Arquivo diário: 11/06/2013

Spurs observa prospecto que não jogou na temporada

Enquanto está envolvido na disputa da final da NBA, o San Antonio Spurs segue estudando prospectos de olho no Draft deste ano. De acordo com reportagem do site americano Project Spurs, o ala-armador Ricky Ledo foi observado pela franquia texana recentemente.

Ledo é um dos prospectos mais misteriosos do Draft (Reprodução/blog.tommedvedich.com)

Segundo reportagem da agência de notícias AP publicada no site oficial da NBA, Ledo esteve em San Antonio para fazer um treino sob a orientação da comissão técnica do Spurs. Além disso, ele também foi observado por Boston Celtics, Chicago Bulls, Denver Nuggets, Houston Rockets e Minnesota Timberwolves até aqui.

Ledo, de 20 anos de idade e 2,01 m de altura, fez parte do elenco do Provicende Friars na última temporada do basquete universitário americano. Porém, por não ter atendido aos critérios mínimos acadêmicos para entrar em quadra, ele não disputou nenhum jogo em todo o campeonato. Por isso, especialistas em Draft dizem que ele pode ser um pouco cru para a NBA, mas acreditam que sua habilidade na condução de bola, entre outras qualidades, podem fazer com que ele seja uma aposta válida. O ala-armador é esperado no início da segunda rodada do recrutamento de calouros.

Vale lembrar que o Spurs detém a 28ª e a 58ª escolhas do próximo Draft, que acontecerá no dia 27 de junho, em Nova York, na arena do Brooklyn Nets.

Spurs (1) vs (1) Heat – Final da NBA

San Antonio Spurs vs Miami Heat – Final

Data: 11/06/2013

Horário: 22h (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Na TV: ESPN

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,75 (favorito) vs Heat 2,13

Em uma exibição atípica, o San Antonio Spurs tomou um baita susto e uma lavada de alma do poderoso Miami Heat no domingo, no jogo 2 da série, válida pela final da NBA. O time da Flórida não contou com grande atuação de Dwyane Wade e nem de Chris Bosh, mas mesmo assim não tomou conhecimento da equipe texana. Em bom dia de Mario Chalmers, além de Mike Miller e Ray Allen acertando bolas cruciais de três pontos, o time da Conferência Leste abriu larga vantagem a partir do terceiro quarto e ganhou facilmente a partida. Agora, para o jogo 3, espera-se uma mudança na postura dos jogadores do alvinegro, já que eles não demonstraram nem de perto o bom basquete apresentado no primeiro duelo da série.

Série nos playoffs (1-1)

06/06/2013 – Spurs 92 @ 88 Heat

O Heat recebeu o Spurs e perdeu o jogo por 92 a 88. O placar foi decidido praticamente no último quarto, quando a defesa, a boa sequência de pontos e o arremesso incrível de Tony Parker deram a vitória ao time alvinegro. Destaque da equipe texana para Tim Duncan, com 20 pontos e 14 rebotes. Do lado da franquia da Flórida, o cestinha foi LeBron James, que somou um triple-double com 18 pontos, 18 rebotes e dez assistências.

09/06/2013 – Spurs 84 @ 103 Heat

No segundo jogo na Flórida, o Heat deslanchou no terceiro quarto e ganhou facilmente a partida contra o Spurs. Mesmo com Danny Green acertando todos seus arremessos de três (5), eles não foram o suficiente para conter o ímpeto da equipe de Miami, que, com bom jogo de LeBron James e com Mario Chalmers sendo o cestinha da partida, conseguiu a vitória.

Duncan Parker

PGTony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – Tim Duncan

C – Tiago Splitter

Fique de olho: Principais responsáveis pelo sucesso da equipe até agora nos playoffs, Tim Duncan e Tony Parker sumiram no jogo 2 das finais. O próprio Timmy admitiu que teve uma péssima atuação e prometeu melhorar para o próximo jogo. O francês, muito bem marcado na segunda partida, fará de tudo para decifrara defesa adversária, imprimir sua movimentação e ajudar o Spurs a conseguir a vitória em casa.

PG – Mario Chalmers

SG Dwyane Wade

SF – LeBron James

PF – Udonis Haslem

C – Chris Bosh

Fique de olho: Falar de LeBron James é chover no molhado. Disparado o melhor jogador da atualidade, o ala vem dando muito trabalho para o jovem Kawhi Leonard, que vem conseguindo bons resultados ao limitar de pontuação da superestrela. Porém, o astro do Heat, por ser muito inteligente, consegue encontrar seus companheiros em boas posições e passar bem a bola, além de pegar muitos rebotes, o que rendeu um triple-double para The King no primeiro jogo.