Arquivo diário: 30/12/2013

Parker diz que quer ficar, mas pede novo contrato

Neste domingo, antes da vitória do San Antonio Spurs sobre o Sacramento Kings, Tony Parker foi questionado sobre seu futuro, já que surgiu o rumor de que o New York Knicks tem interesse em sua contratação. O astro da franquia texana disse, de acordo com reportagem do site oficial da NBA, que pretende continuar defendendo o alvinegro, mas deixou claro que quer uma extensão contratual e não descartou a possibilidade de jogar em outra agremiação.

Parker em ação no jogo com o Kings (NBAE/Getty Images)

Quando questionado sobre seu futuro com o Spurs, Parker afirmou que sua vontade é ficar.

“Se eu puder, sim. A história aqui mostra que eles sempre tomam conta dos jogadores. Fizeram isso com Tim Duncan e Manu Ginobili, então espero que o façam comigo também. No fim deste ano, eles terão que garantir minha próxima temporada, então, tecnicamente, talvez eu me torne um agente livre no verão”, disse Parker, ao jornal americano San Antonio Express-News.

Nesta temporada, Parker vai receber US$ 12,5 milhões do Spurs, maior salário do elenco. Ao fim do campeonato, a franquia texana terá a opção de garantir seu contrato por mais um ano, pelo mesmo valor. Porém, o armador francês deixou claro que quer mais do que isso.

“Eu não quero apenas uma garantia. Quero uma extensão, também”, afirmou.

Apesar da vontade de ficar, Parker não descartou a possibilidade de defender as cores de outra equipe da NBA. Vale lembrar que a offseason de 2015 marca o fim do contrato do astro com o Spurs as prováveis aposentadorias de Manu Ginobili, Tim Duncan e Gregg Popovich.

“Quero me manter otimista, mas, se não der certo, então não deu. Meu desejo é ficar e jogar aqui em toda a minha carreira, mas se Pop, Timmy e Manu não estiverem mais aqui, não sou contra ir para outro lugar”, declarou o astro da equipe de San Antonio.

Apesar de não descartar a ideia de sair, Parker diz que não pensa em pedir uma troca.

“Sequer cogito isso porque acho que Pop e Buford sempre tomam conta dos caras. Eles o fizeram com Timmy e Manu, então não vejo razão para não fazerem o mesmo comigo”, opinou.

Nesta temporada, Parker é o destaque do Spurs, com 18 pontos e 6,1 assistências em 30,7 minutos por jogo. Além de ser o cestinha da equipe, ele também é o líder nos passes decisivos.