Arquivo diário: 05/09/2013

Ryan Richards vai jogar em equipe árabe

Mais um prospecto ligado ao San Antonio Spurs decidiu em qual equipe vai jogar na temporada 2013/2014 da NBA. De acordo com reportagem do site americano Project Spurs, Ryan Richards vai atuar no Al Nasr Dubai, time dos Emirados Árabes Unidos. A informação foi veiculada em primeira mão pelo site HoopsRumors.

Richards vai jogar nos Emirados Árabes (Reprodução/Destino Riverwalk)

Richards, ala-pivô britânico (naturalizado jamaicano) de 22 anos de idade e 2,13m de altura, terminou a última temporada no BC Zepter Vienna, da Áustria, apresentando médias de 16,7 pontos (48,3% FG, 31,9% 3 PT, 75,9% FT) e 5,4 rebotes em 26,2 minutos pelo time.

O jogador, selecionado pelo Spurs na 49ª escolha do Draft de 2010, disputou a Summer League deste ano com a equipe texana, obtendo, em média, 5,5 pontos (52,6% FG e 50% 3 PT) e 1,5 rebotes em 7,8 minutos por jogo.

Splitter divulga comunicado após eliminação do Brasil

A Seleção Brasileira masculina de basquete foi eliminada da Copa América com quatro derrotas em quatro jogos, caindo já na primeira fase da competição, disputada em Caracas (VEN), e agora depende de um convite para jogar o Mundial do ano que vem, que acontecerá na Espanha. Após o revés da equipe nacional, Tiago Splitter, pivô do San Antonio Spurs, publicou um comunicado por meio de seu perfil pessoal no Twitter.

Dessa vez, Splitter não esteve na Seleção (Pool/Getty Images)

O jogador, aparentemente, falou em resposta ao técnico Rubén Magnano, que culpou os jogadores que pediram dispensa da Seleção pelo fiasco em Caracas. Splitter, que havia se encontrado com Magnano em abril mas depois decidiu não jogar a Copa América, lembrou de quando se apresentou à equipe nacional mesmo vivendo problemas físicos ou pessoais.

Confira, a seguir, o comunicado de Splitter na íntegra: 

“Queria mandar um forte abraço a todos companheiros da seleção Brasileira! Sei que deram o máximo dentro da quadra! Sao grandíssimos jogadores e com muita experiência nos campeonatos mais importantes do planeta. Por um ou outro motivo a coisa nao deu certo.

Alguns falaram que a culpa foi dos jogadores que não foram. Com relação a minha pessoa , realmente dificil de entender depois de 13 anos representando meu pais! … Lembro que quando nao estava na minha melhor forma e totalmente no sacrifício, fui criticado por jogar abaixo do que podia…

Lembro que quando nasceu meu filho fui diretamente aos treinamentos e passei os primeiros 2 meses longe da familia…

Lembro que quando minha irmã estava vivendo seu ultimos dias de vida , lá estava eu, representando meu país!

Sempre ganhamos juntos e principalmente perdemos juntos. Foram muitas vitórias e várias derrotas doídas. Na derrota é onde nos conhecemos melhor e nunca qualquer um de nós apontou o dedo para o outro , ao contrário, nos uníamos mais ainda.

Sei exatamente como estão se sentindo meus companheiros de seleção depois de passarem mais de 50 dias longe da familia, em regime de concentração, treinando. Terão sempre a minha solidariedade e apoio que sempre tive de todos eles. 

Em alguns meses estaremos todos juntos outra vez. Agora é a hora de refletir e pensar em um futuro melhor.

Minha trajetória na seleção sempre foi pautada no respeito, sinceridade, comprometimento e coragem. Somente a total falta de conhecimento poderia gerar estas declarações deslocadas da realidade.

Tiago Splitter” (sic)