Spurs (23-7) @ Mavericks (16-13) – Banco invejável

116×107

Em seu segundo jogo em duas noites, o San Antonio Spurs conseguiu uma importante vitória, fora de casa, contra o rival Dallas Mavericks. O time comandado por Gregg Popovich esteve na frente no placar durante praticamente toda a partida e chegou a tomar um susto no final, mas teve calma para fechar o jogo e garantir o resultado. Vindo do banco, Danny Green comandou a segunda unidade com 22 pontos. Tony Parker, com 23, foi o destaque dos visitantes. Dirk Nowitzki, que anotou 25, foi o cestinha da noite. No domingo, o alvinegro volta à quadra e recebe o Sacramento Kings. Já o Mavs viaja para enfrentar o Chicago Bulls, no sábado.

Parker foi o cestinha do Spurs (Getty Images)

Banco

A vitória do Spurs teve grande responsabilidade do banco do time. Os reservas que mais pontuam na liga atropelaram a segunda unidade do Mavs por 49 a 28. Danny Green, que recentemente foi colocado no banco, mostrou que se adequou ao novo papel e marcou 22 pontos. O ala-armador teve uma noite incrível nos arremessos, acertando todos os sete que tentou, sendo cinco deles da linha de três pontos. Apenas Jordan Hill e Chandler Parsons se igualam no feito de ter um jogo sem erros de arremessos e mais de vinte pontos.

Mais um duplo-duplo para Duncan (NBAE/Getty Images)

Último quarto

Com 5:30 para o fim do jogo, o Spurs vencia pela tranquila vantagem de 100 a 85. No entanto, pouco mais de um minuto e meio depois, a diferença já havia caído pra apenas três pontos. Perdas de bola e erros defensivos fizeram com que os momentos finais do jogo fossem de tensão para o torcedor dos visitantes. Monta Ellis foi responsável por 13 pontos no último quarto.

Aprendeu a ir para a linha 

Pode parecer uma estatística irrelevante, mas Tiago Splitter bateu o seu recorde de idas para a linha de lance livre. Foram 11 tentativas e oito acertos para o camisa #22 do Spurs. Duas coisas para comentar aqui. A primeira é que o pivô brasileiro sabe bem tomar a falta e isso está cada vez melhor. A segunda é que o seu lance livre se tornou um arremesso mais seguro. E pensar que já fizeram hack-a-Splitter no passado…

Sr. Duplo-Duplo

O jogador em atividade com o maior número de duplos-duplos adicionou mais um à sua marca. Tim Duncan, com 21 pontos e 13 rebotes, atingiu pela décima vez na temporada a marca de dois dígitos em dois fundamentos. No lado contrário, o ex-Spur DeJuan Blair também conseguiu o feito. Foram 14 pontos e 11 rebotes para o pivô, que tem sido titular no rival.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 23 pontos e 3 assistências

Danny Green – 22 pontos

Tim Duncan –  21 pontos e 13 rebotes

Tiago Splitter – 12 pontos e 6 rebotes

Dallas Mavericks

Dirk Nowitzki – 25 pontos e 5 rebotes

Monta Ellis – 23 pontos e 6 assistências

Vince Carter – 20 pontos e 3 assistências

DeJuan Blair – 14 pontos e 11 rebotes

Anúncios

Sobre Juliano Medeiros

Jornalista em formação, estagiário do Caderno Jogada, do Diário do Nordeste, fã do San Antonio Spurs e apaixonado por basquete.

Publicado em 27/12/2013, em Resumo de Jogos e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. 6 Comentários.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s