Arquivo diário: 25/06/2013

Spurs vai encarar o Timberwolves no México

Nesta terça-feira (25), a NBA anunciou que o San Antonio Spurs será uma das quatro equipes da liga profissional americana que vão disputar jogos fora dos Estados Unidos e do Canadá ao longo da temporada 2013/2014. No dia quatro de dezembro deste ano, o time texano vai medir forças com o Minnesota Timberwolves no México.

Spurs e Wolves vão se enfrentar no México (D. Clarke Evans/NBAE/Getty)

Será a quinta vez que o Spurs vai atuar no país latino da América do Norte, a primeira em uma partida de temporada regular. A equipe texana havia se apresentado no país duas vezes em 1994, uma em 1995 e uma em 2010 para jogos de pré-temporada.

Com grande número de jogadores nascidos fora dos Estados Unidos, o Spurs também será atração do Euroleague American Tour 2013 – a equipe texana vai receber o CSKA, da Rússia, para um amistoso em San Antonio na pré-temporada.

O outro jogo da próxima temporada regular da NBA que será disputado fora dos Estados Unidos envolverá Atlanta Hawks e Brooklyn Nets, que vão se enfrentar em Londres, na Inglaterra, em partida marcada para o dia 16 de janeiro.

Além disso, na pré-temporada, sete países vão receber amistosos envolvendo equipes da NBA – um deles é o Brasil, que será sede de Chicago Bulls x Washington Wizards, no dia 12 de outubro, no Rio de Janiero. Clique aqui e veja a lista completa de jogos internacionais da liga.

Anúncios

Draft 2013 – Os alas

Depois de falar sobre os armadores, o especial do Spurs Brasil sobre o Draft de 2013 da NBA chega à sua segunda parte. Dessa vez, o assunto será o setor do elenco do San Antonio Spurs que carrega as maiores incertezas para a temporada 2013/2014: as alas.

Jean-Charles: a nova cara do Spurs? (Reprodução/francetvsport.fr)

De garantido no momento, o Spurs tem só os dois jogadores que terminaram a última campanha como titulares. Danny Green tem mais dois anos de vínculo – vai receber US$ 3,76 milhões na temporada 2013/2014 e US$ 4,02 milhões na temporada US$ 2014/2015. E Kawhi Leonard ainda está em seu contrato de novato e, por isso, vai ganhar somente US$ 1,99 milhões na temporada 2013/2014. Depois disso, a franquia texana tem a opção de renovar unilateralmente com o ala por US$ 3,05 milhões para a temporada 2014/2015 e de igualar qualquer proposta que o camisa #2 receber para a temporada 2015/2016.

Em relação aos reservas, nada confirmado. O sexto homem Manu Ginobili – que, de modo geral, não foi bem nos playoffs – acaba de ter seu contrato encerrado. No último ano do vínculo, o argentino recebeu US$ 14,1 milhões, maior ordenado do elenco. Agora, a indefinição paira sobre o armador, e alguns falam até em aposentadoria. Mas a única certeza por enquanto é que o ala-armador não defenderá sua seleção neste ano.

Completando a lista de suplentes, Gary Neal é agente livre irrestrito nesta offseason – ou seja, o Spurs tem o direito de igualar qualquer proposta feita se quiser renovar com o ala-armador. Além disso, ainda há Tracy McGrady, que assinou até o fim dos playoffs como reforço de emergência após a dispensa de Stephen Jackson e não deve ser mantido.

Vale lembrar que, se quiser reforçar as alas, o Spurs pode recorrer a um de seus três prospectos da posição que jogam na Europa. O primeiro deles é Viktor Sanikidze. Selecionado pelo Atlanta Hawks na 42ª escolha do Draft de 2004 e em seguida trocado para a franquia texana, o ala georgiano, de 27 anos de idade e 2,03m de altura, vestiu a camisa do Siena, da Itália, na última temporada. Pelo clube, apresentou médias de 5,7 pontos (46,6% FG, 23,1% 3 PT, 57,5% FT) e 5,1 rebotes em 17,5 minutos por exibição na Euroliga e 5,5 pontos (53% FG, 38,5% 3 PT, 64,9% FT) e 4,8 rebotes em 17,1 minutos por partida no campeonato nacional. No ano passado, ele chegou a falar sobre a possibilidade de atuar em San Antonio.

O segundo prospecto da franquia texana é Adam Hanga. Selecionado pelo Spurs na 59ª escolha do Draft de 2011, o ala-armador húngaro, de 24 anos de idade e 1,99m de altura, disputou a última temporada pelo Bàsquet Manresa, da Espanha. Pelo clube, apresentou médias de 11,7 pontos (42% FG, 36,1% 3 PT, 69,8% FT) e 4,6 rebotes em 26 minutos por exibição no campeonato nacional. Porém, como o jogador acaba de ser contratado pelo Caja Laboral, é difícil pensar em vê-lo atuando na NBA já no próximo campeonato.

Por fim, o terceiro deles é Davis Bertans. Selecionado pelo Indiana Pacers na 42ª escolha do Draft de 2011 e trocado para o Spurs na transação que enviou George Hill para Indianápolis, o ala de 20 anos de idade e 2,08m de altura atuou pelo Partizan, da Sérvia, na última temporada. Pelo clube, apresentou médias de 12,2 pontos (49% FG, 40% 3 PT, 78% FT) e 3,2 rebotes em 24,4 minutos por exibição no campeonato nacional e 6,6 pontos (38,5% FG, 47,1% 3 PT, 62,5% FT) e 2,3 rebotes em 20 minutos por partida na Euroliga. Porém, como acaba de sofrer lesão grave – que, inclusive, o fez viajar para San Antonio para se consultar com a franquia texana – o atleta não deve ir para a NBA em breve.

Com tantas indefinições, parece natural que o Spurs se volte para as alas no próximo Draft. Não à toa, dos nove jogadores que apareceram ligados à franquia texana em especulações sobre o recrutamento de calouros, sete são da posição 2 ou da 3. E o rumor mais forte de todos parece envolver o francês Livio Jean-Charles.

O ala, de 2,04m de altura e apenas 19 anos, joga no ASVEL, da França, clube que tem Tony Parker como um de seus acionistas. No último campeonato nacional, Jean-Charles apresentou médias de 3,3 pontos (54% FG, 42,9% 3 PT, 58,8% FT) e 2,7 rebotes em 13,8 minutos por exibição. Rumores dizem que o Spurs pretende selecioná-lo com a 28ª escolha – a franquia texana também tem a 58ª – e deixá-lo jogando na Europa por mais um ano antes de trazê-lo para a NBA. Especialistas imaginam que ele será recrutado entre o fim da primeira e o início da segunda rodada – ou seja, exatamente no alcance da equipe de San Antonio.

Abaixo, confira um vídeo produzido pelo DraftExpress sobre Jean-Charles:

No entanto, o Spurs analisou outras opções para as alas. Uma delas é Tim Hardaway Jr. filho do lendário ex-armador Tim Hardaway, que fez carreira na NBA defendendo Golden State Warriors, Miami Heat, Dallas Mavericks, Denver Nuggets e Indiana Pacers. O ala-armador, de 21 anos e 1,98m de altura, foi entrevistado pela franquia texana no Draft Combine, evento que reuniu prospectos em Chicago entre 15 e 19 de maio, e depois convidado para uma sessão de treinos em San Antonio. O jogador acaba de completar sua terceira temporada no basquete universitário pelo Michigan Wolverines, na qual apresentou médias de 14,5 pontos (43,7% FG, 37,4% 3 PT, 69,4% FT) e 4,7 rebotes em 34,8 minutos por exibição. Especialistas imaginam que ele será recrutado no fim da primeira rodada.

Abaixo, veja um vídeo do DraftExpress sobre Hardaway Jr.:

Outra opção para o Spurs seria Ricky Ledo, um dos prospectos mais misteriosos deste Draft. O ala-armador, de 20 anos de idade e 1,98m de altura, fez parte do elenco do Provicende Friars na última temporada, sua primeira no basquete universitário, mas não pôde jogar por ser considerado academicamente inapto. Mesmo assim, a franquia texana deu uma chance ao jogador – que, segundo especialistas, deve ser selecionado no fim da primeira rodada -, convidado-o para uma sessão de treinos em San Antonio.

Veja, abaixo, entrevista feita pelo DraftExpress com Ledo:

Reggie Bullock também aparece como opção para o Spurs. O jogador, de 22 anos de idade e 2,01m de altura, pode atuar nas posições 2 e 3 e acaba de concluir sua terceira temporada pelo North Carolina Tar Heels, na qual apresentou médias de 13,9 pontos (48,3% FG, 43,6% 3 PT, 76,7% FT) e 6,5 rebotes em 31,4 minutos por exibição. O ala foi convidado pela franquia texana para uma sessão de treinos e, de acordo com especialistas, deve ser selecionado entre o fim da primeira rodada e o início da segunda no Draft.

Confira o vídeo produzido pelo DraftExpress com lances de Bullock:

Entre os prospectos que aparecem como opção para o Spurs na 28ª escolha, um deles traçou um caminho diferente do dos demais. Trata-se de Glen Rice Jr., que acaba de ser campeão da D-League, a liga de desenvolvimento da NBA, pelo Rio Grande Valley Vipers. O jogador, que tem 22 anos de idade, 1,98m de altura e pode jogar nas posições 2 e 3, obteve médias de 25 pontos (47,3% FG, 35,8% 3 PT, 69,2% FT) e 6,2 rebotes em 39,2 minutos por partida nos playoffs da competição, sendo eleito MVP das finais. O bom desempenho rendeu uma entrevista com a franquia texana. De acordo com especialistas, o ala deve ser selecionado entre o fim da primeira rodada e o início da segunda.

Confira vídeo com a entrevista feita pelo DraftExpress com Rice Jr.:

Aparentemente, o foco do Spurs também é nas alas para a 58ª escolha do Draft. E uma das opções seria DeShaun Thomas. O jogador, de 21 anos e 2,01m de altura, pode atuar nas posições 3 e 4 e acaba de concluir sua terceira temporada no basquete universitário atuando pelo Ohio State Buckeyes, na qual apresentou médias de 19,8 pontos (44,5% FG, 34,4% 3 PT, 83,4% FT) e 5,9 rebotes em 35,4 minutos por exibição. O ala foi entrevistado pela franquia texana no Draft Combine e reagiu de maneira inusitada, se negando a dar o telefone para quem representava a equipe de San Antonio. De qualquer modo, especialistas imaginam que ele sai do meio para o fim da segunda rodada.

A outra alternativa para a 58ª escolha seria James Southerland. O ala, de 23 anos de idade e 2,03 de altura, também pode atuar nas posições 3 e 4 e, em sua quarta e última temporada atuando pelo Syracuse Orange no basquete universitário, apresentou médias de 13,3 pontos (45% FG, 39,8% 3 PT, 78,9% FT) e 5,2 rebotes em 29,5 minutos por exibição. Seu desempenho chamou a atenção do Spurs, que o convidou para uma sessão de treinos. Especialistas imaginam que ele será selecionado entre o meio e o fim da segunda rodada.

O Draft de 2013 vai acontecer na próxima quinta-feira, em Nova York, na arena do Brooklyn Nets. Até lá, o Spurs Brasil ainda vai publicar posts sobre os pivôs e sobre os palpites dos especialistas para o recrutamento de calouros.

Confira os demais prospectos que o Spurs pode selecionar no Draft

As informações salariais foram retiradas do site HoopsHype

Spurs enfrentará equipe de ex-técnico de Ginobili

Nesta segunda-feira (24), o San Antonio Spurs anunciou que fará parte do Euroleague American Tour 2013, série de amistosos entre equipes da NBA e da Europa que servirão como preparação para a temporada 2013/2014. No dia 9 de outubro, a equipe texana vai receber o CSKA, da Rússia, time que tem como treinador Ettore Messina, ex-técnico de Manu Ginobili.

Messina foi campeão da Euroliga com Manu (Reprodução/gazetesport.com)

Entre 1989 e 1993 e entre 1997 e 2002, Messina treinou o Bologna, da Itália, clube que teve Ginobili em suas fileiras de 2000 a 2002. Juntos, os dois conquistaram a Euroliga de 2001. A competição teve o astro argentino do Spurs como MVP das finais.

Além de enfrentar o Spurs, o CSKA também vai encarar o Minnesota Timberwolves durante sua viagem aos Estados Unidos. A partida será disputada no dia 7 de outubro, em Mineápolis.