Arquivo diário: 12/04/2013

Spurs (57-21) vs Kings (28-50) – Temporada Regular

San Antonio Spurs vs Sacramento Kings – Temporada Regular

Data: 12/04/2013

Horário: 21h30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,11 (favorito) vs Kings 6,60

Em meio a uma série de más notícias, o San Antonio Spurs junta os cacos para receber o Sacramento Kings. Após perder a primeira colocação da Conferência Oeste para o Oklahoma City Thunder, a franquia texana anunciou nesta sexta-feira (12) que Boris Diaw teve de passar por uma cirurgia e que Stephen Jackson foi dispensado. Se não bastasse tudo isso, a equipe ainda tem de lidar com o desfalque de Manu Ginobili, machucado, e com a possível ausência de Tony Parker – o francês falou que jogaria, mas o técnico Gregg Popovich ainda não informou se utilizará ou não o armador. Os visitantes, por sua vez, têm o ala-pivô Patrick Patterson como dúvida para o duelo.

Confrontos na temporada (3-0)

09/11/2012 – Spurs 97 @ 86 Kings

Com grande atuação de Tim Duncan, que anotou 23 pontos, 12 rebotes, quatro assistências, quatro tocos e três roubadas de bola, e com participação surpresa de Patrick Mills, que deixou a quadra com 18 pontos e três assistências, o Spurs venceu o Kings em Sacramento.

19/02/2013 – Spurs 108 @ 102 Kings

Com show de Tony Parker, que contribuiu com 30 pontos, 11 assistências, quatro rebotes e três roubadas de bola, o Spurs venceu, novamente na casa do adversário, mesmo estando longe de suas melhores apresentações.

01/03/2013 – Spurs 130 vs 102 Kings

Apesar do placar elástico, o jogo não traz boas lembranças para a torcida do Spurs – foi nessa partida que Parker contundiu o tornozelo esquerdo. O time texano teve cestinhas inusitados no duelo: DeJuan Blair, com 16 pontos, três rebotes e três assistências, e Danny Green, com 15 pontos, três rebotes, duas roubadas de bola e dois tocos.

PG – Tony Parker/Nando De Colo

SG Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – Tim Duncan

C Tiago Splitter

Fique de Olho – Em meio a tantas notícias ruins, o possível retorno de Tony Parker poderia servir de alento para os torcedores do Spurs. O francês, que tem médias de 20,6 pontos e 7,5 assistências em 33,1 minutos por partida na temporada, vinha sendo o melhor jogador da equipe texana antes de se machucar.

PG – Isaiah Thomas

SG – Tyreke Evans

SF – John Salmons

PF – Patrick Patterson/Jason Thompson

C – DeMarcus Cousins

Fique de Olho – Com seu estilo indisciplinado, reclamão e trombador, DeMarcus Cousins tem a rara capacidade de irritar Duncan ao longo dos duelos entre os dois. Na temporada, o pivô do Kings sustenta boas médias: 17 pontos e 9,8 rebotes em 30,6 minutos por jogo.

* Com Juliano Medeiros

Spurs dispensa Stephen Jackson, diz jornalista

De acordo com reportagem de Adrian Wojnarowski, setorista de NBA do Yahoo! Sports e da NBC Sports Network, o San Antonio Spurs dispensou o ala Stephen Jackson. O jogador estava no time desde a metade da temporada 2011/2012, quando foi trocado por Richard Jefferson com o Golden State Warriors e chegou para sua segunda passagem pela franquia texana – ele foi campeão da liga com a equipe em 2003.

Adeus, Capitão! (NBAE/Getty Images)

Segundo Wojnarowski, a fonte que o informou da dispensa disse que “ela vinha sido preparada há alguns dias”. O ala estaria insatisfeito com seu papel na rotação durante toda a temporada e, recentemente, as rusgas com Gregg Popovich vieram à tona, o que motivou o desligamento.

Ainda de acordo com Wojnarowski, as partes chegaram a discutir uma dispensa antes da data limites para trocas, mas teriam concordado com a permanência do jogador até o fim do campeonato. No entanto, a situação ficou insustentável nos últimos dias.

O Spurs ainda não informou oficialmente a dispensa. O Capitão, que sequer viajou com o time para a última partida do Spurs, a derrota para o Denver Nuggets, vinha passando por problemas pessoais ao longo da temporada. A data do desligamento faz com que o ala não possa jogar os playoffs por outra equipe.

Jackson seria agente livre irrestrito ao fim do campeonato. Seu salário nesta temporada era de US$ 10,06 milhões, o terceiro maior da franquia texana, inferior apenas ao de Manu Ginobili (US$ 14,11 milhões) e ao de Tony Parker (US$ 12,5 milhões).

Nesta temporada, o ala jogou 55 das 78 partidas do Spurs – seis delas como titular – e apresentou médias de 6,2 pontos (37,3% FG, 27,1% 3 PT, 70% FT) e 2,6 rebotes em 19,5 minutos por exibição.

* Atualizada às 18h51

Diaw é operado e pode ficar um mês fora

As dores nas costas que vinham incomodando Boris Diaw tinham uma causa mais grave do que o esperado. Nesta sexta-feira (12), o San Antonio Spurs anunciou que o ala-pivô foi submetido a uma cirurgia para a retirada de um cisto sinovial na coluna lombar. A operação foi um sucesso, mas o francês ficará afastado das quadras por três ou quatro semanas.

Volta logo, Diaw! (NBAE/Getty Images)

A partir do jogo desta sexta, contra o Sacramento Kings, em San Antonio, às 21h30 (de Brasília), Diaw engrossará a lista de desfalques do Spurs, que conta também com o argentino Manu Ginobili. A presença dos dois no início da pós-temporada é incerta. Além deles, Tony Parker e Stephen Jackson são dúvidas para as próximas partidas.

Nesta temporada, Diaw disputou 75 jogos com a camisa do Spurs – 20 como titular – e apresentou médias de 5,8 pontos (53,9% FG, 38,5% 3 PT, 72,3% FT), 3,4 rebotes e 2,4 assistências em 22,8 minutos por exibição. O francês vinha sendo o principal reserva do garrafão do time texano, que tem Tim Duncan e Tiago Splitter como titulares.

Lesão pode pesar na aposentadoria de Manu

Manu Ginobili tem sofrido para se manter saudável ao longo da temporada 2012/2013 da NBA. O argentino disputou apenas 59 dos 78 jogos do San Antonio Spurs até aqui no campeonato. Recentemente, em sua última coluna publicada no jornal La Nación, o ala-armador afirmou que o excesso de lesões pode pesar quanto o astro começar a pensar na aposentadoria.

Esperamos ver lances assim por muito tempo! (NBAE/Getty Images)

“Em determinado momento, eu disse que queria jogar mais dois anos, o que creio ser o mais coerente. Mas essas coisas como a lesão f…. bastante. Não estou dizendo que tenho vontade de me aposentar, mas você nunca sabe como vai conseguir voltar”, declarou o ídolo do Spurs, que, provavelmente, não vai defender a Argentina no meio do ano, na Copa América.

Dessa vez, é uma contusão muscular na coxa direita que tem afastado o jogador do time. Ginobili descreveu o problema que o tem mantido no estaleiro e mostrou que está trabalhando para voltar às quadras.

“A lesão foi em um lugar semelhante ao da anterior, nos músculos isquiotibiais, mas dessa vez na perna direita. Estou começando a trotar, seguindo cada passo da recuperação adequadamente, mas passei por um ultra-som e a lesão ainda está lá. Assim, o que eu posso fazer ainda é limitado”, afirmou o sexto-homem, que disse que vai fazer o possível para entrar em quadra nos playoffs.

Ao fim da temporada, Ginobili será agente livre. Em sua coluna, o camisa #20 comparou sua situação à de Tim Duncan, que renovou com o Spurs na última offseason, e afirmou que não pretende negociar um novo contrato antes do término do campeonato.

A íntegra da coluna de Manu Ginobili pode ser encontrada em espanhol no site Canchallena e em inglês no site Pounding the Rock.