Spurs (58-23) @ Warriors (46-35) – Derrota dos reservas

106×116http://i884.photobucket.com/albums/ac50/glaglauber/Logos%20NBA/LosAngelesLakers.jpg

A má fase do San Antonio Spurs continua, mesmo restando apenas uma partida para os playoffs. Com cinco desfalques – Tim Duncan, Tony Parker, Kawhi Leonard, poupados, e Manu Ginobili e Boris Diaw, machucados -, o time texano perdeu para o Golden State Warriors, que também tinha problemas: estava sem o pivô Andrew Bogut. A partida, que foi surpreendentemente equilibrada nos três primeiros período, acabou sendo decidida pelo último quarto arrasador da equipe da Califórnia, liderada por Stephen Curry, principal jogador do time, que, com as sete bolas de três pontos convertidas no jogo, está a apenas duas de passar Ray Allen como jogador que mais fez cestas de longa distância em uma mesma temporada regular. Confira, a seguir, os destaques do duelo.

Dá um jeito nesse time, Pop! (NBAE/Getty Images)

Dá um jeito nesse time, Pop! (NBAE/Getty Images)

Titulares não corresponderam, reservas apareceram

Com o Spurs repleto de desfalques, Tiago Splitter e Danny Green foram os únicos titulares que atuaram contra o Warriors. Entretanto, os titulares não corresponderam com as expectativas, e o pivô brasileiro teve atuação apenas de coadjuvante, com modestos oito pontos e sete rebotes. O ala-armador foi ainda pior e teve mais uma de suas péssimas noites, saindo de quadra zerado. Com os dois apagados, as ações ofensivas da equipe passaram por Gary Neal, que, apesar de não ser o mais inteligente com a bola nas mãos – cometeu cinco desperdícios de posse de bola -, foi bem nos seus arremessos, acertando 10 de 15 tentativas e terminando a partida com 25 pontos. Outro que também foi bem ofensivamente foi Patrick Mills, que terminou o jogo com 23 pontos.

Aron Baynes não foi tão bem na oportunidade recebida(NBAE/Getty Images)

Baynes não foi tão bem na chance recebida (NBAE/Getty Images)

Dominados nos rebotes

Mais uma vez, o fundamento dos rebotes foi um problema. A diferença foi gritante, com a equipe do Warriors coletando 55 ressaltos contra 45 do Spurs. Vale lembrar que nesta partida o grandalhão Aron Baynes atuou por 30 minutos e não conseguiu ser dominante neste aspecto, que é apontado como uma de suas especialidades – o pivô australiano conseguiu apenas seis. A temporada regular está praticamente terminada e o problema, que já vem de anos anteriores, persiste. Preocupa para os playoffs.

Liderança fora de cogitação

Com a equipe do Oklahoma Thunder duas vitórias à frente do Spurs e apenas um jogo restando para o fim da temporada regular, o time texano já não conseguirá mais retomar a liderança da Conferência Oeste. Se o campeonato terminasse hoje, o adversário do alvinegro nos playoffs seria o Houston Rockets, do carrasco James Harden.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Gary Neal – 25 pontos, 8 assistências e 6 rebotes

Patrick Mills – 23 pontos

DeJuan Blair – 14 pontos e 5 rebotes

Matt Bonner – 13 pontos e 4 rebotes

Golden State Warriors

Stephen Curry – 35 pontos, 8 rebotes e 5 assistências

Klay Thompson – 23 pontos e 5 rebotes

David Lee – 12 pontos e 11 rebotes

Sobre Bruno Lorscheiter Alves

Jornalista amador, apaixonado por esportes, basquete e lógico, San Antonio Spurs.

Publicado em 16/04/2013, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 6 Comentários.

  1. Porque é que o Mills não joga mais vezes?

    Não percebo…

  2. nossa , precisava estar de pé cedim e fui dormir achando ke ia ser uma lavada . levando-se em conta de ser um time kuase c, esse resultado me deixa macro feliza!!!!!nossa 106 pontos e perder por 10 de diferença , meu deus , é um achado , era a casa do warriors , só se fica triste pela defesa ter sido deficiente , mas esse placar é uma boa mostra do ke é o banco do spurs . espero ke tony e duncan estejam bem , esse banco aprendeu seu valor ontem .

  3. Que venha o Rockets. Pop tá testando alguns jogadores pra ver quem tem mais minutos no post season.

  1. Pingback: Spurs enfrentará o Warriors pelas semifinais do Oeste | Spurs Brasil

  2. Pingback: Spurs, Warriors e o tabu | Spurs Brasil

  3. Pingback: Prévia de Spurs x Warriors – Semifinais da Conferência Oeste | Spurs Brasil

Deixe uma resposta para leona Cancelar resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s