Spurs (8-1) vs Wizards (2-6) – Banco se destaca

92x79

O San Antonio Spurs teve ajuda do seu banco para superar o Washington Wizards, na noite desta quarta-feira (13), no AT&T Center, casa da franquia texana. Os reservas contribuíram com 49 pontos dos 92 marcados pelos donos da casa. O time visitante, por sua vez, só foi capaz de marcar 79. A defesa da equipe preto e prata limitou os representantes da capital americana a 36% de acerto dos arremessos de quadra. Veja, a seguir, os detalhes do duelo.

Parker voltou a ser o cestinha do time (NBAE/Getty Images)

Banco forte

Não que os titulares não tenham jogado bem, já que Tony Parker fez 16 pontos, Kawhi Leonard contribuiu com 13 e Tiago adicionou mais 12, mas o banco é que fez o placar final ser favorável ao Spurs. Com 10 pontos de Manu Ginóbili, 15 de Boris Diaw e mais 10 de Marco Bellineli, a segunda unidade do time texano se destacou ao longo da partida.

Na contra-mão, Tim Duncan e Danny Green não foram nada bem. O ala-pivô fez somente dois pontos, acertando apenas uma das suas 12 tentativas de arremesso de quadra. Já o ala-armador saiu zerado, errando as três chances que teve do perímetro.

Diaw fez mais um bom jogo (NBAE/Getty Images)

Atropelando

Nos últimos três jogos, o Spurs terminou com três vitórias e uma vantagem média de 22 pontos. Além do triunfo sobre o Wizards, New York Knicks e Philadelphia 76ers foram as outras vítimas do time de San Antonio.

Defesa 

A defesa do Spurs conseguiu para o jovem armador John Wall. O atleta, que chegou ao jogo com uma média de 9,6 assistências por jogo, distribuiu apenas três. Além disso, ele só acertou cinco arremesses de quadra em 19 tentativas. O Wizards como um todo converteu apenas 33 arremessos de 91 tentados (36,3%).

“Nós sabíamos que tínhamos que parar caras como John Wall e Bradley Beal, pois eles tem jogado muito bem ultimamente. Acho que nosso time foi bem em defesa de pick-and-roll e contra-ataque. Acho que estamos onde queríamos estar defensivamente”, disse Parker.

San Antonio Spurs

Tony Parker –  16 pontos

Boris Diaw – 15 pontos e 5 rebotes

Kahwi Leonard – 13 pontos

Tiago Splitter – 12 pontos e 9 rebotes

Marco Belinelli – 10 pontos e 8 assistências

Manu Ginobili –  10 pontos e 6 rebotes

Washington Wizards

Martell Webster – 21 pontos e 10 rebotes

Bradley Beal – 19 pontos

John Wall – 14 pontos e 8 rebotes

Sobre Juliano Medeiros

Jornalista em formação, estagiário do Caderno Jogada, do Diário do Nordeste, fã do San Antonio Spurs e apaixonado por basquete.

Publicado em 14/11/2013, em Resumo de Jogos e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. 4 Comentários.

  1. danilovboas

    Até a aposentadoria do Timmy e do Manu nós vamos ver esse Spurs. O time todo jogando bem, ninguém se destacando acima dos outros. Cada vez mais a diferença entre a primeira e as outras unidades vai diminuir, não como sinal da queda de rendimento da primeira, mas sim como mostra da evolução das secundárias. Esperem um Duncan sendo Duncan das últimas rodadas da temporada regular até o fim dos playoffs apenas.
    Claro que ele jogando na manha ainda é um grande jogador, mas tenho certeza que ele, o Manu e o Parker, principalmente, vão se poupar ao máximo, mais do que nunca, nessa temporada regular.

  1. Pingback: Uniforme especial de Natal da NBA é lançado | Spurs Brasil

  2. Pingback: Sinal amarelo para Duncan? | Spurs Brasil

  3. Pingback: Spurs (35-13) @ Wizards (24-23) – Temporada Regular | Spurs Brasil

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s