D-League 2013/2014: Toros e a primeira semana

Grande dia para os torcedores do San Antonio Spurs. Nesta semana, eu voltarei com minha coluna para falar sobre resultados e notícias sobre nosso querido Austin Toros, o time da D-League, a Liga de Desenvolvimento da NBA, filiada à franquia texana.

Toros, de Howard, começou a temporada (Reprodução/nba.com/dleague/austin/)

Começando a falar um pouco sobre essa temporada, apresentarei a seguir os números de cada jogador do elenco nos três primeiros compromissos do time. Vamos lá:

Terrance Woodbury:

Posicão: Ala-armador
Estatísticas: 11 pontos e 3,4 rebotes por jogo.

Cameron Benerman:

Posicão: Armador
Estatísticas: 13,3 pontos, 2,8 rebotes e 1,8 assistências por jogo

Jazwyn Cowan:

Posicão: Ala-pivô
Estatísticas: 7,3 pontos e 6,7 rebotes por jogo

Eric Dawson:

Posicão: Ala-pivô
Estatísticas: 12,3 pontos e 7,3 rebotes por jogo

Courtney Fells:

Posição: Ala-armador
Estatísticas: 15 pontos, cinco rebotes e duas assistências por jogo

Kyle Hunt:

Posição: Ala-pivô
Estatísticas: Quatro pontos e 2,5 rebotes por jogo

Myck Kabongo:

Posição: Armador
Estatísticas: Ainda não atuou

Tre Kelley:

Posição: Armador
Estatísticas: 11,6 pontos, 4,6 assistências e 2,4 rebotes por jogo

Ronald Murray:

Posição: Armador
Estatísticas: 10,6 pontos, 2,8 assistências e 2,8 rebotes por jogo

Jonathan Simons:

Posição: Ala-armador
Estatísticas: 11,5 pontos e cinco rebotes por jogo

Lembrando que os dados são retirados do site oficial da D-League. Por isso, em alguns casos as médias podem variar, pois a base de dados ainda não está totalmente alimentada.

Prosseguindo com a coluna, apresentarei o principal nome da equipe para a temporada, e único aparentemente elegível a atuar pelo Spurs.

Josh Howard

Contratado pela franquia de San Antonio, e posteriormente enviado para o Austin Toros, Josh Howard vem para o time de Cedar Park se recuperar de uma lesão e pegar ritmo de jogo, pois não é mais um jovem, e aprender o modo de jogar da equipe de Gregg Popovich.

Suas médias durante a carreira na NBA são de 14,3 pontos, 5,7 rebotes e 1,6 assistências em 30,3 minutos por exibição. Em sua última temporada na liga (2012/2013), atuando pelo Minnesota Timberwolves, apresentou médias de 6,7 pontos e 3,3 rebotes em 18 minutos por partida. Portanto, como citado acima, é um jogador que veio para o Texas provavelmente com o intuito de se juntar a Tony Parker e companhia.

Início da temporada e pré-temporada

Esse que vos fala confessa que não teve tempo para assistir às três partidas que iniciaram a caminhada do Toros na temporada. Peço desculpas e prometo que não ocorrerá novamente. Entretanto, irei passar os resultados para que fiquem a par do desempenho da equipe:

Austin Toros – 111 @ 118 – Rio Grande Valley Vipers (Pré-temporada)
Austin Toros – 102 @ 121 – San Cruz Warriors
Austin Toros – 103 @ 117 – San Cruz Warriors

Vejam que continuamos, infelizmente, fregueses dos Warriors – eles eliminaram os texanos nos playoffs da temporada passada da D-League.

Finalizando a coluna, digo que as próximas colunas passarão melhor como foi cada partida e os destaques do time. Grande abraço!

Anúncios

Sobre Vinicius Nordi Esperança

Mestrando da UFSCar. Desenvolvedor web. Spursnático e Palmeirense sofredor. email: viniciusnordiesperanca@gmail.com

Publicado em 29/11/2013, em Parada Austin. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s