SOS

De fato, a situação está feia para o San Antonio Silver Stars. Eu gostaria muito de trazer boas notícias aos leitores nesta semana, mas o quadro lá no Texas não está muito bonito.

Davellyn White foi uma das poucas atletas em quadra neste domingo (Reprodução/wnba.com/silverstars)

Uma imagem clara dessa má fase do Silver Stars foi o elenco escalado para o jogo deste domingo (30), contra o Atlanta Dream. A começar pelas jogadoras que ficaram de fora da quadra, já é possível formar quase um bom time inteiro: Becky Hammon, Sophia Young, Shenise Johnson, DeLisha Milton-Jones e Jayne Appel.

Hammon segue se recuperando da lesão no dedo do meio da mão direita. Seu retorno deve acontecer na próxima semana, mas não há notícias sobre o andamento do tratamento. Apesar de já participar de treinos, sua liberação para as quadras demanda um certo tempo.

Young é um sonho distante para essa temporada. O mês para o qual seu retorno está marcado é agosto, porém, se a equipe continuar com esse desempenho, a volta da quarta escolha do Draft de 2006 não vai adiantar muita coisa. A atleta também já participa dos treinos, mas é de extrema importância que a ala mantenha distância do jogo de verdade por segurança, já que se trata da lesão no ligamento cruzado anterior.

Appel pode ficar fora o tempo que for necessário. O Silver Stars lançou o seu Media Guide para essa temporada, no qual diversos dados sobre a equipe são disponibilizados para a imprensa, inclusive os recordes em pontos e assistências, entre outros fundamentos, por exemplo. A pivô aparece com um máximo de 11 pontos, feitos em uma partida contra o Chicago Sky, em 2010. É simplesmente inaceitável que o técnico Dan Hughes gaste o seu orçamento com uma jogadora que não produz e ainda apresenta diversas falhas de fundamento.

Por outro lado, é uma pena ver Johnson sem fazer parte da turma em quadra. Neste ano, dentre aquelas que podem preencher o vazio deixado pelas principais jogadoras do time, a jovem garota é uma das principais armas. Milton-Jones, super veterana, também deixa um buraco enorme na formação do elenco.

O Silver Stars ocupa, hoje, a quinta posição na Conferência Oeste, com três vitórias e sete derrotas. A fase é difícil, isso é inegável, e aquela esperança deixada por boas atuações no começo da temporada está cada vez mais distante. Neste ano, a pedra, ou melhor, as pedras no caminho são exatamente essas: as lesões.

Felizmente, nessa semana há apenas um jogo marcado na agenda do Silver Stars, contra o Los Angeles Sparks, no sábado (6). Vale lembrar que, na primeira partida contra o esquadrão de Candace Parker, o resultado foi uma bela vitória. Já, no confronto seguinte, entre as mesmas equipes, as texanas tiveram uma das piores atuações da franquia e perderam por 84 a 48. Acredito, ainda, que possa surgir uma boa conquista no próximo fim de semana.

Anúncios

Publicado em 30/06/2013, em San Antonio Silver Stars, Vestiário Feminino e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s