A vingança nunca é plena, mata a alma e envenena

Um rebote ofensivo.

Sim, foi um simples rebote ofensivo, restando 9,3 segundos para o fim do jogo 6 das finais do ano passado, pego por Chris Bosh, na Flórida, que determinou o bicampeonato do Miami Heat e fez grande parte da torcida do San Antonio Spurs xingar, reclamar, chorar ou até desmaiar. Milhares de torcedores do alvinegro estavam reunidos no Riverwalk prontos para comemorar o pentacampeonato da franquia em 14 anos, mas tiveram que voltar para suas casas com o sabor amargo da derrota. Muitos já pressentiam que provavelmente o título tivesse escapado ao fim da partida, na qual a equipe texana perdeu por 103 a 100.

Por que o rebote de Bosh foi determinante? Espera aí Adonis, esse foi só o jogo 6… O Spurs ainda teve os 48 minutos da última partida para reverter o resultado. Você está doido?

Torcedores lamentam a derrota na final (Eric Gay/AP)

Ok, vamos por partes. Primeiro, o rebote que Bosh pegou não alterou o placar, mas o ala-pivô passou a bola para Ray Allen – o melhor arremessador de 3 da história dos playoffs da NBA –, que, marcado de perto por Tony Parker, conseguiu converter a cesta de três pontos que empatou o jogo em 95 a 95 e o levou para a prorrogação. Antes do lance, muitos torcedores já se abraçavam e gritavam histericamente com a provável vitória do Spurs. A jogada foi um banho de água fria para o time texano, que perdeu o tempo extra por oito a cinco.

Quem já jogou esporte profissional e de alto nível sabe que, em um jogo decisivo, o fator mais importante para um atleta ou uma equipe é o psicológico. Estar tão perto de colocar as mãos na taça no jogo 6 foi frustrante para os jogadores, que não conseguiram encaixar seu melhor desempenho contra um inspirado Heat e sua inflamada torcida, que, depois do susto de quase perder, viram a chance de conquistar o bicampeonato na partida seguinte em um caldeirão chamado American Airlines Arena. O Spurs tinha condições técnicas de ganhar o jogo 7? Acho que sim. O Spurs tinha condições psicológicas de ganhar o jogo 7? Acho que não.

Neste domingo, é a primeira vez que o time texano irá voltar para a American Airlines Arena em um duelo de temporada regular, depois do jogo 7 das finais de 2013 – o Spurs perdeu para o Heat, fora de casa, na pré temporada por 121 a 96. Particularmente, eu acho que o duelo será um separador de águas para as ambições da franquia texana. Uma derrota significaria que realmente a equipe não tem aquele gás extra para competir contra as maiores potências.

Por outro lado, uma vitória mostraria que os “velhos” Tony Parker, Manu Ginobili e Tim Duncan ainda estão vivos, e ainda pensam em uma futura vingança…

Publicado em 25/01/2014, em Artigos. Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. Acredito que esse jogo não será um separador para os objetivos do spurs na temporada, afinal teremos desfalques importantes,1 deles alias que foi mto importantes nas finais da temporada passada ( K.Leonard ), mas com certeza uma vitória daria animo a equipe e aos torcedores para uma possível vingança nas finais desse ano.

    GO SPURS GO !

  2. Tales Trombetta

    Acho q atribuir esse titulo do Heat para o rebote é meio complicado, com certeza foi um dos pontos principais, porem não se pode esquecer q antes do shoot do Lebron que originou o rebote, K. Leonard estava na linha de lance livre para converter 2 pts, podendo abrir 4 pts e fazendo com q nem msmo uma bola de 3 salvasse o Heat, e se analisarmos os 5 minutos finais, vemos q quem estava com moral era o Spurs, a defesa vinha fazendo um trabalho sensacional, com steals, Duncan forçando aquela bola horrivel do Lebron, fastbreak score’s funcionando nas maõs do T. Parker, e msmo assim, K. Leonard errou.

  1. Pingback: Spurs (33-10) @ Heat (31-12) – Temporada Regular | Spurs Brasil

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s