Spurs (3) @ Heat (3) – Por entre os dedos

100×103

Ainda não foi desta vez que a torcida do San Antonio Spurs pôde explodir para comemorar o penta. Mas foi por pouco, muito pouco. Na noite de terça-feira (18), depois de chegar a estar vencendo por cinco pontos a menos de 30 segundos para o final, o time texano permitiu a reação do Miami Heat, que, jogando em casa, levou o jogo para a prorrogação graças a uma bola milagrosa de três pontos de Ray Allen. No tempo extra, melhor para os mandantes, que garantiram a realização do sétimo e decisivo confronto.

Tudo começou muito bem… (Foto: NBAE/Getty Images)

Duncan exuberante

O Spurs não fez um bom primeiro tempo de partida, mas mesmo assim conseguiu ir para o intervalo em vantagem, 50 a 44. Como isso aconteceu? Fácil explicar: Tim Duncan. O ala-pivô fez seu melhor primeiro tempo de partida em finais de NBA, dominou as jogadas no garrafão e foi responsável pela metade dos pontos texanos no período.

Quase lá

Na volta do intervalo, o técnico Erik Spoelstra adotou formações diferentes, por vezes deixando Dwyane Wade no banco para promover a entrada de arremessadores ao redor de LeBron James. Embora o Heat tenha melhorado, o Spurs se manteve à frente e voltou a abrir vantagem, que superou os dez pontos em determinados momentos.

Ginóbili teve noite para esquecer (Foto NBAE/Getty Images)

Turnóbili

Já elogiamos muito Manu Ginobili por aqui, e no jogo 5 o argentino foi fundamental para a vitória com sua melhor partida nos últimos tempos. Mas no sexto confronto, o camisa #20 foi outro e irá carregar consigo boa pate da culpa pela derrota.

Inseguro, pouco calibrado e cometendo inúmeros turnovers (foram oito ao todo, seu recorde na carreira). Muitos desses desperdícios de bola vieram nos momento mais críticos, quando o argentino tentou “se redimir” e decidir. Não funcionou. Gregg Popovich o manteve em quadra mesmo com os erros e o resultado foi desastroso.

A faixinha

LeBron fazia um jogo apenas mediano até o início do quarto período. Até que, após uma disputa no garrafão, o ala perdeu sua testeira característica, que foi a chão. Ele não se preocupou em recolhê-la e jogou o restante da partida sem ela. O resultado foi um atleta transformado a partir dali.

O camisa #6 puxou a reação e, quando o Heat perdia por cinco pontos a 30 segundos do fim, acertou arremesso de três decisivo, após Chris Bosh pegar o rebote ofensivo de tiro do próprio companheiro, que reduziu a diferença para só dois pontos. Em seguida, Kawhi Leonard sofreu falta e errou o primeiro lance-livre e converteu o segundo, deixando a diferença em três.

Arremesso fatídico

A bola para o empate estava na mãos do Heat. A marcação fechou em LeBron, que falhou, mas deixou espaço para que Bosh pegasse o rebote ofensivo e encontrasse Ray Allen na zona morta. Para um torcedor do Spurs, foi um drama quase em câmera lenta. A bola caiu, o Spurs ruiu e não teve pernas para a prorrogação.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Tim Duncan – 30 pontos e 17 rebotes

Kawhi Leonard – 22 pontos e 11 rebotes

Tony Parker – 19 pontos e 8 assistências

Miami Heat

LeBron James – 32 pontos, 10 rebotes e 11 assistências

Mario Chalmers – 20 pontos

Chris Bosh – 10 pontos e 11 rebotes

Anúncios

Sobre Victor Moraes

Formado em Jornalismo no ano de 2012 pela Universidade Metodista de São Paulo. Fanático por esportes, sobretudo o basquete, passou pela redação do Diário Lance!, trabalhou na Liga Nacional de Basquete e no extinto Basketeria. Se orgulha de fazer parte da equipe do Spurs Brasil desde a criação em 2007.

Publicado em 19/06/2013, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 18 Comentários.

  1. Muito dificil aceitar esta derrota, penso que teríamos maior possibilidade de ganhar o jogo 6 do que o 7. Mas enquanto for possível temos que acreditar.

    No jogo 7 Timmy e Parker tem que jogar quase o jogo todo, senão já era.

    FORÇA SPURS!!!

  2. Apesar da qualidade do POP ele errou nos momentos decisivos do jogo. Ao tirar Duncan e Parker no inicio do quarto período. Depois por manter o Manu jogando tão mal e por fim ao tirar Duncan das duas bolas de 3 do Miami. Todos sabem que a defesa só termina no rebote defensivo, logo não tem como tirar o cara que protege o garrafão.

  3. Gabriel Lisboa

    Cara, como que um título desses escapa do SPURS? Até agora não estou acreditando, já estava até com gostinho do título na boca, mas 2 erros de lances livres acabaram com esse sonho…Agora o que resta é somente torcer para que o SPURS seja o SPURS e cale a sanha do Miami após a vitória épica. GO SPURS! EU ACREDITO!

  4. Thiaguinho

    Faltavam 48 seg pro fim do jogo e eu estava emocionado, quase chorando, sem acreditar q no meu primeiro ano como torcedor ativo dos Spurs (acompanhando por site e agora pela Tv) seriamos campeões da NBA. Pois bem, 35 seg se passaram e lá estava eu, desolado, sem acreditar (novamente) q perderiamos a chance de ser campeões ontem a noite. Se tivessemos pegado mais um rebote, apenas mais um, teriamos sido, mas não aconteceu. Deus quis q Lebron errasse a bola do jogo e a laranjinha voltasse pra mão dele para q ele pudesse se redimir. Não era pra ser ontem!!! O lado bom: jogamos melhor do que eles dentro da casa deles. Podemos ganhar amanhã. Lado ruim: ganhar como eles ganharam ontem dá uma grande moral. Espero q o lado bom prevaleça no grande jogo de amanhã. #goSPURSgo

  5. Thiaguinho

    Creio q o primeiro rebote, oq o Lebron faz a cesta de 3 foi mais importante. Subiram o Timmy e o Leonardo (eu acho), mas nenhum conseguiu segurar a bola, que caiu pro Wade assistir o Lebron. O outro rebote, estava muito mais pro Bosh do que pro Manu.

  6. O principal faltou ser dito. O Pop foi horroroso. Tomou decisões erradas, principalmente não pedindo tempo, tirando Duncan e perdendo os rebotes defensivos e não fazendo falta pra evitar o jump. Ele sabe disso, tanto é pela entrevista após a partida.

  7. nossa, foi inacreditável esse jogo, simplesmente sensacional, um pecado não termos levado a série ontem, continuo confiante no Spurs, pra levarmos precisamos de uma boa atuação de Gino e do Green.

    uma coisa q eu não entendi foi a ultima posse de boa, pq o time não pediu Timeout??? eu juro q não entendi, estavamos perdendo por 1 ponto e restavam cerca de 9.8 segundos, tempo sulficiente quando no banco se tem um cara como o Pop, tenho certeza q nada seria pior do q aquela infiltração ridicula do Ginobili…

    no mais….GO SPURS, ainda confiante no Penta!!!

  8. Eduardo Prado

    Inacreditável, foram tantas oportunidades desperdiçadas que deu raiva mesmo! Cara, acabou o jogo e não consegui dormir de tanta raiva, fui dormir umas 3 da matina por causa dessa partida! Com todo respeito ao Pop, que é um dos melhores técnicos da história, não é admissível jogar aquele final sem o Duncan em quadra, os dois arremessos de 3 do Miami foram segundas oportunidades garantidas justamente pelos rebotes ofensivos que os caras conseguiram, é foda!!!

  9. Vou continuar acreditando , mas a derrota ontem foi muito amarga
    estava tudo emcaminhado.

    GO SPURS GO !

  10. falei que já era, era pra ter decidido em casa.

    sempre gostei do ginobili, mas espero nunca mais vê-lo com a camisa do spurs, ou acabarei odiando um ídolo.

    parker ontem tb foi péssimo.

  1. Pingback: Penta adiado | Destino Riverwalk

  2. Pingback: História de fracasso pode ajudar o Spurs no Jogo 7 | Destino Riverwalk

  3. Pingback: Spurs (3) @ (4) Heat – Obrigado | Spurs Brasil

  4. Pingback: Spurs (3) @ Heat (3) – Final da NBA | Spurs Brasil

  5. Pingback: Limitado como nunca antes | Spurs Brasil

  6. Pingback: Jogos do Spurs nos playoffs concorrem ao melhor da temporada | Spurs Brasil

  7. Pingback: A vingança nunca é plena | Spurs Brasil

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s