Spurs (5-1) vs Warriors (4-2) – Liderança mantida

76×74

Na noite desta sexta-feira (8) San Antonio Spurs e Golden State Warriors entraram em quadra como as duas equipes de melhores campanhas na Conferência Oeste. Só uma poderia sair de quadra desta maneira. E foi o time texano! Jogando em casa, o alvinegro segurou a tentativa de reação do time da Califórnia nos minutos finais da partida, após série de erros dois dois lados, e venceu por 76 a 74, mantendo-se na liderança. Confira, a seguir, como foi o duelo.

Leonard estava calibrado nos arremessos (NBAE/Getty Images)

Sufoco no final

Tony Parker, cestinha do Spurs no jogo, anotou sete dos seus 18 pontos no quarto período e foi peça fundamental para a vitória da equipe texana. Porém, restando 16 segundos para o fim da partida e com o placar já mostrando 76 a 74 para os donos da casa, o armador francês errou seus dois lances livres, perdendo a chance de matar o jogo. Com isso, o Warriors teve duas chances de empatar. Na primeira, Andrew Bogut tentou o passe para Klay Thompson, mas Manu Ginobili desviou a bola para fora. Na segunda, Andre Iguodala tentou a infiltração, mas o arremesso do ala-armador deu aro.

Parker foi o cestinha do time (NBAE/Getty Images)

Leonard preciso

Como visto pelo placar baixo, a pontaria não foi o ponto forte do jogo no AT&T Center. Parker, que fez 18 pontos, acertou sete dos 14 arremessos que tentou. Duncan, que anotou oito, converteu três em 11. E Ginobili, que deixou a quadra com seis, também derrubou somente três de 11. Mas Kawhi Leonard foi um oásis em meio ao deserto. O ala titular do Spurs acertou seis dos oito tiros que tentou, deixando a quadra com 13 pontos e sendo um dos únicos dois jogadores do time da casa a ter chegado aos dígitos duplos, ao lado do francês.

E o garrafão?

A dupla de pivôs titular do Warriors superou a do Spurs na coleta de ressaltos. Foram 13 para Bogut e dez para David Lee, contra oito de Splitter e apenas quatro de Tim Duncan. Por sorte, o time da casa contou com a ajuda de jogadores de perímetro como Leonard, que coletou sete, e Danny Green, que apanhou seis, para perder a batalha nas tabelas “apenas” por 45 a 42.

Incorporado

O Warriors não contou com Stephen Curry, machucado, no jogo. Mas Toney Douglas, que veio do banco de reservas, pareceu ter incorporado o espírito do armador. Foram 21 pontos, com apenas 14 arremessos, em menos de 28 minutos. Por sorte, o técnico Mark Jackson resolveu não utilizá-lo nos minutos finais, e outras armas do time californiano, como Klay Thompson (11 pontos) e Andre Iguodala (nove), foram bem neutralizadas.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 18 pontos, 5 rebotes e 4 assistências

Kawhi Leonard – 13 pontos, 7 rebotes e 4 roubadas de bola

Golden State Warriors

Toney Douglas – 21 pontos

David Lee – 13 pontos, 10 rebotes e 3 assistências

Anúncios

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil, seu maior orgulho na carreira jornalística. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é redator do UOL. Cobriu o basquete olímpico na Olimpíada de 2016 pelo LANCE!. Trabalhou também para Basketeria e mob36.

Publicado em 09/11/2013, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 7 Comentários.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s