Spurs (1) vs (1) Warriors – O que esses caram bebem?

91×100

A grande questão após a derrota do San Antonio Spurs para o Golden State Warriors por 100 a 91, na quarta-feira (8), em partida válida pelas semifinais da Conferência Oeste, é a seguinte: o que os jogadores adversários têm bebido? Seria a água do Michael Jordan no filme Space Jam? Tudo porque é impressionante a quantidade de bolas de três pontos que o rival consegue converter independente de marcação e, no caso desta partida específica, até de arremessador. Foi essa a chave da derrota do alvinegro texano, que tirou da equipe o mando de quadra. Vamos ao que de melhor aconteceu na partida.

Duncan bem que tentou (D. Clarke Evans/NBAE/Getty)

Quem não tem cão…

A marcação do Spurs sobre Stephen Curry foi precisa. O armador adversário se sentiu bem mais pressionado do que na primeira partida, na qual converteu 44 pontos, e acabou errando mais. Na linha dos três pontos, onde é especialista, acertou apenas duas vezes em seis tentativas. No total, saiu de quadra com sete bolas convertidas de 20 tentadas, muito baixo para seus padrões. Mas o Warriors contava com Klay Thompson. E ele foi o responsável por destruir a marcação dos mandantes com absurdas oito bolas de longa distância derrubadas em nove lançadas. Foi o atlera que mais anotou pontos no alvinegro texano em um tempo durante uma partida de playoffs desde a chegada de Gregg Popovich: 29, antes do intervalo.

Manu não fez bom jogo (D. Clarke Evans/NBAE/Getty)

Replay?

Assim como no primeiro jogo da série, o Spurs saiu atrás. Muito atrás. Preguiçoso e até meio perdido, o time levou um passeio do adversário nos dois primeiros períodos. Sem conseguir encontrar um antídoto para Thompson, os texanos cometeram erros infantis na defesa e no ataque, e tentaram reagir apenas após o intervalo. Diferente do que aconteceu na partida anterior, a “tática” não funcionou. Aconteceram algumas aproximações no placar, sempre freadas por tempos pedidos pelo rival.

Que afoboção!

Em um cenário muito ruim no qual se construiu o pior jogo do Spurs nos playoffs, destaque para a afobação do ataque. Jogadas mal trabalhadas e finalizadas culminaram com um desempenho de 35 bolas convertidas em 89 tentativas (!!). E nem mesmo os sete rebotes ofensivos de Kawhi Leonard foram suficientes para amenizar a afobação do time.

Popovich precisa, para os jogos fora, colocar na cabeça do elenco que o maior antídoto para o Warriors é boa marcação e não a tentativa de responder às bolas de três do adversário com a mesma jogada – até porque não se comparam os especialistas dos dois times.

Volta, Tiago!

Tiago Splitter, vindo do banco de reservas, fez sua primeira partida após se recuperar de lesão no tornozelo. Porém, ainda longe de sua melhor condição física, o brasileiro tem feito falta para duelar embaixo do aro com Andrew Bogut. O pivô australiano tem levado a melhor em quase todas as jogadas, tanto com como sem bola. Será importante para o duelo seguinte que Splitter esteja mais apto para jogar e diminuir o tempo de quadra de Matt Bonner, que está longe de ser um problema para os adversários quando defende.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Tim Duncan –  23 pontos e 9 rebotes

Tony Parker – 20 pontos e 6 rebotes

Kawhi Leonard – 11 pontos e 12 rebotes

Golden State Warriors

Klay Thompson – 34 pontos (8-9 3 PT) e 14 rebotes

Stephen Curry – 22 pontos

Anúncios

Sobre Leonardo Sacco

É jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero. Cravou a opção pelo jornalismo no estouro do cronômetro, quando criou o Spurs Brasil em uma madrugada de domingo para segunda. Escreve para o Yahoo! Esportes e dá seus pitacos no @leosacco.

Publicado em 09/05/2013, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 16 Comentários.

  1. É preciso manter a calma e a confiança na equipa. Estes dois jogos os Warriors estiveram “on fire” Curry, Thompson, Green e Barnes lançaram incrivelmente, enquanto que os Spurs estiverão de mão fria (que dizer do Manu Ginobili??) Acho que em Okland será diferente, a nossa defesa sobre os atiradores será mais eficaz e no ataque estaremos mais certeiros, e já teremos um melhor Splitter e um Duncan a 100%. Continuo confiante na passagem e o meu palpite vai para um 4-2 para SAS.

  2. Não podemos deixar que os Warriors consigam outra vez uma vantagem de 15-20 pontos a meio do jogo, depois fica muito dificil conseguir a reviravolta.

    FORÇA SPURS!!!

  3. Já era, depois dessa derrota, spurs não reverte mais, 4x1ro Warriors.

    Pop mais uma vez foi burro ontem, Boner jogar tanto tempo é derrota certa.

    Queria saber onde tá aquele manolo que em outra postagem cravou que o spurs ia varrer depois da última vitória,. aquele cara não sabe nada.

    • Overreactions, overreactions everywhere…
      Spurs ganha, o povo crava varrida… Spurs perde, todo mundo crava eliminação, inclusive com placar da série.

  4. Felipe Ladislau

    Só sei que se tomarmos se o 2 – 1 vai ser quase impossível vencer o jogo 4, isso me lembra a série contra o Memphis que tomamos 4 a 2. O jogo de sexta vai ser difícil, mas se os Spurs quiserem avançar o jogo 3 é a chave.

    • Silas Barboza de Sousa

      Falou tudo amigo Felipe,o jogo 3 é chave,se os Spurs quiserem uma sobrevivência..terão que ganhar o próximo jogo…senão cravo 4x 1 ou 4×2 para os garotas da California dourada(que campanha sensacional)….

      • Felipe Ladislau

        to curioso para ver a postura do time hj no jogo 3, temos que ganhar de qualquer jeito. Se o Warriors passar na série duvido que avance, é um time que vem vencendo os jogos até aqui pelas bolas de 3, esse aproveitamento vai cair… espero que a partir de hoje.

      • Cara, o Warriors é empolgante. Pena que cruzamos antes da hora, porque um dos times que eu queria ver na Final vai ter que cair. Espero que seja o Golden State.

        Estatisticamente perder o jogo de hoje seria péssimo, mas dá pra ganhar. Se mantiver o plano tático do jogo o Spurs não tem nem porque passar susto. Aliás, é surreal pensar que o Warriors tenha conseguido tirar o Spurs do ritmo de jogo.

        O Pop é o Pop, se ele não puder achar um jeito de defender o Warriors saberemos hoje mesmo. Mas se ele consertar o buraco na defesa, aí a coisa muda totalmente de figura.

  5. Adeus playoffs!

  6. Como dia Regina Duarte: “eu tenho medo”

  1. Pingback: Spurs (1) vs (1) Warriors – Semifinal do Oeste | Spurs Brasil

  2. Pingback: Spurs (2) @ (1) Warriors – 19 mil calados | Spurs Brasil

  3. Pingback: Parker x alas altos: a solução | Spurs Brasil

  4. Pingback: Spurs (2) vs (1) Warriors – Semifinal do Oeste | Spurs Brasil

  5. Pingback: Spurs (2) @ (2) Warriors – Semifinal do Oeste | Spurs Brasil

  6. Pingback: Spurs (3) @ (2) Warriors – Semifinal do Oeste | Spurs Brasil

Deixe uma resposta para Gilberto Cancelar resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s