Spurs (47-16) @ Bulls (35-29) – Primeiro tempo fulminante

104×96

Mesmo jogando fora de casa nesta terça-feira (11), o San Antonio Spurs atropelou o Chicago Bulls no primeiro tempo e abriu uma vantagem confortável, que durou até o fim. Foi a sétima vitória seguida dos comandados de Gregg Popovich, que agora terão o Portland TrailBlazers pela frente, nesta quarta. O próximo oponente do Bulls será o Rockers, na quinta.

Baynes, e não Duncan, contra Noah: reflexo do jogo (NBAE/Getty Images)

Vantagem

O Spurs construiu uma boa vantagem durantes o três primeiros quartos do jogo, chegando a liderar o placar por 32 pontos. Tony Parker, só no primeiro quarto, fez 16 pontos, tendo completado com apenas somente quatro no restante do duelo. O time texano manteve uma diferença de mais de 20 pontos ao fim de todos os três primeiros quartos. No último, já jogando com a equipe reserva, o Bulls conseguiu diminuir o estrago, mas nada que fizesse o técnico Gregg Popovich olhar para o banco e cogitar colocar algum titular em quadra.

Ginobili teve bela atuação de novo (NBAE/Getty Images)

Descanso

O bom de se conseguir uma vantagem tão grande durante uma partida é que os titulares ganham um descanso. Nenhum jogador do Spurs chegou a ficar em quadra mais do que 30 minutos. O tempo máximo, na verdade, foi de 28 minutos, de Kawhi Leonard. Tim Duncan ficou 27 minutos em quadra, enquanto Tony Parker esteve em atuação durante 24. Tiago Splitter e Danny Green, com 14 e nove minutos, respectivamente, mal atuaram e saíram zerados. Cinco jogadores do time texano terminaram o jogo com dois dígitos na pontuação.

Argentino 

Manu Ginobili teve mais uma atuação sólida. Se na vitória sobre o Orlando Magic o argentino havia contribuído com 24 pontos, dessa vez, em 20 minutos em quadra, o astro da equipe texana anotou 20 pontos, tendo acertado nove dos seus 11 arremessos de quadra. Da linha de três pontos, o ala-armador só errou um dos seus cinco arremessos arriscados.

 Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Manu Ginobili – 22 pontos

Tony Parker – 20 pontos e 9 assistências

Kawhi Leonard – 16 pontos e 9 rebotes

Marco Belinelli – 10 pontos e 4 rebotes

Patty Mills – 10 pontos e 3 assistências

Chicago Bulls

D.J. Augustin – 24 pontos e 4 assistências

Jimmy Butler – 23 pontos e 6 assistências

Joakim Noah – 13 pontos e 8 rebotes

Sobre Juliano Medeiros

Jornalista em formação, estagiário do Caderno Jogada, do Diário do Nordeste, fã do San Antonio Spurs e apaixonado por basquete.

Publicado em 12/03/2014, em Resumo de Jogos e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.