Spurs (3-4) vs Rockets (5-1) – Agora é para valer!

92×109

Acabou a pré-temporada para o San Antonio Spurs. Na noite desta quinta-feira (24), a equipe texana, jogando em casa, perdeu para o Houston Rockets por 109 a 92 e encerrou a fase com três vitórias em sete jogos, sendo apenas dois triunfos contra times da NBA – o que não chega a ser preocupante, já que as rotações costumam ser desfiguradas durante a preparação. Agora, a próxima vez que o alvinegro entrar na quadra será na quarta-feira, de novo no AT&T Center, contra o Memphis Grizzlies, para dar largada à campanha rumo ao penta.

Duncan x Howard: Duelo que promete (D. Clarke Evans/NBAE/Getty Images)

O ala reserva é francês

Desde a dispensa de Stephen Jackson, o Spurs não tem um ala de ofício para a reserva de Kawhi Leonard. Contra o Rockets, o técnico Gregg Popovich deu mostras de que Boris Diaw deve herdar alguns minutos na posição. Com o camisa #2 poupado, o comandante resolveu usar o francês improvisado como titular na posição. Em pouco mais de 27 minutos, o jogador deixou a quadra com sete pontos, cinco assistências, três rebotes e duas roubadas de bola. Manu Ginobili também foi preservado pelo treinador e não atuou.

Baynes foi o destaque do time (D. Clarke Evans/NBAE/Getty Images)

Rival forte

Aparentemente, o Spurs terá, novamente, um rival texano forte, pela primeira vez desde as históricas séries de playoffs contra o Dallas Mavericks. Com a chegada de Dwight Howard, o Rockets ganhou um bom nome para complementar James Harden, Chandler Parsons e companhia. Ainda é preciso resolver algumas questões. Quem será o armador titular? Patrick Beverley, que começou contra o Spurs, ou Jeremy Lin? E no garrafão? Omer Asik vai ser mantido no time? Ou Omri Casspi, Terrence Jones e Donatas Motiejunas atuarão mais afastados da cesta? Se conseguir resolver essas dúvidas rapidamente, o time de Houston deve vir forte para a temporada regular.

E os rebotes?

Jogando contra um time alto, que teve Parsons, Howard e Asik como titulares, o Spurs voltou a mostrar a velha e conhecida deficiência na coleta de rebotes. No AT&T Center, o time de Houston pegou 51, contra somente 41 dos donos da casa.

Contribuíram para a estatística as atuações discretas de Tim Duncan, com seis pontos e oito rebotes em 23 minutos, e Tiago Splitter, com sete pontos e cinco rebotes em 18 minutos.

Olho nele!

Em meio a atuações discretas da maioria dos jogadores do Spurs, Aron Baynes voltou a se destacar. O pivô australiano deixou a quadra com 16 pontos, seis rebotes e dois tocos em apenas 21 minutos, acertando oito dos 13 arremessos de quadra que tentou. Com isso, ele termina a pré-temporada em alta para brigar por alguns minutos na rotação do garrafão.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Aron Baynes – 16 pontos, 6 rebotes e 2 tocos

Danny Green – 12 pontos e 2 roubadas de bola

Marco Belinelli – 12 pontos

Houston Rockets

James Harden – 22 pontos, 11 assistências, 3 rebotes e 2 roubadas de bola

Omri Casspi – 16 pontos e 3 rebotes

Chandler Parsons – 16 pontos

Dwight Howard – 15 pontos, 16 rebotes e 2 tocos

Anúncios

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil, seu maior orgulho na carreira jornalística. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é redator do UOL. Cobriu o basquete olímpico na Olimpíada de 2016 pelo LANCE!. Trabalhou também para Basketeria e mob36.

Publicado em 25/10/2013, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s