Arquivo diário: 04/07/2013

Contrato de Ginobili seria de US$ 14 milhões

Nesta quarta-feira (3), Manu Ginobili informou, por meio de seu Twitter pessoal, que renovou o seu contrato com o San Antonio Spurs por duas temporadas. O ala-armador argentino não disse, no entanto, quanto receberia no período. Porém, de acordo com Adrian Wojnarowski, jornalista do Yahoo! Sports, o vínculo vai pagar um total de US$ 14 milhões.

Manu fica por mais dois anos (NBA/Getty Images)

Ginobili deve receber exatamente US$ 7 milhões por temporada – ou seja, acertou para dividir os US$ 14 milhões igualmente, sem aumento ou decréscimo salarial. Com este valor, o Spurs deve ter mais dificuldades para contratar do que o imaginado.

Com o acerto com Ginobili, que sucedeu a renovação do contrato de Tiago Splitter, o Spurs deve passar dos US$ 57,8 milhões na folha salarial para a próxima temporada. O limite para que uma franquia não pague multas será US$ 58,5 milhões e a equipe de San Antonio ainda não renovou com Gary Neal, mesmo exercendo sua opção e tornando-o agente livre restrito.

Por isso, se quiser contratar, o Spurs provavelmente terá de usar a mid-level exception, cláusula que permite que franquias acima do teto salarial contratem jogadores. Como também estourou o teto na temporada anterior, a equipe de San Antonio poderá oferecer um total de até US$ 3 milhões em salários, com contratos que durem no máximo três temporadas.

Veja quem pode chegar e quem pode deixar o San Antonio Spurs