Arquivo diário: 03/01/2014

Spurs (25-8) vs Knicks (10-21) – Sério?

101×105

O San Antonio Spurs recebeu o New York Knicks na noite da última quinta-feira (2) e, surpreendentemente, começou 2014 perdendo para um adversário que despenca na tabela. Com basicamente todo o elenco muito abaixo, o time texano acabou sendo derrotado por 105 a 101. Vamos ao que de melhor – ou não – aconteceu na partida.

Belinelli foi o grande destaque do Spurs (NBAE/Getty Images)

Que bonito, Bello!

Vamos começar com o único destaque positivo do Spurs na partida: Marco Belinelli. O italiano anotou impressionantes 32 pontos e foi o melhor jogador do time no duelo. Foram nada menos do que seis arremessos de três pontos convertidos em nove tentativas. A pontuação foi a maior do jogador em toda sua carreira na NBA. Ao seu lado, Manu Ginobili, com 11 pontos e 12 assistências, foi outro a se salvar do desastre.

Manu foi bem (NBAE/Getty Images)

Sem rebotes…

Novamente os rebotes voltaram a assolar o Spurs. Tim Duncan, em atuação muito abaixo da média para ele, coletou apenas sete deles e foi o melhor de todo o time no quesito. No placar geral, derrota por 40 a 34 e, como resultado, revés no duelo.

Tinha que ser contra o Spurs?

Tudo deu certo para um Knicks que vem fazendo tudo errado ao longo da temporada 2013/2014. E essa, na verdade, foi a chave da vitória nova-iorquina. Carmelo Anthony retornou de lesão e acertou 50% de seus arremessos de quadra, terminando a partida com ótimos 27 pontos e 12 rebotes. Mesmo número de pontos fez o ala-armador Iman Shumpert, outro que vinha jogando muito abaixo. Todos os aspectos que fazem com que o time nova-iorquino esteja na rabeira da tabela foram “esquecidos” nesta quinta-feira. Logo contra o Spurs…

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Marco Belinelli – 32 pontos (12-16 FG)

Manu Ginobili – 11 pontos e 12 assistências

New York Knicks

Carmelo Anthony – 27 pontos e 12 rebotes

Iman Shumpert – 27 pontos