Arquivo diário: 16/06/2013

Spurs (2) vs Heat (2) – Final da NBA

San Antonio Spurs vs Miami Heat – Final da NBA

Data: 16/06/2013

Horário: 21h00 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Na TV: ESPN

Cotação no Apostas Online: Spurs 2,03 vs Heat 1,83 (favorito)

Novamente com a série empatada, e com o Miami Heat voltando a ter a vantagem do mando de quadra, por fazer dois dos três jogos restantes em casa, o San Antonio Spurs se despede do Texas com a necessidade de uma última vitória em casa na temporada 2012/2013 para que a equipe tenha chances de título. Para a partida deste domingo, se espera uma mudança na postura dos jogadores do alvinegro, que deixaram de vencer um duelo em casa que seria fundamental. Os mais criticados vêm sendo Manu Ginobili e Tiago Splitter, que, pelo que sabemos dos bastidores, parecem estar mudados para o jogo 5. Tony Parker vem jogando bem, porém não deverá estar 100% devido à leve lesão que o armador tem na coxa direita. O próprio francês disse que, se estivéssemos em temporada regular ele ficaria fora, tratando a contusão, mas como é uma final de NBA, ele vai no sacrifício.

06/06/2013 – Spurs 92 @ 88 Heat

O Heat perdeu a primeira partida das finais, jogando em casa, nos últimos instantes, por 92 a 88. O placar foi decidido quando o arremesso incrível de Tony Parker, que aumentou a vantagem dos alvinegros de dois para quatro pontos faltando cinco segundos para o término da partid,a caiu. O destaque dos  texanos foi Tim Duncan, com 20 pontos e 14 rebotes. Do lado do Heat, o cestinha foi LeBron James, que fez seu 3° triple-double seguido em finais, com 18 pontos, 18 rebotes e dez assistências.

09/06/2013 – Spurs 84 @ 103 Heat

No segundo jogo em Miami, o Spurs não conseguiu segurar o Heat, que abriu muita no terceiro quarto e ganhou facilmente a partida, com uma diferença arrasadora no placar. Mesmo com Danny Green fazendo grande partida e acertando os cinco arremessos que tentou da linha de três, a equipe da Flórida não deu chances para o resto do time texano. Os destaques do time da casa foram LeBron James e Mario Chalmers.

11/06/2013 – Spurs 113 vs 77 Heat

O Spurs devolveu o sacode que tomou do Heat no primeiro jogo em San Antonio. Após perder de 19 pontos no jogo 2, os texanos ganharam por 36 pontos diante de sua torcida. Com a mão calibrada de Danny Green e Gary Neal, o alvinegro não tomou conhecimento do seu adversário, ganhando pela terceira maior vantagem da história das finais da NBA.

13/06/2013 – Spurs 93 vs 109 Heat

Jogando em casa para abrir 3 a 1, no dia de Santo Antônio, o Spurs não honrou seu padroeiro e perdeu a partida, deixando a série novamente empatada. Com grandes atuações de LeBron James, Chris Bosh e, principalmente, de Dwyane Wade, que voltou a jogar bem, não houve santo que segurasse o time de Miami, que mereceu a vitória. Somando a produção de todos, o Big Three do Heat anotou 85 pontos e 20 rebotes.

PG – Tony Parker

SG – Danny Green/Manu Ginobili

SF – Kawhi Leonard

PF – Tim Duncan

C – Tiago Splitter

Fique de Olho – Durante os jogos das finais, Manu Ginobili não vem fazendo parte do Big Three texano. Danny Green e Kawhi Leonard vêm aparecendo muito mais e sendo mais decisivos que o ala-armador. E talvez esse seja um dos motivos pelo qual o Spurs não esteja vencendo a série. O camisa #20 é essencial para o time: experiente, traz outra liderança e outro ritmo quando sai do banco, e tem de comandar a equipe quando estiver em quadra. Como o próprio jogador considerou, ele está perto de se aposentar, e essa pode ser sua última final de NBA. O que melhor do que se despedir em alta? Tony Parker e Tim Duncan estão cobrando mais dele, e ele está se cobrando para essa partida. É a hora do argentino.

PG – Mario Chalmers

SG – Dwyane Wade

SF – LeBron James

PF – Udonis Haslem

C – Chris Bosh

Fique de Olho – Após um início ruim de série para o camisa #3 do time de Miami, no jogo 4 ele desencantou e fez tudo que esperam dele. Para a terceira vitória do time da Flórida ocorrer, Dwyane Wade vai ter que jogar tudo que sabe, pois, com a partida somente nas costas de LeBron James, a série não será benéfica para o Heat.