não chegou ao double-double, porém também alcançou os dois dígitos de pontuação, com um alto aproveitamento nos chutes: sete acertos em dez tentativas. Dessa forma, ele contribuiu para que o Spurs alcançasse os 62,8% de acerto nos arremessos de quadra, melhor marca da franquia na temporada 2013/2014.

Potência que vem do banco

Um dos motivos para o “motor texano” não apagar nessa temporada vem sendo o banco de reservas, que mostrou mais uma vez porque é um dos mais efetivos da liga.

Dos 122 pontos do alvinegro, 58 vieram por meio dos suplentes, enquanto o banco do Jazz contribuiu com apenas 30. Além de Ginobili, destaque para Marco Belinelli (12 pontos, cinco rebotes e quatro assistências) e para o gatilho certeiro de Patty Mills, que converteu quatro de cinco chutes do perímetro que tentou e fechou a partida com 12 pontos e quatro assistências.

Próxima parada

O Spurs continua sua caminhada rumo aos playoffs na próxima quarta-feira, quando viaja para medir forças com o Los Angeles Lakes, no Staples Center.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Manu Ginobili – 21 pontos e 2 assistências

Tony Parker – 18 pontos e 7 assistências

Tim Duncan – 16 pontos, 6 rebotes e 6 assistências

Tiago Splitter – 14 pontos e 10 rebotes

Kawhi Leonard – 11 pontos, 6 rebotes e 3 assistências

Utah Jazz

Derrick Favors – 28 pontos, 10 rebotes

Gordon Hayward – 17 pontos, 6 rebotes e 6 assistências

Anúncios