Spurs (3) vs Heat (2) – A uma vitória

114×104

Senhoras e senhores, o San Antonio Spurs está a apenas um passo de se tornar pentacampeão da NBA. Após uma excepcional partida, o time alvinegro bateu o Miami Heat por 114 a 104, neste domingo (16), e se despediu de casa com um triunfo e agora vence a série, em formato de melhor de sete, por 3 a 2 – ou seja, só precisa ganhar um dos próximos dois duelos. O jogo seis, que poderá ser o último da temporada, será disputado em Miami (assim como o 7°, se necessário), na terça-feira.

Manu Ginobili fez boa partida (NBA/Getty Images)

Como nos velhos tempos

Nos primeiros jogos da série, Manu Ginobili estava desaparecido. Apático, o argentino estava irreconhecível. Todos estavam cobrando o astro de antigamente, e, como dito no pré-jogo postado domingo no Spurs Brasil, um bom desempenho dele essencial para a vitória. Então, parece que o técnico Gregg Popovich e o ala-armador leram o blog: o camisa #20 entrou como titular no lugar de Tiago Splitter, e desde o começo fez a diferença. O jogador liderou o Spurs para a terceira vitória na série, e agora somente esperamos outras atuações como essa, que foi a melhor de toda a temporada para o jogador.

Danny Green esteve, de novo, inspurado (NBA/Getty Images)

Danny Green

O ala-armador do time texano foi mais uma vez preciso. Desde o começo, Danny Green chutou de fora com um aproveitamento de MVP, chegando ao final da partida com seis tiros certos em dez tentados, e, de quebra, ainda bateu o recorde de arremessos de três convertidos em uma série final da NBA. E, curiosamente, a marca pertencia a Ray Allen, que estava do outro lado da quadra, tentando evitar a perda de seu trono. O ala-armador do Heat somou 22 arremessos certos na final de 2008 contra os Los Angeles Lakers, quando ainda jogava pelo Boston Celtics. Para termos uma ideia do quão bem Green está, ele converteu, até agora, 25 de 38 arremessos de três que tentou nos cinco jogos, um aproveitamento de 65,7%. Em 2008, em seis jogos, Ray Allen chutou 42 bolas e acertou 22, com índice de acerto de 52,3%. Resumindo, Allen fez menos acertos, em mais chutes e mais jogos do que Green tem. Onde será que o camisa #4 vai parar nessa série?

De fininho

Ontem todos ficaram exaltados com as excelentes atuações de Danny Green e Manu Ginobili, descritas acima. Porém, muitos não viram as belas partidas de Tony Parker, Tim Duncan e Kawhi Leonard, que, quietinhos, anotaram pontos importantes, marcaram muito e foram essenciais para a vitória. Fazendo o “trabalho sujo” no garrafão, The Big Fundamental foi perfeito, pegando mais rebotes do que todos os jogadores de garrafão do Heat juntos. Enquanto isso, o ala, mais uma vez, marcou muito bem LeBron James, que acertou oito de 22 arremessos, tendo um aproveitamento não tão bom quanto esperado. Já o armador francês jogou sem estar 100% fisicamente por conta de uma lesão na coxa direita, mas mesmo assim apareceu no fim da partida como cestinha, sem fazer barulho algum.

O comandante

Durante a partida, por diversas vezes, vimos o trabalho de Popovich vir à tona. Desde sempre, Pop vinha lembrando que esse seria um jogo de gente grande, e ressaltando isso. Com essessa postura, ainda antes da bola subir ele fez a ótima decisão de tirar o pivô Tiago Splitter e colocar Manu Ginobili no quinteto titular. Além do discurso para o time, no começo da partida ele tirou Green, teve uma conversa em particular com ele e rapidamente o colocou de volta em quadra; Resultado: o ala-armador não parou mais de acertar arremessos. Além disso, o treinador, do mesmo jeito, chamou Parker para conversar, e, quando o armador voltou à quadra, foi mais agressivo e deslanchou, terminando como cestinha. O técnico vem fazendo um ótimo trabalho, e, se tudo der certo, ele será um dos maiores responsáveis pelo penta.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 26 pontos e 5 assistências

Manu Ginobili – 24 pontos e 10 assistências

Danny Green – 24 pontos (6-10 3 PT) 6 rebotes

Tim Duncan – 17 pontos e 12 rebotes

Kawhi Leonard – 16 pontos e 8 rebotes

Miami Heat

Dwyane Wade – 25 pontos, 10 assistências e 4 rebotes

LeBron James – 25 pontos, 8 assistências  e 6 rebotes

Ray Allen – 21 pontos (4-4 3 PT) e 4 rebotes

Chris Bosh – 16 pontos e 6 rebotes

Anúncios

Publicado em 17/06/2013, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 17 Comentários.

  1. Acho que esta errado dizer que foi o Kawhi quem levou o lebron a chutar 8-22 mas sim o diaw porque quando ele marcou o lebron, o aproveitamento do lebron foi 1-8 no FG

  2. O Ray Allen teve 7-10, mas de 3 pontos foi 4-4, falta corrigir…

    Grandes SPURS, o próximo jogo é para ganhar!!!!!!!!!!!!!

  3. Cliquei pra comentar que o autor do post ERROU RETUMBANTEMENTE… cauai lenda não foi o responsavel pelo baixo aproveitamento do Lebrick James… foi BORIS DIAW … 1 de 8 do lebron marcado pelo ze colmeia

  4. Tem chances do Splitter voltar pro “starting 5” depois desse jogo?? Acho difícil…

  5. Gustavo Alves

    Pro próximo jogo, provavelmente não. Mas pra próxima temporada, com certeza!
    Pros 82 jogos da temporada regular, Manu não conseguirá NUNCA jogar o quanto jogou neste último jogo.
    Além disso, é apenas por estamos jogando vs Heat. Se fosse vs Pacers, provavelmente Tiago continuaria titular.

  6. Humberto Júnior

    O placar da postagem está errado, pessoal do blog.

  7. Thiaguinho

    Foi um grande erro não comentar a atuação do Diaw. Lebron, como todo grande jogador, melhorou muito seu aproveitamento sobre o Leonard. Acho q por isso o Pop botou o Daiw pra marcá-lo na maior parte do jogo e, essa mudança, obrigou q “The King” tivesse q mudar tudo oq tinha planejado pra superar sua marcação. Pop tem grande responsabilidade nessa vitória, desde o início o jogo teve o seu toque de mestre. Foi muito esperto ao sacar o Tiago e dar toda a confiança ao Manu (QUE FOI GENIAL ONTEM). Acredito q o time deva ser o msm na próxima partida, mas com certeza o Tiago volta na próxima temporada. Vamos #Big

  8. Thiaguinho

    Vamos #BigBoys!!!

  9. rumor imparavel de alegria , mas o que popp nos trará agora ??eles ficarão mordidos , lebron e wade, vão fazer caretas p turistas , cabe muito a nós fazer o que se foi feito nesse jogo , trazer uma rotação por partes da quadra . hora duncan ou splitter no garrafão ,hora green , manu , neal na linha dos tres e parar lebron , como se foi feito , feito isso , já era miami , crise convulsiva de careta e choque de egos , o técnico se cala pro cachorrão nervoso … spoelstra se ”caga” diante de ”guebgon james”,mas vamos ver o q dá . ansiosíssima , go spurs !

  10. Alguém já viu quem vai ser o arbitro?
    O Joey Crawford tamo muito fudidos ele é horroroso e detesta o spurs e principalmente o Duncan

  11. MVP das Finais, sorry Green, but it’s Pop’s award!!!!

    GÊNIOVICH!!!

  1. Pingback: Spurs (3) @ Heat (2) – Final da NBA | Spurs Brasil

  2. Pingback: Spurs (3) @ Heat (3) – Por entre os dedos | Spurs Brasil

  3. Pingback: Spurs (3) @ Heat (3) – Final da NBA | Spurs Brasil

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s