Spurs (2) @ (1) Warriors – 19 mil calados

102×92

Quando todo o mundo da NBA estava falando dos garotos do Golden State Warriors, os veteranos do Spurs visitaram uma Oracle Arena lotada com mais de 19 mil fanáticos e venceram os donos da casa por 102 x 92. Se nos jogos passados o time de Oakland dominou por boa parte do jogo, nesta sexta-feira a equipe texana foi superior por boa parte do jogo. O grande nome da noite foi Tony Parker, que foi o cestinha da 32 pontos. O próximo jogo é no domingo, ainda na Calofórnia.

O experiente Tim Duncan fez mais um bom jogo (NBA/Getty Images)

O bom e velho Spurs

Os fãs do Spurs com certeza respiraram aliviados após a vitória fora de casa. Não só porque o time conseguiu retomar a liderança da série da série, mas porque voltou a jogar como todos estão acostumados a ver. Como disse o próprio Parker após a vitória, o time voltou a atuar no seu próprio estilo, pontuando com facilidade e defendendo razoavelmente bem.

O primeiro quarto foi o mais destoante, com o Spurs conseguindo a vantagem que carregaria até o fim do jogo. O Warriors conseguiu tirar a diferença e até virar por poucos momentos, mas o time texano se recuperou bem em todas as oportunidades.

Tony Parker foi o nome do jogo (NBA/Getty Images)

Superioridade

A diferença de postura era perceptível desde o início do jogo. Com uma marcação bem apertada, o equipe texana conseguiu, em pouco, tempo impor ao time de Golden State vários erros de arremessos. O Warriors só acertou 39,3%, errando 54 tiros de quadra e acertando apenas 35. Já o Spurs converteu 40 em 79 tentativas, um aproveitamento de 50,6%.

Como comparação, no jogo 2, quando estava acertou tudo, Klay Thompson acertou sete arremessos de três só no primeiro tempo. Na noite de sexta, o Warriors completo só conseguiu fazer seis bolas do perímetro.

Quem sabe nenhum?

Ao final do jogo 2, Gregg Popovich torceu para que no terceiro jogo nem Thompson e nem Curry tivessem uma grande noite. E não é que deu certo? Com o ala-armador sendo marcado por Kawhi Leonard e o armador por Danny Green, a dupla da equipe californiana passou longe do aproveitamento dos jogos anteriores.

Thompson marcou 17 pontos, acertando 7 de 20 tiros de quadra, enquanto Curry fez 16 pontos, acertando cinco chances em 17 tentativas. A produção dos dois somados nesse jogo, 33 pontos, não chega ao número que cada um colocou nos dois primeiros duelos – Curry fez 44 pontos no jogo 1 e Thompson fez 34 no jogo 2.

Green e sua marcação são os grandes responsáveis por esses números. Curry só conseguiu fazer quatro pontos em todos os três jogos sendo marcado pelo ala-armador do Spurs. Leonard também teve uma boa apresentação, sendo o jogador de preto e prata que mais tempo passou em quadra – 44 minutos – e anotando 15 pontos.

Revolução Francesa

Apontado durante toda a semana como o elo fraco defensivamente do Spurs, Tony Parker teve sua grande noite nos playoffs de 2013. Com a mão quente e uma marcação mais ajustada, o francês foi nome do jogo, anotando 32 pontos, cinco assistências e cinco rebotes. TP também foi responsável por quatro bolas de três, o que não é sua especialidade. Outro francês bem no jogo foi Boris Diaw, que contribuiu com nove pontos.

Bem e mal

Timmy fez um bom jogo, conseguindo um duplo-duplo com 23 pontos e dez rebotes. Bem marcado por Andrew Bogut, o camisa 21 do Spurs fez pontos importantes no contexto do jogo que ajudaram bastante o time. Já o argentino Manu Ginobili não foi bem novamente. Apesar de aparecer nos momentos importantes e levar faltas decisivas, o ala-armador teve mais um noite difícil nos arremessos. Ele acertou apenas uma bola de três em oito tentativas.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 32 pontos, 5 assistências e 5 rebotes

Tim Duncan – 23 pontos e 10 rebotes

Kawhi Leonard – 15 pontos e 7 rebotes

Manu Ginobili – 12 pontos e 5 rebotes

Golden State Warriors

Klay Thompson – 17 pontos e 8 rebotes

Stephen Curry – 16 pontos e 8 assistências

Carl Landry – 14 pontos e 7 rebotes

Harrison Barnes – 12 pontos e 8 rebotes

Andrew Bogut – 11 pontos e 12 rebotes

Jarrett Jack – 11 pontos

Sobre Juliano Medeiros

Jornalista em formação, estagiário do Caderno Jogada, do Diário do Nordeste, fã do San Antonio Spurs e apaixonado por basquete.

Publicado em 11/05/2013, em Resumo de Jogos e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. 25 Comentários.

  1. N sei se é pq sou grande fã do Manu, mas por mim, ele Ta no tome p errar arremessos, e se acertar, ótimo! Ele muda o time de uma forma inexplicável! É melhor ver o time correndo qnd aquela “botina” dela Ta em jogo! Ele é sim o meu ídolo! P mim, serio, quem é LeBron perto de Ginobili!

  2. Rafael Olivio

    Green defendeu demais! Pra mim a peça mais importante do esquema nesse jogo!
    E o Leonardo é MONSTRO, moleque é aplicado na defesa e no ataque, e mostrou isso ao pontuar e defender com maestria.
    E nem precisamos exaltar o trabalho do TD e do TP, já que os craques fizeram a diferença;

    • se reiventaram , tá certo que houve placares de apenas um e até mesmo empate , mas sensacional o spurs na defesa , só as bolas espíritas cairam .

  3. Tenho milhões de coisas pra dizer, mas vou ficar num assunto só: agradeçam ao Pop. Assisti de novo o jogo, e agora sabendo exatamente onde prestar atenção você fica pasmado de ver o que aquele senhor de cabeça branca fez.

  4. Felipe Ladislau

    Grande jogo dos Spurs. e a marcação que o Green vem fazendo no Curry? realmente assustadora, agora é jogar com a mesma marcação domingo, e esperem um jogo mais difícil ainda. Os arremessos do Ginóbili não estão caindo isso preocupa se o Parker e o Duncan não fizerem uma partida monstruosa como a de ontem. Fiquei preocupado quando o Tiago começou a cometer erros bobos no ataque, enfim os spurs conseguiram impor seu jogo.

  5. Alison Filipe Dezzotti

    Fiquei muito feliz ontem a noite! green e leonard dominaram na defesa! meritos a eles e ao pop! grande noite de parker! so fiquei um pouco preocupado com a dor na panturilha! duncan jogou muito bem! apesar de não estar caindo suas bolas, presença fisica e mental de manu é essencial para o time!além de diaw ter jogado muito bem ontem! que venha o jogo 4! go spurs#

  6. Isso porque já tinha gente aqui dizendo para o Spurs dar adeus aos playoffs!!
    tsc tsc tsc…

    • eu por exemplo , mas deve ser pessimismo meu e de algumas pessoas que temem os acontecimentos de anos anetriores , mesmo nesse jogo . mas é um caso de amor , ”só isso” , com o spurs .

  7. Pra começar não sou homem sou mulher (mas vc não teria como saber, então tudo bem)
    Segundo, disse isso porque no jogo 1 todo mundo era só elogios a equipe e no 2 já tinha uma monte de gente desacreditado no time.
    Terceiro, eu não desrespeitei ninguém com meu comentário e acho que não é necessário você chegar e chamar os outros de “otário” só pra expor o que você pensa, até porque ninguém aqui tá ofendendo ninguém.. cada um expõe a sua opinião e a minha essa, se você não concorda ótimo, mas não precisa ser ignorante.

    • É pessoal, fácil não… quando a torcida de futebol invade outros esportes é aí que começa a ofensa gratuita.
      No post passado quando caboclo criticou os que tinham dito que o Spurs ia passar sem percalços foi bonito?
      Não entendo… pensava que todo mundo aqui era torcedor do Spurs, mas se o time perde e você defende, caem de pau em cima. E quando o time ganha e você elogia camarada insiste em arrumar rolo?

  8. Uma pena eu não ter lembrado disso ontem, mas tá aqui o filme que retrata nossos sentimentos:

    http://www.imdb.com/title/tt0020629/

  9. Gooooooooooooo Spurs!!!!!!!!!!!!!!!!!

  10. Então, vou rejeitar comentários com ofensas. Obrigado pelos comentários educados e inteligentes no post, pessoal! haha

  11. Amigo pode Excluir Meu comentário, vc Não é Dono do site? Nem Precisa Avisar. Valeu!!! Go Spurs!!!

  12. juliopuiati

    Só eu que achei o Tiago Splitter dando outra cara ao garrafão texano? Observei uma defesa mais consistente junto a sua presença.

    • O tamanho dele por ali impede que a garotada do Warriors invada o garrafão com tanta facilidade. Mas, aquela sequência de erros no ataque, lhe custaram alguns minutos na rotação. Precisa recuperar a confiança.

  1. Pingback: Parker x alas altos: a solução | Spurs Brasil

  2. Pingback: Spurs (2) vs (1) Warriors – Semifinal do Oeste | Spurs Brasil

  3. Pingback: Spurs (2) @ (2) Warriors – Antes fosse só o Curry… | Spurs Brasil

  4. Pingback: Spurs (2) @ (2) Warriors – Semifinal do Oeste | Spurs Brasil

  5. Pingback: Spurs (3) @ (2) Warriors – Semifinal do Oeste | Spurs Brasil

  6. Pingback: Parker passará por exames na panturrilha esquerda | Spurs Brasil

  7. Pingback: Ferida na panturrilha não preocupa Parker | Spurs Brasil

Deixe uma resposta para danilovboas Cancelar resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s