Arquivo diário: 01/12/2013

Spurs manda De Colo e Baynes para o Toros

Neste domingo (1º), o San Antonio Spurs anunciou, por meio de seu site oficial, que enviou Nando De Colo e Aron Baynes para o Austin Toros, equipe da D-League, a Liga de Desenvolvimento da NBA, filiada à franquia texana. Os dois estarão disponíveis no jogo deste domingo, contra o Delaware 87ers, o primeiro do time em casa na temporada 2013/2014.

Baynes vai defender o Toros (D. Clarke Evans/NBAE/Getty Images)

De Colo e Baynes estão entre os três jogadores que menos receberam minutos de quadra pelo Spurs neste início de temporada 2013/2014 da NBA. O francês totaliza 54, contra 80 do australiano, que tem a mesma quantidade do armador canadense Cory Joseph.

Até aqui, De Colo disputou seis jogos, apresentando médias de 2,7 pontos, 1,7 assistências e 1,7 rebotes em 9,1 minutos por exibição. Baynes, por sua vez, entrou em quadra em dez oportunidades, sustentando 1,5 pontos e 2,2 rebotes em 8,1 minutos por partida.

O Toros começou a temporada com duas derrotas nos primeiros jogos e ainda não venceu.

Anúncios

Spurs (14-3) vs Rockets (13-5) – Mais uma derrota

106×112

O San Antonio Spurs continua com sua sina de se complicar contra times mais qualificados na temporada 2013/2014. Na noite deste sábado (30), o alvinegro recebeu o Houston Rockets no AT&T Center e foi derrotado, repetindo o resultado que obteve contra o Portland TrailBlazers e o Oklahoma City Thunder. Apesar do revés, o time da casa – que, para ser justo, já venceu o Golden State Warriors e o Memphis Grizzlies neste campeonato – segue na liderança da Conferência Oeste. Confira, a seguir, os principais pontos do clássico texano.

Parker foi o cestinha do Spurs (NBAE/Getty Images)

Opção correta?

Por conta das características do Rockets, o técnico Gregg Popovich escalou Boris Diaw entre os titulares no jogo ao lado de Tim Duncan, deixando Tiago Splitter no banco de reservas. A verdade é que a opção não pareceu ser correta. Ao longo da partida, o time de Houston coletou 54 rebotes – sendo 16 de Terrence Jones e 11 de Dwight Howard, que formaram a dupla titular – contra apenas 33 da equipe da casa. No minuto final, a incapacidade do alvinegro de San Antonio em coletar um ressalto defensivo ajudou a definir o resultado.

Belinelli foi bem novamente (NBAE/Getty Images)

Reação inútil

Em determinado ponto do jogo, no segundo período, o Spurs chegou a estar perdendo por 23 pontos de diferença. A equipe de San Antonio mostrou poder de reação e conseguiu até mesmo ficar em vantagem no último quarto, mas, nos minutos finais, faltou perna e a jovem equipe do Rockets acabou levando a melhor.

Pontos positivos

Apesar da derrota, o banco de reservas do Spurs voltou a se destacar. Manu Ginobili distribuiu 11 assistências na partida, superando sua melhor marca da temporada, e Marco Belinelli anotou 18 pontos, convertendo quatro dos seis arremessos de três que tentou e mantendo sua eficiência na hora de pontuar. O italiano acertou, na temporada, 56,5% das bolas de longa distância que tentou e é o líder de toda a NBA no fundamento.

Próxima chance

Para colocar fim à sina contra equipes mais fortes, o San Antonio Spurs vai enfrentar em casa, no sábado, o Indiana Pacers, líder da Conferência Leste. Antes disso, a equipe texana recebe o Atlanta Hawks nesta segunda-feira e visita o Minnesota Timberwolves na quarta.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 27 pontos, 8 assistências e 6 rebotes

Tim Duncan – 20 pontos, 8 rebotes, 3 assistências e 3 tocos

Marco Belinelli – 18 pontos e 3 rebotes

Houston Rockets

James Harden – 31 pontos, 7 rebotes e 6 assistências

Chandler Parsons – 25 pontos, 5 assistências, 3 rebotes e 2 roubos de bola

Dwight Howard – 13 pontos e 11 rebotes