Arquivo diário: 06/06/2013

Splitter pretende continuar jogando na NBA

Para quem não sabe, eu, Lucas Pastore, além de blogueiro no Spurs Brasil, sou editor do LANCE!Net. Lá, tive a oportunidade de, em parceria com Fábio Aleixo, falar com Tiago Splitter, e publiquei na quarta-feira (5) a primeira parte da entrevista, na qual o brasileiro fala sobre a final da NBA, que terá o San Antonio Spurs enfrentando o Miami Heat. Nesta quinta, trago a segunda parte, na qual o pivô fala sobre seus planos para o futuro.

Splitter (ao centro) quer continuar nos Estados Unidos (NBAE/Getty Images)

Ao fim da temporada, Splitter será agente livre. De acordo com rumores da imprensa americana, o jogador estaria na mira do Atlanta Hawks, do Dallas Mavericks e até do Real Madrid, da Espanha. O brasileiro se mostrou insatisfeito com a repercussão a respeito do suposto interesse da equipe europeia, mas afirmou que quer ficar nos Estados Unidos.

“Minha intenção é continuar na NBA. Fiquei chateado que disseram na imprensa daqui que eu ri do fato de o Real Madrid estar interessado em mim. Não rio de ninguém. Mas a intenção é seguir na NBA e, se puder, no Spurs”, disse Splitter.

O pivô brasileiro ainda falou sobre as reuniões que teve com seus empresários e sobre a possibilidade de jogar pela Seleção Brasileira na Copa América deste ano. Clique aqui e confira na íntegra o que Splitter disse sobre esses e outros assuntos.

Spurs (0) @ Heat (0) – Final da NBA

San Antonio Spurs @ Miami Heat – Final da NBA

Data: 05/06/2013

Horário: 22h00 (Horário de Brasília)

Local: AmericanAirlines Arena

Na TV: ESPN

Cotação no Apostas Online: Spurs 2,85 @ Heat 1,42 (favorito)

O momento que todos nós esperávamos desde outubro do ano passado enfim chegou. Pela primeira vez desde 2007, o San Antonio Spurs vai entrar em quadra em um jogo válido pelos playoffs da NBA. E o adversário é o Miami Heat, o atual campeão, que conta com o trio Dwyane Wade, LeBron James e Chris Bosh e que promete ser um dos adversários mais duros da história da franquia texana em pós-temporadas. Para os mais supersticiosos, vale lembrar que o alvinegro nunca perdeu uma série final, tendo sido campeão nas quatro vezes em que venceu a Conferência Oeste, e que todos os seus títulos vieram em anos ímpares. A série também pode entrar para a história do basquete brasileiro, já que Tiago Splitter pode se tornar o primeiro jogador da história do país a levantar o troféu.

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – Tim Duncan/Boris Diaw

C – Tiago Splitter

Fique de Olho – O Miami Heat gosta de usar formações baixas, com quatro homens de perímetro ao redor de Chris Bosh, que acaba ficando isolado no garrafão. Por isso, Boris Diaw deve ganhar importância na série. Se conseguir marcar um dos alas do adversário, o francês fará com que Gregg Popovich possa manter dois jogadores altos em quadra, sem precisar fazer ajustes em sua rotação característica. Até aqui, nos playoffs, o ala-pivô apresenta médias de 4,1 pontos e 2,5 rebotes em 17,8 minutos por exibição.

PG – Mario Chalmers

SG – Dwyane Wade

SF – LeBron James

PF – Udonis Haslem

C – Chris Bosh

Fique de Olho – Claramente limitado por problemas no joelho direito ao longo dos últimos meses, Dwyane Wade tem sido o elo fraco do Big Three do Heat nos playoffs, especialmente na série contra o Indiana Pacers. Suas médias no mata-mata são de 14,1 pontos, 4,9 assistências e 4,9 rebotes por jogo, contra 21,2 pontos, 5,1 assistências e cinco rebotes na temporada regular. Será que o Spurs conseguirá se aproveitar disso?