Arquivo diário: 28/05/2013

Splitter minimiza rumor de interesse do Real Madrid

De acordo com reportagem do site americano Spurs Nation, Tiago Splitter, que se tornará agente livre ao fim da temporada da NBA, teria sido colocado no topo da lista de prioridades do Real Madrid para a próxima temporada. No entanto, antes da vitória do San Antonio Spurs sobre o Memphis Grizzlies por 96 a 83, que garantiu a classificação do time texano para a final da NBA, o pivô brasileiro minimizou o rumor.

Campeão do Oeste, Splitter é nome forte no mercado (Reprodução/Twitter)

“Isso é porque eles estão passando por uma eleição. Todo mundo que se candidata à presidência promete trazer esse ou aquele jogador, para ajudar na campanha”, disse Splitter.

De acordo com a rádio espanhola Cadena Ser, o Real Madrid gostaria de levar Splitter de volta para a Liga ACB, campeonato em que ele atuou por dez anos e, em 2010, no último deles, foi eleito o MVP na competição. Não é a primeira vez que a equipe tenta contratar o brasileiro, já que houve uma investida semelhante durante o locaute da NBA.

Deste modo, o Real Madrid se torna o terceiro time interessado em contar com o Splitter na próxima temporada. Segundo rumores da imprensa americana, Atlanta Hawks e Dallas Mavericks também estariam de olho no pivô.

Anúncios

Spurs (4) vs Grizzlies (0) – No topo do Oeste

93×86

Pela quinta vez na história, o San Antonio Spurs está na Final da NBA. A classificação foi sacramentada com a vitória por 93 a 87 diante do Memphis Grizzlies, nesta segunda-feira (27), resultado que fechou a decisão da Conferência Oeste com uma varrida a favor dos texanos: 4 a 0. O alvinegro, agora, aguarda o vencedor do confronto entre Miami Heat e Indiana Pacers para conhecer seu adversário. O time da Flórida lidera a série por 2 a 1.

Seis anos depois, o Spurs volta a faturar o título do Oeste (NBAE/Getty Images)

Brilliant, Parker!

Impossível não iniciar falando de Tony Parker. O francês apresentou sua melhor performance nos playoffs (e talvez de toda a temporada) até agora. Não apenas por seus 37 pontos, mas também pela forma que esta pontuação foi alcançada.

O francês acertou 15 de seus 21 arremessos de quadra e todos os seis lances livres que tentou, mostrando uma pontaria calibradíssima. Além disso, apresentou variedade em seu jogo, alternando infiltrações e arremessos de média distância, ambos com muita eficiência. Pior para Marc Gasol, que ficou sem saber o que fazer quando precisou fazer a cobertura no armador.

Adeus, fantasma!

Zach Randolph não encontrou o caminho da cesta na série (NBAE/Getty Images)

Para quem acompanhou a traumática eliminação do Spurs em 2011 diante do Memphis Grizzlies, na primeira rodada dos playoffs daquela temporada, Zach Randolph ainda estava engasgado na garganta. O ala-pivô foi simplesmente arrasador naquela série, castigando o garrafão texano com rebotes ofensivos, cestas conseguidas “na marra” e muito jogo físico embaixo da cesta.

O alvinegro texano, no entanto, mostrou ter aprendido a lição. Foi exemplar a maneira como os texanos anularam a principal arma do ataque adversário desde a primeira partida. Z-Bo simplesmente não conseguiu jogar. Tiago Splitter, Matt Bonner, Boris Diaw e Tim Duncan, todos passaram pela marcação do rival em algum momento e até mesmo o quase sempre criticado Red Rocket não decepcionou. Jogando com a mesma intensidade, os pivôs alvinegros adotaram a estratégia de marcá-lo pela frente, sempre que possível, sem se render às trombadas. Randolph foi errando, se frustando e nem de longe foi uma ameaça como naquela fatídica série, há dois anos.

Manu em marcha lenta

Que Manu Ginobili é peça fundamental do Spurs, disso ninguém duvida. Mas o camisa #20 ainda não conseguiu apresentar seu melhor basquete nos playoffs. No jogo 4 contra o Grizzlies, o argentino alternou passes geniais e alguns desperdícios tolos. Ao todo, anotou seis pontos, seis assistências, seis rebotes e seis bolas perdidas. Com o banco produzindo pouco no setor ofensivo, é preciso que o ala-armador seja mais preciso em suas jogadas.

Miami ou Indiana?

Com o 4 a 0 definido e a vaga na Final assegurada, o Spurs assiste de camarote aos duelos finais entre Miami Heat e Indiana Pacers. O time de LeBron James e cia. lidera a série por 2 a 1 e entra em quadra novamente nesta terça, em Indianápolis. Para o time de San Antonio, quanto mais longa a série, melhor, pois terá pela frente um adversário mais desgastado.

Em jogo também está o mando de quadra na decisão. Em caso de classificação do Miami, o time da Flórida tem a vantagem de jogar quatro das sete partidas em seus domínios, por ter feito melhor campanha ao longo da temporada regular. Contra o Indiana, a situação e inverteria e o mando passaria para as mãos do time do Texas.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 37 pontos e 6 assistências

Tim Duncan – 15 pontos, 8 rebotes e 4 tocos

Kawhi Leonard – 11 pontos, 6 rebotes e 5 roubos de bola

Memphis Grizzlies

Quincy Pondexter – 22 pontos

Marc Gasol – 14 pontos, 5 rebotes e 5 assistências

Zach Randolph – 13 pontos e 8 rebotes