Arquivo diário: 23/09/2013

Para o próximo ano…

20130811-104621-PM.jpg

… o retorno de Becky Hammon e Sophia Young deve trazer de volta a realidade de um San Antonio Silver Stars homogêneo, cujos talentos evoluem em ritmo acelerado;

Por um retorno em paz! (Reprodução/wnba.com/silverstars)

… Sophia Young deve continuar na equipe. Provavelmente, SE o Silver Stars se pronunciar (em relação às suas afirmações anti-homossexualismo), será algo em torno do que já foi dito: a franquia respeita a opinião da jogadora, mas não compartilha dela, e preza pela igualdade;

… a base da equipe deve se manter a mesma, até porque não há motivo para mudanças drásticas. No Draft, uma pivô provavelmente será escolhida para preencher essa carência;

… Jayne Appel deve evoluir ainda mais. Confesso que a loira tem me impressionado bastante com as suas atuações. Seus rebotes melhoraram, mas as finalizações ainda são precárias;

… Dan Hughes continua em sua posição como técnico e gerente geral da franquia.

Com o fim da temporada, o Silver Stars entra de férias sonhando com a recuperação em 2014 e uma amnésia para apagar esse ano da memória. No entanto, mesmo com a campanha abaixo da crítica, não há motivos para considerar que se trata de uma equipe ruim. No entanto, certamente não está entre as mais fortes, principalmente com nomes como Lauren Jackson e Sue Bird, que voltam para um Seattle Storm igualmente desfalcado, uma vez que Tina Thompson se aposentou – sua última partida foi neste domingo (22), quando o time da cidade chuvosa foi eliminado dos playoffs pelo Minnesota Lynx.

Confesso que essa sensação de “fim de campeonato antecipado” é estranha. O time de San Antonio tem presença marcada na segunda fase da competição há um longo tempo, e não vê-lo participando da hora do “vamo vê” é meio desanimador. Mas minhas expectativas para com as novidades e a renovação de ânimo para o próximo ano estão altas.

E é nesse clima que me despeço de vocês!

Enquanto isso, podemos nos falar pelo Twitter, para comentar sobre a WNBA, basquete feminino, outros esportes e muitas outras coisas.

Agradeço especialmente à equipe do Spurs Brasil, que pelo terceiro ano seguido cedeu esse espaço tão importante para a propagação do basquete feminino por meio do Silver Stars. É uma honra participar dessa equipe!

Parker diz que virá ao Rio, mas põe Mundial em dúvida

A passagem de Tony Parker pela seleção francesa neste ano rendeu os melhores resultados possíveis. Campeão e MVP do Eurobasket, disputado na Eslovênia, e eleito o segundo melhor jogador europeu da história, o armador, no entanto, não sabe se vai voltar a defender a equipe nacional no ano que vem. Segundo reportagem do site americano HoopsHype, o camisa #9 se colocou como dúvida para o Mundial, que terá a Espanha como sede.

Parker se disse cansado depois da maratona (FIBA Europe/Castoria/Ceretti)

Parker se disse cansado depois da maratona (FIBA Europe/Castoria/Ceretti)

Segundo reportagem do site francês Catch and Shoot, Parker afirmou que pretende disputar o ciclo das Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016, jogando também o classificatório um ano antes, mas lembrou de sua condição física para não confirmar presença no Mundial.

“Para ser honesto, não sei ainda. Em 2015 e 2016, eu com certeza vou jogar. Mas, no ano que vem, vai depender de como eu estiver me sentindo”, declarou Parker.

“Foi muito difícil para mim fisicamente. Estou muito cansado agora. Foi uma temporada longa, então é difícil para mim dizer se vou jogar no ano que vem”, completou o armador.

Vale lembrar que, com o San Antonio Spurs, Parker foi até o jogo 7 da final da NBA, que acabou tendo o Miami Heat como campeão, sofrendo com problemas físicos. Já com a França, durante a preparação para o Eurobasket, o armador voltou a sofrer com dores.