Spurs (19-4) @ Jazz (6-20) – Mais uma na conta

100×84

O San Antonio Spurs segue com sua rotina de vencer facilmente os times mais fracos da temporada 2013/2014 da NBA. Na noite deste sábado (14), a franquia texana visitou o Utah Jazz, lanterna da Conferência Oeste, pela segunda vez no campeonato e obteve sua segunda vitória contra o adversário. A seguir, vamos aos destaques da partida.

Parker fez mais uma partida sólida (Melissa Majchrzak/NBAE/Getty Images)

Lenda viva

Depois de um começo de temporada um pouco abaixo da média, Tim Duncan segue fazendo história com a camisa do Spurs. Diante do Jazz, o ala-pivô anotou 22 pontos (9-17 FG, 4-6 FT) e 12 rebotes em apenas 28:40 minutos. Em sua carreira na NBA, The Big Fundamental disputou 1.412 jogos e deixou a quadra com ao menos 20 pontos e dez rebotes em 578 – ou seja, em cerca de 40,9% deles. Uma verdadeira lenda viva.

Duncan segue fazendo história (Melissa Majchrzak/NBAE/Getty Images)

Aguardando uma chance

Contra o Utah Jazz de Derrick Favors e Enes Kanter, Aron Baynes atuou por 16:46 minutos e anotou nove pontos (4-8 FG, 1-1 FT) e oito rebotes. Com o pivô em quadra, o Spurs teve saldo de 11 pontos positivos, terceira melhor marca de todo o elenco, atrás somente de Boris Diaw (+23) e Tony Parker (+14) e empatado com Kawhi Leonard. O australiano, que já havia jogado durante a vitória sobre o Toronto Raptors de Jonas Valanciunas, vem provando ser uma boa opção para combater jogadores mais físicos no garrafão e ajudou a sanar a falta que Tiago Splitter faz.

Tocos para que?

Contra o Jazz, o Spurs obteve apenas um toco, dado por Danny Green, contra 11 do adversário. Mesmo assim, a franquia texana teve aproveitamento de 46,6% nos arremessos de quadra, contra 39,3% do oponente. Isso mostra que a defesa do alvinegro de San Antonio é construída para forçar tiros difíceis e/ou contestados, e não para bloqueá-los.

Mais uma chance

O Spurs, que na temporada soma derrotas para Portland TrailBlazers, Oklahoma City Thunder, Houston Rockets e Indiana Pacers, terá uma chance de acabar com sua sina negativa contra equipes mais fortes. Na madrugada de segunda para terça-feira, em busca de sua vigésima vitória na temporada, o time texano visita o Los Angeles Clippers, quarto colocado no Oeste, no Staples Center, a partir de 1h30 (de Brasília).

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Tim Duncan – 22 pontos, 12 rebotes e 3 assistências

Tony Parker – 15 pontos, 7 assistências e 5 rebotes

Kawhi Leonard – 13 pontos, 3 rebotes e 2 roubos de bola

Marco Belinelli – 11 pontos e 3 rebotes

Patrick Mills – 11 pontos e 3 rebotes

Utah Jazz

Trey Burke – 20 pontos e 5 assistências

Gordon Hayward – 18 pontos, 5 assistências, 5 rebotes e 2 roubos de bola

Marvin Williams – 10 pontos, 7 rebotes e 3 tocos

Anúncios

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil, seu maior orgulho na carreira jornalística. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é redator do UOL. Cobriu o basquete olímpico na Olimpíada de 2016 pelo LANCE!. Trabalhou também para Basketeria e mob36.

Publicado em 15/12/2013, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s